conecte-se conosco


Várzea Grande

Prefeitura oferece capacitação sobre prontuário do paciente para profissionais da Saúde

Publicado

Foi realizada nesta quarta-feira, 10, no auditório do Hospital e Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande (HPSVG), a 2º Oficina sobre Prontuário do Paciente. A proposta do evento é levantar o diálogo sobre a importância das várias fases do prontuário e a contribuição de cada profissional em cada etapa. Cerca de 30 servidores de vários setores da unidade estiveram presentes na ocasião, que teve inicio as 14h30. 

O evento foi realizado pela Comissão de Revisão de Prontuário, composta por servidores do HPSMVG, com apoio da Coordenação de Enfermagem, Serviço do Prontuário, faturamento, Farmácia, Núcleo de Segurança do Paciente e Núcleo de Educação Permanente. 

A gestora pública e integrante da comissão que está organizando o evento, Akeslayne Camargo, explica que o objetivo da capacitação é pontuar juntos aos servidores que manuseiam os prontuários, a importante do alinhamento entre os setores para o documento em questão. Porque segundo ela um erro no percurso do prontuário compromete o faturamento do paciente, ocasionando maiores problemas para o hospital, não somente financeiro, mas, também administrativos.  

Veja Também  Ministério Público e Conselho Tutelar baixam Resolução recomendando rigor na eleição

“Estamos visando uma “Melhor Organização”. Um dos itens mais importantes analisados e pontuados pelo Ministério da Saúde e que acima de tudo garante a segurança ao paciente efetivando a gestão da qualidade é o Prontuário do Paciente, por isso esse documento é tão importante tanto para a instituição como também para o paciente”, explica a gestora publica que atua no Hospital e Pronto Socorro. 

O prontuário do paciente é definido pelo Conselho Federal de Medicina como sendo: documento único constituído de um conjunto de informações, sinais e imagens registradas, geradas a partir de fatos, acontecimentos e situações sobre a saúde do paciente e a assistência a ele prestada, de caráter legal, sigiloso e científico, que possibilita a comunicação entre membros da equipe multiprofissional e a continuidade da assistência prestada ao indivíduo e considerada de elaboração obrigatória pelo Código de Ética Médica. 

Akeslayne explica que o prontuário do paciente é tão valioso, sigiloso e legal, que qualquer extravio pode ser comunicado à autoridade policial, para abrir um Boletim de Ocorrência. Apesar de ser uma linguagem técnica, o prontuário pertence ao paciente, ajuda a esclarecer dúvidas sobre exames e condutas terapêuticas que o mesmo deve seguir, e serve principalmente para facilitar a comunicação entre os profissionais da saúde, seus pacientes e familiares. “São essas questões que vamos passar aos servidores para que saibam a importância do documento e as consequências, caso haja algum erro, seja ele administrativo ou técnico”.   

Veja Também  Conheça os candidatos a conselheiro e identifique locais de votação por letra inicial do nome do eleitor

A oficina segue sua última etapa em grupo. Nas próximas reuniões a Comissão de Revisão de Prontuário irá se reunir com os funcionários de cada setor para tratar do assunto especificamente de acordo com os serviços executados por cada um. “Nossa ideia é levantar as deficiências e buscar corrigi-las juntos aos funcionários de uma forma que fique bem claro ao servidor de como fazer para que a manipulação do prontuário esteja alinhada com as questões administrativas do Sistema Único de Saúde”, finaliza.  

Por: Letícia Kathucia – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Comentários Facebook

Várzea Grande

Saúde faz testes preventivos da sífilis no Terminal André Maggi e no Várzea Grande Shopping

Publicado

A secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande promove durante o dia de hoje (18), ações preventivas de combate a sífilis com a realização de exames além de vacinação contra o sarampo, no Terminal André Maggi. O objetivo é chamar a atenção da população para o enfrentamento da doença uma vez que a Vigilância em Saúde registrou aumento de incidência da doença, que vem ocorrendo também em todo o país.As ações serão estendidas amanhã(19), no Várzea Grabde Shopping, incluindo ações em parceria com a Vigilância  em Saúde a Atenção Básica, na aferição de pressão, testes de glicemia e ações orientativas, além da vacinação contra o sarampo.

A superintendente de Vigilância em Saúde, Relva Cristina Silva Moura, lembra que a ação faz parte do Plano de Enfrentamento da Sífilis Adquirida, desenvolvida pela secretaria de Saúde do município, cujo projeto encontra-se na etapa de monitoramento das atividades desenvolvidas pela Rede de Atenção Básica à Saúde.

“Em 2018, foram notificados em Várzea Grande 119 casos de sífilis, sendo 49 do tipo adquirido, 58 casos registrados em gestantes e 12 de sífilis congênita. A nossa intenção é conscientizar um maior número de pessoas para que possam estar atentas ao mal que essa doença causa a saúde, por isso estamos intensificando as ações de mobilização que visa à prevenção, diagnóstico precoce, tratamento oportuno e acompanhamento dos casos e cura. O uso da camisinha continua sendo a melhor forma de prevenção”, alertou a superintendente.

Veja Também  Escolas podem se inscrever para participar do Programa ‘Aluno-Vereador’

Relva Cristina disse ainda que as ações no Terminal André Maggi seguem até às 17h, e que todos que quiserem ou puderem fazer os teste serão atendidos.  “Além dos testes rápidos para detecção de anticorpos de sífilis estamos realizando também os testes de Anti-HIV, hepatite B e C. Uma equipe está atuando na atualização da vacina, principalmente de sarampo e gripe”.

A professora Solange Costa enquanto aguardava o transporte coletivo, recebeu informativo e disse que iria ler durante o seu trajeto. “Essa ação é boa porque a gente fica sabendo sobre a saúde, e as doenças que estão tendo índices crescentes. É importante que ações sejam desenvolvidas, não somente nas unidades de saúde, mas também em locais de grande circulação de pessoas, como é o terminal”.

Grávida de seis meses, a dona de casa Maria Lúcia Vieira Silva também disse que iria ler com atenção o informativo da secretaria de Saúde no combate e prevenção da sífilis. “Estou fazendo o pré-natal, mas é sempre bom ter conhecimento de doenças que podem ser adquiridas neste período, por isso é essencial que tenhamos todos os cuidados necessários para que o bebê venha ao mundo com muita saúde”, completou.

Veja Também  Saúde faz testes preventivos da sífilis no Terminal André Maggi e no Várzea Grande Shopping

O senhor Anastácio Jorge da Silva, 81 anos, morador do Parque Sabiá, não frequenta diariamente o Terminal André Maggi, mas hoje excepcionalmente teve que vir para a região central. “Aproveitei a ação para fazer os testes, que são caros na rede particular e que hoje estão acessíveis aqui no terminal pela rede pública, sem que haja marcação. O mais importante é que o resultado sai na hora”, comemorou.

Já a dona de casa, Jussara Riolo da Costa, moradora do Residencial Solares, parabenizou o município pela ação no terminal. “Muitas pessoas não tem acesso a informações, principalmente de doenças infecciosas. Esta iniciativa é muito importante para que a população possa saber da incidência de doenças e de sua prevenção”, completou.

Neste sábado (19) equipes de Vigilância em Saúde estarão realizando ações de prevenção de doenças infecciosas no térreo do Várzea Grande Shopping. As atividades terão início a partir das 10h e segue até às 17h. Além de testes rápidos haverá também a atualização da carteira vacinal e aplicação da vacina contra o Sarampo para crianças com idade entre 06 meses e menores de 05 anos e adultos jovens com idade entre 20 e 29 anos.

Por: Kátia Passos – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Comentários Facebook
Continue lendo

Várzea Grande

Ministério Público e Conselho Tutelar baixam Resolução recomendando rigor na eleição

Publicado

Visando garantir a lisura, transparência e a vontade popular nas eleições para conselheiros e suplentes do Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e Adolescente – CMDCA, o promotor de Justiça Douglas Lingiardi Strachicini, a secretária de Assistência Social de Várzea Grande, Flávia Omar e a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente, Katlin Calmon, emitiram a Resolução 31/2019, alertando para as recomendações a serem seguidas por candidatos e eleitores e as proibições que serão combatidas com o rigor da legislação.

Lembra o promotor da Infância e Adolescência, Douglas Strachicini, em sua recomendação que os candidatos habilitados ao processo de escolha observem as vedações elencadas, sem prejuízo de outras previstas na legislação, sob pena de adoção das medidas administrativas e criminais cabíveis.

Uma das recomendações é quanto a utilização das mídias sociais que estão sendo alvo de ações no Tribunal Superior Eleitoral – TSE e que ficam proibidas no dia da eleição e só serão permitidas aos candidatos até a meia-noite de hoje.

“A ordem superior é combater com rigor toda a e qualquer ação que esteja em desconformidade com o processo eleitoral, seja nociva a escolha e tende a burlar o resultado que deve ser a expressão da vontade do eleitor”, disse a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA, Katlin Calmon, que informou ter sido solicitado pela Prefeitura de Várzea Grande reforço da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Guarda Municipal e se necessários de outras forças policiais.

Veja Também  Conheça os candidatos a conselheiro e identifique locais de votação por letra inicial do nome do eleitor

Entre as recomendações de proibição estão:

(a) usar alto-falantes e amplificadores de som ou promover comício ou carreata;

(b) arregimentar eleitor ou fazer propaganda de boca de urna;

(c) até o término do horário de votação, contribuir, de qualquer forma, para aglomeração de pessoas portando vestuário padronizado, de modo a caracterizar manifestação coletiva, com ou sem utilização de veículos;

(d) fornecer aos(às) eleitores(as) transporte ou refeições;

(e) doar, oferecer, prometer ou entregar ao(à) eleitor(a), com o fim de obter-lhe o voto, bem ou vantagem pessoal de qualquer natureza, inclusive emprego ou função pública (captação de sufrágio);

(f) padronizar, nos trabalhos de votação, o vestuário dos(as) seus(suas) respectivos(as) fiscais;

(g) gravar e/ou divulgar em qualquer tipo de mídia social, rede social(Facebook, Instagram, Twitter etc.) ou aplicativos de mensagens instantâneas (WhatsApp, Telegram etc.) fotos, vídeos ou fazer transmissão em tempo real, que possam perturbar ou de qualquer forma prejudicar o andamento do processo eleitoral;

O promotor realçou ainda que eventuais denúncias como as ocorridas na primeira disputa que acabou sendo suspensa estão sob avaliação das autoridades para eventual punição dos envolvidos.

Veja Também  Mutirão para negociação de dívidas fiscais em Várzea Grande vai até amanhã 18

Ele lembrou da suspensão da primeira eleição, da ampliação para 14 pontos de votação com 73 urnas, (na disputa anterior eram seis locais de votação e 39 urnas eletrônicas), de que todos os candidatos foram cientificados pelo CMDCA, pelo Ministério Público e pelo Tribunal Regional Eleitoral das regras e da necessidade de assegurar a isonomia entre todos os candidatos, assim como prevenir e coibir a prática de condutas abusivas e/ou desleais, que podem importar, inclusive, na quebra do requisito da idoneidade moral, expressamente exigido de todos os candidatos/membros do Conselho Tutelar pelo art. 133 da Lei Federal nº8.069/1990.

“As recomendações são no sentido da transparência total, lisura e resguardar a vontade popular, tanto por parte da prefeita Lucimar Sacre de Campos como por parte do Ministério Público através da Promotoria da Infância e Adolescência e isto será cumprido a risca”, garantiu a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Por: Da Redação – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana