conecte-se conosco


Cuiabá

Prefeitura vai mapear áreas e projetos de esporte e lazer por Cuiabá

Avatar

Publicado

Davi Valle

“Não adianta ter dinheiro se não souber como e onde gastar”. “É preciso planejamento financeiro para fazer o dinheiro render”. Estes são dois conceitos muito difundidos no universo das finanças e são considerados a base de uma vida financeira saudável. E é buscando essa saúde financeira para melhor aplicar o dinheiro público que Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo deu início ao Plano Setorial do Esporte e Lazer, um mapeamento das áreas e projetos de esporte e lazer do Município.

“Nós temos que deixar de ser assistencialista para poder atender aqueles projetos que de fato vão trazer retorno para a sociedade. Esse é o desafio nosso. E o poder público não consegue fazer isso se não houver a participação das regionais, dos líderes comunitários, dos presidentes de bairros, das lideranças de um modo geral, que estão cada uma num local para repassar essas informações”, comentou o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo.

A ideia foi lançada pensando numa Cuiabá mais 300 anos, numa construção de um legado para a cidade tricentenária. O mapeamento está sendo feito com base em três principais levantamentos: identificar todos os equipamentos e espaços de esporte e lazer que Cuiabá possui, desde praças, quadras, campos de futebol até os ginásios e miniestádios; identificar quais são os projetos esportivos e de lazer espalhados pela cidade, como as escolinhas de futebol, de artes marciais, por exemplo; e saber quem são as pessoas que coordenam estes projetos ou que estão à frente da organização destas atividades nestes espaços, as lideranças comunitárias e também as ligas esportivas existentes na capital.

O levantamento será feito em parceria com a sociedade civil, por meio de audiências públicas nas regionais, que serão coordenadas e agendadas por seus líderes comunitários e vereadores, alinhados a Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo. A meta é que o mapeamento exiba informações completas sobre as atividades de esporte e lazer em Cuiabá, com registro das associações esportivas e modalidades ofertadas, locais, horários das ações, quantidade de pessoas atendidas.

“O nosso objetivo é saber isso de Cuiabá inteira, levar isso para o Ministério e a partir daí elaborar um projeto com recurso Federal, junto com a contrapartida do Município para poder apoiar os projetos e inclusive direcionar recursos. Às vezes, um projeto de um lugar vira referência para expandir para outros bairros, criar polos. E isso começa com esse mapeamento”, pontuou Vuolo.

Outro ponto que deve avançar, são os convênios para o funcionamento dos projetos. A Secretaria reforça que é necessário que as entidades e/ou pessoas que coordenam os projetos sejam formalizadas, com criação de CNPJ para que estas parcerias entre poder público e sociedade organizada possa ser firmada.

O mapeamento também será uma ferramenta para equilibrar e expandir os espaços de esporte e lazer na capital mato-grossense, evitando que comunidades de determinada região tenham mais acesso as atividades e qualidade de vida proporcionadas do que outras.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook

Cuiabá

Criação da Ouvidoria da Educação é abordada na Semana Pedagógica

Avatar

Publicado

Jorge Pinho

Durante a Semana Pedagógica da Escola Cuiabana 2020, evento que está reunindo professores, gestores e técnicos da Educação, no Hotel Fazenda Mato Grosso, uma das novidades apresentadas aos profissionais foi a criação da Ouvidoria da Educação. A iniciativa do prefeito Emanuel Pinheiro foi colocada em prática sob a coordenação do secretário de Educação, Alex Vieira Passos.

Toda a grande estrutura da Educação, que engloba 164 unidades educacionais, cerca de 10 mil servidores (só na ativa), aproximadamente 53 mil alunos e mais de 30 mil famílias, tem agora um canal direto com o órgão central e um fluxo mais eficiente de tratamento das informações.

“É inadmissível ter qualquer tipo de improviso diante de um universo tão grande de pessoas que são atendidas diretamente pela Secretaria de Educação, ou atuam no órgão”, afirmou a professora Lucilene Lescano, assessora da Coordenadoria de Gestão e Legislação, ligada à Diretoria de Ensino, e uma das responsáveis pela instalação da Ouvidoria da Educação.

Esse pensamento é compartilhado por Ângelo Valentim, coordenador de Avaliação Institucional da Diretoria de Planejamento e integrante da equipe que implantou a Ouvidoria. “A sociedade passa a ter um canal, por meio do 0800 647 0131, para reclamações, elogios e sugestões, além de um espaço para que as ideias sejam ouvidas, os conflitos superados e as questões atendidas”.

O secretário de Educação, Alex Vieira Passos, disse que a Ouvidoria é um órgão de apoio estratégico, especializado, além de eficaz na mediação e na busca de soluções de conflitos e um eficiente agente promotor de mudanças.

“Atenta aos princípios constitucionais da legalidade, moralidade, impessoalidade e eficiência, a Ouvidoria é um canal de comunicação imparcial e independente, cuja principal atribuição é defender os direitos individuais e coletivos, além de contribuir para a prática da boa governança corporativa. É por meio das manifestações gerenciais e sugestões que ocorre o aprimoramento das rotinas e processos de trabalho, além da qualidade dos serviços prestados aos usuários”, salientou. 

FUNÇÃO DA OUVIDORIA

A Ouvidoria foi implementada para atender o cidadão, toda a sociedade cuiabana, bem como o servidor da Educação. O objetivo é criar uma cultura de coleta de dados interligados que serão tabulados mensalmente e servirão de base para implementar melhorias na Educação do Município.

Além disso, os pais ganharam um canal que tem um compromisso de resposta, uma comunicação devolutiva via telefone ou mensagem. É importante lembrar também que a Ouvidoria Geral da Prefeitura continua funcionando e os assuntos que sejam pertinentes a outras pastas, serão encaminhados aos setores competentes.

SERVIÇO

Ouvidoria da Educação

0800 647 0131

Horário de atendimento – das 8h às 12h e das 14h às 18h, de segunda a sexta-feira (exceto nos feriados e pontos facultativos)

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Cuiabá credencia laboratórios via Ministério da Saúde e passa a ofertar mais de 800 próteses dentárias por mês

Avatar

Publicado

Assessoria SMS

A Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá – SMS – credenciou via Ministério da Saúde dois novos laboratórios para dar celeridade ao serviço de confecção de próteses dentária aos usuários do Sistema Único de Saúde – SUS. O trâmite que habilitou as empresas Dente Fácil Odontologia e Laboratório Rubens de Prótese Dentária aconteceram via chamamento público.  

De acordo com o secretário de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho com os novos prestadores que trabalharão de acordo com a tabela SUS, além da celeridade Cuiabá amplia a oferta do serviço.

“Na série histórica saímos de 400 próteses em 2018, 500 em 2019 para 800 próteses por mês em 2020. Ou seja, estamos dobrandos o serviço ofertado de prótese durante a gestão Emanuel Pinheiro. Isso representa um ganho real na qualidade, agilidade e humanização para quem precisa voltar a sorrir”, frisou Pôssas.

De acordo com o diretor de Saúde Bucal da SMS, Wevertor Raider outro fator que terá impacto segundo a perspectiva da Secretaria é o tempo de espera para a confecção da prótese.

“Cada laboratório atenderá as regionais definidas pela gestão de forma a aperfeiçoar a prestação de serviço nas clínicas odontológicas Jardim Leblon, CPA III e Coxipó, nos CEOs – Centro de Especialidades Odontológicas e nas 27 unidades de Saúde da Família que, após reformadas pela gestão, receberão salas odontológicas. Dessa forma, o tempo de espera que tinha em média 90 dias, passa a ser no máximo 40 dias”, completou Raider.

Para o sucesso no atendimento dos que já aguardam na fila de espera, a Secretaria de Saúde orienta que os pacientes busquem as clínicas odontológicas onde o tratamento está sendo realizado para atualização de cadastro. Já os que desejarem iniciar o atendimento, devem se dirigir até a unidade odontológica mais próxima de sua residência para a primeira consulta.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana