conecte-se conosco


''TRAGÉDIA NO AR''

Ladrões fazem arrastão em boate e trancam clientes, prostitutas e travestis em salão e agridem dono em MT

Publicado

Três homens armados invadiram uma boate na noite dessa quarta-feira (10) em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá. O assalto ocorreu por volta de 21h30. Cinco pessoas que estavam dentro da casa noturna ficaram sob a mira dos bandidos. Além de pertencentes das vítimas, os assaltantes também levaram dinheiro do caixa.

O prejuízo foi de quase R$ 6 mil em dinheiro, quatro celulares, garrafas de bebida, a chave de uma caminhonete e vários cartões de crédito. Duas mulheres e os dois homens que estavam na boate não tiveram ferimentos. O dono do estabelecimento foi agredido com chutes dos ladrões.

Todas as vítimas foram trancadas dentro de um salão da boate e só conseguiram chamar a polícia horas depois que os assaltantes já tinham fugido.

Até o momento nenhum dos três suspeitos foi localizado. A expectativa é que as imagens das câmeras de segurança da casa noturna e de estabelecimentos vizinhos ajudem a polícia a identificar os autores.

Comentários Facebook
Veja Também  Idoso de 68 anos cai de ônibus e tem perna dilacerada em Cuiabá; motorista quase foi agredido

''TRAGÉDIA NO AR''

Polícia investiga se agente morto com 21 tiros teria agredido presos em MT

Publicado

A Polícia Civil investiga uma carta com supostas agressões a presos que teriam sido cometidas por agentes penitenciários em Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá. Os policiais investigam a relação dessa carta com a morte do agente Elison Douglas da Silva, de 37 anos. Na carta, um preso comemora a morte do agente e cita que ele teria agredido um presidiário. O servidor foi morto com 21 tiros na noite do dia 30 de junho quando visitava uma das casas dele que estava em reforma.

Ele trabalhava no Centro de Detenção Provisório (CDP) de Lucas do Rio Verde. Um adolescente, de 15 anos, está apreendido suspeito de envolvimento no crime. Os servidores do sistema penitenciário chegaram a fazer uma paralisação como forma de protesto pela morte do colega. A Polícia Civil de Lucas do Rio Verde informou que o caso é tratado como execução.

A delegacia confirmou que teve acesso à carta onde um preso relata supostas agressões atribuídas ao agente assassinado e a outro agente. “Foi merecido porque homem nenhum pode passa (sic) o que o [nome do preso] passou e ficar de braços cruzados. O agente e o Douglas bateram muito no mano. Chutaram ele demais”, consta trecho da carta.

Veja Também  Barcos com pescadores afundam durante competição em festival de pesca no Pantanal em MT; VEJA VÍDEO

A Polícia Civil disse que já ouviu formalmente o agente citado na carta. O servidor negou as agressões e disse que o CDP tem ‘procedimentos e normas rígidas, que muitos presos não querem obedecer’.

O agente afirmou que não extrapola nos procedimentos e que apenas segue os procedimentos impostos. Celulares apreendidos com o adolescente estão sendo periciados.

Três pessoas participaram do crime, entre elas o adolescente. Todos seriam membros de uma facção criminosa.

O adolescente está apreendido no Centro Socioeducativo de Cuiabá, o antigo Pomeri, na capital. Ele morava na mesma rua em que o Elison vivia com a mulher e o filho.

O agente teria abordado o adolescente, flagrado armado, algumas vezes e, por isso, já existia uma rixa entre eles. O adolescente também teria participado de outros 3 homicídios em Mato Grosso.

Apesar da carta, a polícia apura se o documento não teria sido ‘plantado’ para justamente incriminar o agente citado. A Secretaria de Segurança Pública (Sesp) disse, em nota, que aguardará a conclusão do inquérito policial que apura as circunstâncias da morte do agente penitenciário.

Veja Também  Através de grupo de aplicativo, motorista de ônibus avisa passageiros horários de partida

 

Comentários Facebook
Continue lendo

''TRAGÉDIA NO AR''

Homem é esfaqueado durante jogo de cartas em bar de Cuiabá

Publicado

Um homem de 50 anos sofreu uma tentativa de homicídio, nesta quarta-feira (17), enquanto jogava uma partida de baralho dentro de um bar, no Bairro Jardim Leblon, em Cuiabá. Ele foi atingido no abdômen e encaminhado para a Policlínica do Bairro Planalto, onde recebeu atendimento médico. Ele não corre risco de morte.

A vítima relatou aos policiais como aconteceu o crime. Segundo ele, o suspeito identificado apenas como “Marcelo” teria chegado ao local e, em seguida, sentou ao seu lado na mesa. Sem falar nada, o suspeito teria sacado uma faca de serra e o golpeado. Em seguida, o agressor fugiu.

A motivação do crime não foi informada. Conforme o boletim de ocorrência, nenhum suspeito foi encontrado pela Polícia Militar. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

Comentários Facebook
Veja Também  Homem que ameaçava ex-namorada é preso pela 9° vez
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana