conecte-se conosco


Internacional

Gibraltar liberta navio petroleiro iraniano

Avatar

Publicado

Autoridades de Gibraltar libertaram o navio petroleiro iraniano que foi aprisionado ao largo do território britânico, no mês passado, sob suspeita de transportar petróleo bruto para a Síria, violando as sanções impostas pela União Europeia.

As autoridades fizeram o anúncio nessa quinta-feira (15). A declaração diz que o Irã ofereceu garantias de que o navio não viajaria a países que se encontram sob sanções da União Europeia, não deixando motivos razoáveis para a retenção da embarcação.

Petroleiro, Britânico, Estreito de Ormuz  REUTERS/Hamad I Mohammed/File Photo

Petroleiro – REUTERS/Hamad I Mohammed/File Photo/Direitos Reservados

Washington havia feito uma solicitação de última hora para manter a apreensão do petroleiro.

O chanceler iraniano, Mohammad Javad Zarif, divulgou mensagem no Twitter afirmando que os Estados Unidos estavam tentando abusar do sistema legal, tomando um bem iraniano em regiões de alto-mar. Ele escreveu que esse “atentado de pirataria” indica uma interpretação manipulada da lei pela administração de Donald Trump.

*Emissora pública de televisão do Japão

Edição:
Fonte: EBC
Comentários Facebook

Internacional

EUA incluem entidades e indivíduos na lista de sanções por apoiar Irã

Avatar

Publicado

O governo americano disse que acrescentou companhias com sede na China, em Hong Kong e Dubai, além de dois indivíduos, à sua lista de sanções por apoiar o Irã.

O Departamento do Tesouro anunciou, nessa quinta-feira (23), que adotou a medida contra quatro empresas de petróleo e petroquímicas. Duas delas têm sede em Hong Kong e as outras, em Xangai e Dubai.

Segundo o departamento, as firmas ajudaram a Companhia Nacional de Petróleo do Irã a exportar o produto e derivados aos Emirados Árabes Unidos e à China. O valor de exportação equivale, ao todo, a milhões de dólares.

Secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, anuncia sanções contra a Coreia do Norte

O secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin – REUTERS/Jonathan Ernst

O secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, afirmou, em comunicado, que os setores petroquímico e de petróleo constituem fontes primárias de fundos para as atividades terroristas do governo iraniano em todo o mundo.

Uma medida similar foi adotada pelo Departamento de Estado americano, que anunciou na quinta-feira, a inclusão de novas entidades à sua lista de sanções. Uma empresa na China continental e duas firmas baseadas em Hong Kong, além de dois indivíduos, foram acrescentados à lista. Uma das companhias com sede em Hong Kong também está na relação do Departamento do Tesouro.

O secretário de Estado, Mike Pompeo, disse, no Twitter,  que “a pressão máxima sobre o regime iraniano irá continuar até que seu comportamento mude”. Ele alertou que entidades ou indivíduos que apoiam atividades iranianas serão alvo de sanções.

*Emissora pública de televisão do Japão

Edição:
Fonte: EBC
Comentários Facebook
Continue lendo

Internacional

Japão intensifica medidas para controlar contágio com vírus

Avatar

Publicado

O ministro dos Transportes do Japão disse que vai intensificar as medidas contra um possível surto deste mais recente tipo de coronavírus. Kazuyoshi Akaba prometeu que um esforço máximo será feito para lidar com o esperado aumento no número de turistas da China durante os feriados do Ano Novo Chinês.

O governo está exigindo que companhias aéreas e navios de cruzeiro distribuam um cartão de informações sanitárias a todos os passageiros provenientes da China. O cartão encaminha passageiros aos funcionários da quarentena caso eles tenham estado em Wuhan, tenham sintomas, ou estejam tomando analgésicos.

Hotéis e outros estabelecimentos do setor serão incentivados a monitorar seus hóspedes e exigir que eles procurem um médico se tiverem sintomas como febre ou tosse.

O ministério dos transportes informou que cinco companhias aéreas chinesas manterão suspensos seus voos diretos entre o Japão e a cidade de Wuhan até março.

Edição:
Fonte: EBC
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana