conecte-se conosco


''SOLIDARIEDADE''

Caminhoneiros e mulheres fazem mutirão para tapar buracos em rodovia de MT

Avatar

Publicado

Com pás e carriolas, caminhoneiros e as mulheres deles se juntaram para improvisar uma operação tapa-buracos na rodovia MT-358, entre Tangará da Serra e Campo Novo do Parecis, a 242 km e 397 km de Cuiabá, respectivamente. O ato aconteceu no sábado (13). Em abril deste ano, os motoristas de caminhão já haviam denunciado as más condições da estrada, que, segundo eles, já estava ocasionando inúmeros transtornos.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) informou que, em breve, o trecho será concedido à iniciativa privada A previsão é que haja um investimento é de R$ 638 milhões no local.

Homens e mulheres dividem o serviço de recuperação da via nos finais de semana — Foto: Reprodução/TVCA

Enquanto isso, para tentar tapar os buracos na pista, os caminhoneiros usam uma mistura de areia com pedras. Para que o material chegue até os pontos de recapeamento, o grupo paga um caminhão fretado. O custo do frete é de R$ 750 por dia. Os caminhoneiros calculam que vão gastar cerca de R$ 3 mil para realizar todo o serviço. A intenção deles é tapar buracos em cerca de 40 quilômetros ao longo da rodovia.

Eles dizem ainda que a ação visa chamar a atenção das autoridades para tomar providências e recuperar a rodovia, que é a principal via de escoamento da produção agrícola da região.

Mulheres dizem estar preocupadas com os maridos que trabalham na estrada. — Foto: Reprodução/TVCA

A ‘operação’ tem sido realizada nos finais de semana. Homens e mulheres dividem as tarefas, tanto o serviço pesado quanto a parte de alimentação. De acordo com os caminhoneiros que trafegam pelo local, a rodovia foi construída em 1984 e nunca passou por reparos. No trecho ainda faltam sinalização e acostamento.

Comentários Facebook

''SOLIDARIEDADE''

População do Araguaia se une para repovoar rio com tartarugas da Amazônia

Avatar

Publicado

A população de São Félix do Araguaia se uniu para a missão de realizar soltura de tartarugas da Amazônia no rio que banha a cidade. Durante a quarta etapa do projeto Amigos da Natureza, realizada no início de dezembro, cinco mil filhotes de, aproximadamente, 30 dias foram devolvidos ao Rio Araguaia.

A ação contou com a participação também dos municípios de Luciara, Santa Terezinha, Porto Alegre do Norte, Confresa.

A tartaruga da Amazônia é uma espécie encontrada na região e sofre pressão de diversos tipos de predadores, entre eles, o próprio ser humano. O objetivo da ação de soltura é garantir a perpetuação da espécie nessa região. Este quelônio de água doce pode chegar a 75 quilos e 90 centímetros de cumprimento.

Nesta edição, foi criada uma praia artificial no quartel da Polícia Militar para acondicionamento dos ovos. Os filhotes são soltos com cerca de 30 dias de vida, já que, de acordo com o biólogo e coordenador do projeto, Francisco Assis Ribeiro Sousa, nesta fase os filhotes já estão bem mais ativos e podem ser soltos em locais onde os mesmos encontram esconderijo e alimentos.

“A mobilização da população em projetos como este são de extrema relevância para ampliação da consciência da importância da biodiversidade e do meio ambiente para o nosso bem-estar”, ressalta Paulo de Tarso Abranches, coordenador Atividades de Pecuária Intensiva, Irrigação e Aquicultura da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT).

O projeto conta com o apoio da Prefeitura Municipal de São Félix do Araguaia, Câmara Municipal de vereadores, Polícia Militar, Polícia Civil, ministério público do estado de Mato Grosso, comarca de São Félix do Araguaia, pousada Kuryala, Marinha do Brasil, Exército Brasileiro, corpo de bombeiros Militar, Secretaria Estadual de Meio Ambiente -SEMA MT e Colônia Z-7 dos pescadores.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

''SOLIDARIEDADE''

Motorista fica preso em carreta tombada de cerveja

Avatar

Publicado

Um homem de 58 anos ficou ferido após perder o controle da carreta que dirigia e capotar na BR-364, na Serra da Petrovina, em Pedra Preta, a 243 km de Cuiabá, neste domingo (15).

A carreta estava carregada com cerveja.

O motorista ficou preso entre as ferragens, mas foi retirado com vida e encaminhado a uma unidade de saúde.

O trecho da rodovia ficou interditado por algumas horas, mas liberado em seguida.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) não informou quais foram as causas do acidente.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana