conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil de MT debate diferentes temas no 54º Encontro de Chefes de Polícia

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso esteve presente no 54º Encontro do Conselho Nacional de Chefe de Polícia Civil (CONCPC), realizado entre os dias 15 e 16 de agosto, no Estado da Bahia, com objetivo de debater diferentes temas de interesse das instituições de todo país.

Entre as pautas abordadas no encontro, estava o fortalecimento e padronização das Polícia Judiciárias, combate a corrupção, instalação do inquérito eletrônico e outras tecnologias e a proteção à criança e ao adolescente.

O evento reuniu todos dos delegados gerais do país e a comissão de Mato Grosso contou com presença do delegado geral Mário Demerval Aravechia de Resende, que também é o vice-presidente do CONCPC região Centro-Oeste, o diretor metropolitano, Douglas Turíbio Schtze, e com o delegado, Daniel Santos Nery, representando a Diretoria de Interior.

Durante os dois dias de evento, foram tratados assuntos relacionados a Polícia Judiciária, através de palestras e troca de opiniões e experiências em que os gestores dos Estados apresentavam boas práticas e ações bem-sucedidas.

Para o delegado geral de Mato Grosso, um dos focos principiais do encontro foi o reforço dos laboratórios de lavagem de dinheiro e a criação da Delegacia Especializada de Combate a Corrupção (Deccor),

Veja Também  Polícia Civil prende estelionatária e criminoso com várias passagens em Rondonópolis

“A Polícia Civil de Mato Grosso está cumprindo as obrigações impostas, ampliando o efetivo do Laboratório de Lavagem de Dinheiro com mais três policiais e em relação a criação da Deccor, pré-requisito para recebimentos de recursos federais, a minuta já foi aprovada em conselho, visando a criação por decreto da unidade que funcionará no mesmo prédio da Delegacia Fazendária”, disse Mario Resende.

Com o tema “Pacto Nacional pela Implementação da Lei nº 13.431/2017” os participantes debateram ainda a padronização do trabalho das polícias civis em relação ao depoimento especial de crianças e adolescentes, vítimas ou testemunhas de violência.

Na ocasião, foi tratado sobre causas relativas a violência doméstica, e se criou um grupo de trabalho de delegadas do Brasil para se discutir boas práticas no combate a esse tipo de violência, além de um grupo de estudo permanente, visando a proteção da criança e do adolescente. “Houve uma grande discussão e a propositura de diversas informações e providências a serem tomadas”, completou Mario.

Outro ponto de destaque abordado, foi a tecnologia utilizadas pelas instituições tendo como ponto evidenciado a implantação do inquérito eletrônico e outros mecanismos, que permitirão que a Polícia Civil desenvolva seus trabalhos com mais celeridade e conexão com outros órgãos e entidades ligados as suas atividades.

Veja Também  Acusado de matar menor é preso em Confresa pela PC

“É cada vez mais importante que a Polícia Civil esteja conectada com o mundo e se eletronize, caminhando para o abandono do papel, possibilitando a realização de audiências por vídeo e a certificação digital dos policiais, entre outras diversas ações que alavancarão as ações da instituição nos próximos anos”, destacou o delegado geral.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Acusado de matar menor é preso em Confresa pela PC

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Com mandado de prisão preventiva, expedido pela comarca de Porto Alegre do Norte/MT, Diogo Pereira da Silva, 22, foi preso pela Policia Civil, em Confresa, na sexta-feira (20.09).Ele é acusado de crime de homicídio  ocorrido no mês de novembro de 2017.

A vítima do crime foi um adolescente (Carlos Cardoso Figueiredo, conhecido por Carlinhos), que teve o corpo encontrado com várias perfurações de faca, e já em avançado estado de decomposição, na pista de motocross, no município de Confresa.

Durante as investigações, a Polícia Civil comprovou a participação do suspeito no crime, que à época possuía um veículo Gol vermelho,  que foi utilizado durante a ação criminosa. Além de Diogo, outros três menores também participaram da morte de “Carlinhos”, sendo que estes já haviam confessado o crime e também delatado Diogo como um dos autores do crime.

O delegado de Confresa André Rigonato representou pela prisão preventiva de Diogo Pereira da Silva. O mandado de prisão foi deferido e ele preso.

Veja Também  Acusado de matar menor é preso em Confresa pela PC

O suspeito será encaminhado para a Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Profissionais que atuam em investigações de roubo de veículos e ações de trânsito são treinados

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Policiais civis, militares, agentes de trânsito e peritos participam neste sábado (21.09) de treinamento visando a identificação e procedência de veículos. A capacitação ocorre das 8 às 18 horas, no auditório da Diretoria Geral da Polícia Judiciária Civil, em Cuiabá.

A iniciativa é da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), visando o aperfeiçoamento das investigações policiais. Participaram do curso, investigadores e delegados da Derrfva e das Delegacias Especializadas de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá e Várzea Grande, da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), além de policiais militares e servidores da Politec, Semob e Detran.

O curso é ministrado pela Dekra Vistoria, em com a parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva) e Conselho Nacional de Vistoria Veicular (CNVV).

Objetivo é aperfeiçoar os profissionais de segurança pública e atividades fins, para maior facilidade na identificação de veículos adulterados, durantes as blitze e outras fiscalizações preventivas de trânsito.

A empresa Dekra vai repassar conhecimentos adquiridos na área de inspeção veicular, aos agentes que atuam no combate aos roubos, furtos e receptações de veículos utilizados para crimes, como casos envolvendo adulteração de chassi e documentação veicular, itens fundamentais para identificação imediata de práticas ilícitas.

Veja Também  Atividades de prevenção às drogas iniciam em Porto Esperidião

Além de preparar ainda mais o profissional para a verificação de imediato, se o veículo é produto de furto ou roubo, já que, normalmente esses veículos automóveis costumam ser usados para a prática de outros tipos de crimes, como o tráfico de entorpecentes.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana