conecte-se conosco


A CASA CAIU

Membro do Comando Vermelho que decapitou dois homens a mando de facção é preso

Publicado

A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), cumpriu mandado de prisão temporária (30 dias), contra Wellington Ferreira da Silva, conhecido por Pateta, nesta segunda-feira (15). Ele é um dos autores identificados na morte de dois homens decapitados em março de 2018, que tiveram as imagens divulgadas em redes sociais.

O preso é apontado como um dos autores da morte do mototaxista Reinaldo Ribeiro de Barros, de 38 anos, e do vendedor Rubens Eloi da Silva, 53 anos, que foram decapitados a mando de uma facção criminosa. Os corpos deles foram localizados na região do Brail 21, em Cuiabá. Na ocasião, pelas imagens divulgadas as famílias reconheceram as duas vítimas.

Wellington, o Pateta, está no Pronto Socorro Municipal. Ele foi levado ao hospital após se envolver em ocorrência de troca de tiros com policiais militares.

O inquérito da morte dos dois homens já foi concluído com os autores identificados. No entanto, dois dos autores foram mortos por envolvimento em outros fatos, restando ‘Pateta’ foragido. Um quarto envolvido, era adolescente na época e já encontra-se internado cumprindo medida socioeducativa.

Comentários Facebook
Veja Também  Cabeleireira recebe 38 pontos na cabeça após ser agredida pelo marido

A CASA CAIU

Jovem é presa pela sétima vez envolvida com tráfico de drogas

Publicado

Policiais militares de Barra do Garças (a 509 km de Cuiabá), prenderam nesta segunda-feira (19.08), J.G.R. (20) com porções de entorpecente, no bairro Piracema. A guarnição estava em ronda quando observou a jovem, que é conhecida por já ter seis passagens pela prisão por tráfico de drogas, em atitude suspeita próximo de uma escola. Na abordagem, foram encontrados dentro da sua bolsa nove papelotes de cocaína prontos para serem comercializados. Pela sétima vez, a mulher acabou encaminhada à delegacia para as devidas providências.

Comentários Facebook
Veja Também  Briga no Porto em Cuiabá por pouco não termina em morte; homem acaba esfaqueado
Continue lendo

''Uma dose de amor

‘Estou vivíssima’, afirma Grampola após boatos de morte – VEJA VÍDEO

Publicado

Circula pelas redes sociais, uma mensagem que lamenta a morte do servidor público de Várzea Grande Michel Pratini Borges de Arruda, a Grampola Platini, que é conhecida pelos áudios de humor compartilhados pelo WhatsApp. “Hoje Várzea Grande perde uma das pessoas mais queridas da cidade, Grampola parte, mas já deixa saudades”, diz trecho da mensagem, cuja original é cheia de erros de gramática.

O texto diz ainda que Grampola morreu vítima de um ataque cardíaco, ou seja, um infarto.  Grampola afirmou que está “vivíssima da Silva”.  “É assustador que as pessoas parem para fazer isso. Já chega, está demais. Eu não sei o que o povo quer de mim”, afirmou.

Segundo Michel, a situação chega a dar medo. “É uma perseguição grande, seja no trabalho ou na vida social. Chegou no ponto que eu tenho medo”.  Apesar disso, não perdeu o bom humor, ponto característico da personalidade. “Quero avisar para quem está espalhando essa mensagem que eu estou viva, muito bem viva. Acabei de completar 41 anos!”.  Grampola já trabalhou na noite mato-grossense como drag queen,  já passou por órgãos da Cultura e agora atua como servidor na Secretaria de Viação e Obras de Várzea Grande.

Veja Também  Vizinho é suspeito de matar gato com tiro de arma de fogo

Realiza festas, feijoadas e nos últimos meses ganhou mais destaque com áudios espalhados pelo WhatsApp, onde os bordões caíram na graça da baixada cuiabana, como por exemplo: “cambada de bicha à toa”, “estou farta”, e “cada um com a sua sorte”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana