conecte-se conosco


'' Casa dos Artistas''

Irmãos que nunca viajaram constroem avião usando motor de Fusca, madeira e zinco em MT

Avatar

Publicado

Dois irmãos construíram uma réplica da aeronave A – 29 Super Tucano da Força Aérea Brasileira (FAB) usando motor de Fusca, madeira, zinco e metalon. Paulo Henrique Sá Ribeiro, de 19 anos, e Claudemir Sá Ribeiro, de 21, que moram na zona rural de Colniza, a 1.065 km de Cuiabá, começaram a construir o avião no início de 2018 e gastaram cerca de R$ 10 mil com os materiais.

Eles compraram o motor do fusca 1.6 usado por R$ 1,2 mil e gastaram R$ 800 para reformá-lo — Foto: Colniza MT Notícia

Paulo Henrique contou que ele e o irmão trabalham com serviços gerais nas fazendas da região onde moram e, desde criança, sonhavam em construir a própria aeronave.

Com o baixo orçamento e sem o auxílio de um profissional, os irmãos decidiram improvisar os materiais para começar a construir o avião.

Irmãos gastaram R$ 10 mil com materiais — Foto: Colniza MT Notícia

“O principal é o motor, mas a gente não tinha recursos, então juntamos dinheiro para comprar o motor de fusca, que é o mais barato e atende as nossas necessidades. Fizemos por rumo no início, mas depois pesquisamos como montar outras partes”, explicou. Os irmãos compraram o motor do fusca 1.6 usado por R$ 1,2 mil e gastaram R$ 800 para reformá-lo. Outros R$ 8 mil foram gastos com materiais para a construção das peças.

Veja Também  Após fiança, Justiça manda soltar mulher que recusou taxista negro
Avião começou a ser construído em 2018 — Foto: Colniza MT Notícia

Paulo e Claudemir afirmaram que nunca viajaram de avião. Eles disseram que terminaram apenas o ensino médio e que, quando tiverem condições, pretendem cursar engenharia aeronáutica para projetar e construir aeronaves. Além disso, eles sonham em trabalhar na FAB.

Montagem mostra foto de avião construído por irmãos e modelo original usado pela FAB — Foto: Colniza MT Notícia e Cabo V. Santos-FAB/ Montagem G1

Montagem mostra foto de avião construído por irmãos e modelo original usado pela FAB — Foto: Colniza MT Notícia e Cabo V. Santos-FAB/ Montagem G1

“O plano é conseguir ser um profissional nessa área, construir aviões. Durante toda a vida sonhamos com isso. Eu sempre imaginava uma máquina dessa voando”, ressaltou Paulo.

O próximo passo, segundo Paulo, é fazer o avião decolar. “Estamos esperando uma peça do motor chegar para começarmos a fazer os testes”, disse.

Desde criança, eles sonhavam em construir a própria aeronave — Foto: Colniza MT Notícia

O ‘Super Tucano’ é um avião turboélice capaz de executar missões como ataque aéreo leve, vigilância, interceptação aérea e contra-insurgência. Após ver a criatividade dos irmãos, um empresário de São Paulo ofereceu um curso de piloto para eles, além de passagens aéreas de Cuiabá a São Paulo. A viagem deve acontecer ainda esse mês, segundo Paulo.

Veja Também  Ladrão baleado por vigia não resite aos ferimento e morre no PS
Eles fizeram pesquisas por conta própria para construir avião — Foto: Colniza MT Notícia
Comentários Facebook

'' Casa dos Artistas''

Dois supostos seguranças são presos em posto de combustível com arma

Avatar

Publicado

Policiais militares de Várzea Grande prenderam na noite desta quarta-feira (27.11) dois homens por ameaça, porte ilegal de arma de fogo e exercício ilegal da profissão de segurança, no bairro Parque Sábia. Foram detidos E.R.L. (43) e F.F.S.A. (27). Uma pistola 380, com 15 munições e um carregador e um revolver calibre 38, com seis munições foram apreendidos.

Os militares foram acionados para atender uma situação de discussão entre o segurança de um posto de combustível, e um cliente. No local, os policiais conversaram com a vítima, um homem de 39 anos, que alegou ter sofrido ameaças de F. Ele ainda acrescentou que o motivo seria por ter estacionado em um local que não poderia, porém, era apenas para trocar a fralda da sua filha de três anos.

Conforme a narrativa, os dois suspeitos detidos foram abordados e questionais se teriam porte de arma, ambos disseram que não, e apresentaram o armamentos aos policiais. Sobre o fato de serem seguranças, também disseram que não possuem registro/autorização junto aos órgãos de controle. Uma das armas apreendidas está registrada no nome do posto de combustível e a posse seria para uso apenas naquele local por uma pessoa com o porte adequado.

Veja Também  Adolescente morre ao usar celular ligado na tomada para ouvir música

A dupla foi encaminhada à delegacia para as devidas providências.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

'' Casa dos Artistas''

Com 6 contas atrasadas, UFMT tem fornecimento de energia elétrica suspenso por falta de pagamento

Avatar

Publicado

O fornecimento de energia elétrica da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) foi suspenso nesta terça-feira (16) por falta de pagamento. Ao todo, segundo a instituição seis contas estão em atraso, sendo quatro do ano de 2018 e duas de 2019. O valor da dívida com a concessionária de energia elétrica não foi informado. Em nota, a UFMT informou que deve realizar uma reunião durante a tarde e emitir um comunicado sobre os avanços e resultados do encontro. Com o corte na energia, os estudantes e pesquisadores temem perder material e amostras de estudos em andamento.

Em março, o governo federal anunciou um bloqueio de 30% dos repasses. À época, a reitora da UFMT, Myrian Serra, afirmou  que a instituição só teria condições para funcionar até o mês de julho, caso a situação não fosse revista. “A UFMT pode parar. Com o recurso que temos a garantia de funcionamento no campus de Cuiabá é até julho. O corte inviabiliza que nós honremos com os nossos compromissos que são contratos geridos pela instituição”, explicou Myrian.

Veja Também  Câmara Municipal de Várzea Grande divulga vencedores do Programa Estudantil Aluno-Vereador
Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus Cuiabá — Foto: Denise Soares/G1

A média de custeio da UFMT é de aproximadamente R$ 90 milhões ao mês. Na conta entram os custos básicos, como água, luz, segurança do campus, internet e limpeza. “Não vamos ter condições de funcionar porque questões básicas não poderão ser atendidas. Não vai ter água para beber, água no banheiro e energia elétrica, que alimenta não só as salas de aula, mas os sistemas, já que tudo é eletrônico”, completou a reitora.

Atualmente, a UFMT oferece 113 cursos de graduação, sendo 108 presenciais e cinco na modalidade a distância (EaD), em 33 municípios mato-grossenses. Possui 25.435 mil estudantes, distribuídos em todas as regiões de Mato Grosso.

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana