conecte-se conosco


Mato Grosso

Nova exposição propõe compor sensações com interação de obras de diferentes artistas

Avatar

Publicado

“Os espaços para a arte devem ser ocupados com arte”. É dessa maneira que Marcelo Velasco, curador da próxima exposição na Galeria de Artes Lava Pés, destaca a função do espaço como meio de exibição e de reconhecimento de obras de artistas visuais do Estado. A exposição intitulada Sen[s]ação será lançada nesta quinta-feira (15.08), às 19h30, na Galeria localizada no piso térreo do prédio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) e segue aberta até dia 15 de outubro, de segunda-feira à sexta-feira, com entrada franca.

Com obras dos artistas Gonçalo Arruda, Junne Fontenelle, Marcelo Velasco, Miguel Penha e Vitória Basaia, a mostra coletiva reúne trabalhos artísticos que, apesar de em princípio não terem relação uns com os outros, compõem uma história, uma sensação ao espectador, ao serem dispostas de forma integrada.

“É uma ação em que trabalhos individuais podem interagir entre si principalmente pela disparidade. Atualmente a obra pode ser percebida, e ganha existência, por meio do espectador”, explica Marcelo Velasco. 

Nas telas de Gonçalo Arruda, o público conhecerá o mundo fantástico e surrealista do artista plástico que começou sua carreira ainda criança inspirado em Adir Sodré e depois foi criando seu próprio estilo de pintura.

Veja Também  “Durante 2019 respeitamos a Arena como palco do futebol; hoje ela se transforma no Palco do Natal”

Seguindo os preceitos do movimento realista, Junne Fontenele oferece ao espectador a visão de esculturas com representações do cotidiano, contendo temáticas sociais, de sentimento e de regionalismo. Suas esculturas são em cerâmica envelhecida, peças únicas esculpidas e modeladas manualmente, queimadas a uma temperatura de 950 a 1 mil graus.  

O premiado Miguel Penha apresentará telas em que a paisagem recebe um tratamento espacial com a amplitude provocando uma expansão da realidade e com volumetria do segundo plano. O artista cuiabano percorreu vários recônditos da paisagem – natural ou construída – do Brasil, selecionando cenas para criar seu próprio repertório. 

Já a artista plástica Vitória Basaia traz para a exposição obras produzidas com muita criatividade a partir do lixo. Os objetos ressignificados à exaustão são frutos de materiais descartados transformados em obras de arte pela renomada artista. Criando seus próprios suportes, Vitória também apresenta ao público figuras de formas enigmáticas representando religiosidade e a celebração da mulher.  

Telas do artista Marcelo Velasco completam a mostra coletiva com composições contendo elementos da cultura regional, detalhes arquitetônicos e mobiliários. 

Veja Também  Sema entrega barcos a 30 municípios para fortalecer fiscalização em rios de MT

Sen[s]ação é a segunda exposição coletiva exibida na Galeria Lava Pés neste ano. “Entre Formas e Cores” abriu a temporada 2019, iniciando o ciclo de exposições no espaço com obras de outros seis grandes pintores e escultores da nova e de outras gerações de artistas mato-grossenses.

Para Marcelo Velasco, a mostra da produção de artistas ratifica a cultura como provocadora de sensações mesmo diante da atual conjuntura. “A Cultura também é resistência. Para quem pensa que os artistas estão sem ação, eis uma provocação ainda que suave”, conclui.

Serviço

Lançamento da Exposição “Sensação”

Data: 15 de agosto 

Horário: 19h30

Local:  Galeria de Artes Lava Pés, localizada na Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), na Avenida José Monteiro de Figueiredo (Lava Pés) nº 510, bairro Duque de Caxias, em Cuiabá

Outras informações: (65) 3613-0232

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Governador participa de posse de juiz eleitoral no TRE

Avatar

Publicado

O governador Mauro Mendes participou da posse do advogado Jackson Coutinho, no cargo de juiz membro do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE), na manhã desta sexta-feira (06.12). Esta será a segunda vez que o advogado assume uma cadeira no TRE. Em 2017, ele foi eleito para a função de juiz substituto.

“Desejo muita sorte nessa nova passagem pelo Tribunal. Ele tem o respeito da sociedade e a experiência de quem já contribuiu com a Justiça Eleitoral”, destacou o governador.

Jackson Coutinho ficará na função de juiz membro pelo período de dois anos. Ele foi escolhido por meio de lista tríplice, pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, após eleição no Tribunal de Justiça de Mato Grosso. A vaga que ele assume a partir desta sexta-feira é originária do quinto constitucional, para advogados com mais de 10 anos de exercício profissional.

“Essa é uma honrosa missão de representar a advocacia. Esse privilégio, eu recebo como reconhecimento e isso é o que mais me sensibiliza aos muitos anos de dedicação ao direito e a justiça”, destacou, acrescentando ainda que tem a obrigação por bem representar a advocacia mato-grossense nas eleições de 2020.

Veja Também  MT realiza notificação remota para evitar desmatamento ilegal

Ainda para o jurista, o próximo ano será de combate às “Fake News”, principalmente, no momento em que vive o país de “renovação da esperança”.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Cáceres institui programa para fomento da cidadania fiscal

Avatar

Publicado

O município de Cáceres (220 km de Cuiabá) conta a partir deste mês com um Programa Municipal de Educação Fiscal. A medida tem o apoio da Secretaria de Fazenda (Sefaz), que coordena o Programa de Educação Fiscal no estado de Mato Grosso, e visa levar conhecimento aos cacerenses sobre origem, aplicação e controle dos recursos públicos.

A criação do Programa de Educação Fiscal de Cáceres foi aprovada e sancionada na quinta-feira (05), por meio da Lei Municipal nº 2.811.

“Desde o primeiro ano de gestão temos incentivado a participação popular na formulação das políticas públicas do município. Com o Programa da Educação Fiscal a participação popular dos cacerenses será ainda mais fomentada, contribuindo para a formação das crianças na participação do controle social”, afirma o prefeito Francis Maris Cruz.

Para o presidente da Câmara de Vereadores, Rubens Macedo, a relevância do Programa está em levar ao conhecimento da sociedade a importância da função socioeconômica dos tributos, incentivando o acompanhamento da aplicação dos recursos públicos.

A instituição de uma política pública voltada para a prática da cidadania fiscal é uma ação importante que possibilita o aperfeiçoamento dos mecanismos de planejamento, por meio da participação ativa da população. Após a aprovação da lei, o Decreto para regulamentar a legislação será publicado pelo município, assim como a Portaria designando os servidores responsáveis na implantação do Programa.

Veja Também  “Durante 2019 respeitamos a Arena como palco do futebol; hoje ela se transforma no Palco do Natal”

De acordo com o gerente regional Atendimento ao Contribuinte, da Sefaz, Sandoval Vieira de Araújo, a pasta fazendária fará a capacitação dos profissionais da rede municipal que vão atuar no Programa de Educação Fiscal. O curso será ministrado pelos representantes do Programa da Educação Fiscal da Secretaria de Fazenda da Região Oeste, Leandro Xavier Ursolino e Anacleto Antunes Magalhães.

Programa Cidadania Fiscal

Instituído em 2015, o Programa Cidadania Fiscal de Mato Grosso tem como principais objetivos: inserir a educação fiscal no planejamento escolar; mobilizar e sensibilizar os gestores públicos para a melhoria da transparência do serviço público; sensibilizar os servidores quanto aos princípios básicos da administração pública e sua relação na melhoria da qualidade de vida da sociedade; disseminar dados e informações sobre a transparência na administração pública; incentivar o cidadão a exercer a cidadania fiscal, mediante o controle social do gasto público; além de incentivar o comprometimento do cidadão no processo de planejamento das ações de governo.

Junto com o Programa foi instituído também o Grupo de Educação Fiscal do Estado (GEFE/MT), coordenado pela Secretaria de Fazenda (Sefaz). O Grupo é responsável por desenvolver as ações da Cidadania Fiscal no estado.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana