conecte-se conosco


Saúde

Mais de 53,5 milhões de pessoas já se vacinaram contra a gripe

Avatar

Publicado

Mais de 53,5 milhões de pessoas dos grupos prioritários, entre eles, professores, gestantes, profissionais das forças de segurança de salvamento, crianças e idosos, procuraram os postos de saúde, onde se vacinaram contra a gripe, até essa segunda-feira (24). Também foram vacinadas 5,6 milhões de pessoas que não integram os grupos prioritários.

De acordo com o Ministério da Saúde, os dados mostram ainda que 18 estados e o Distrito Federal conseguiram vacinar 90% do público-alvo. No total, foram distribuídas 59,5 milhões de doses para todo o país. Os grupos prioritários tiveram entre os dias 10 de abril e 31 de maio para se vacinar com exclusividade.

 Dia D de vacinação contra a gripe no Leme, na zona sul do Rio de Janeiro.

Campnanha de vacinação contra a gripe – Tomaz Silva/Agência Brasil

“Apesar de atingir a meta nacional, nem todos os grupos conseguiram alcançar os 90% de cobertura: crianças (82,8%), gestantes (81,8%), pessoas com comorbidades (86,3%), profissionais das forças de segurança e salvamento (48,5%) e população privada de liberdade (74,8%) ficaram com a vacinação abaixo do ideal. Isso significa que mais de 2,6 milhões de crianças e 3,8 milhões de gestantes deixaram de se vacinar”, informou o ministério.

Atingiram a meta de vacinação os trabalhadores de saúde (90%), puérperas (103,4%), indígenas (95,2%), idosos (98,2%), professores (104,4%) e funcionários do sistema prisional (124,2%).

Quanto à cobertura vacinal nos estados, oito não alcançaram a meta de 90%: Acre (86,7%), Bahia (86%), Rio de Janeiro (86,9%), São Paulo (84,7%), Paraná (86,9%), Santa Catarina (86,8%), Rio Grande do Sul (86,5%) e Mato Grosso do Sul (89,8%).

Edição: Aécio Amado
Fonte: EBC
Comentários Facebook

Saúde

Japão diz que homem que não esteve em Wuhan contraiu coronavírus

Avatar

Publicado

TÓQUIO — Uma pessoa no Japão que não visitou a cidade chinesa de Wuhan contraiu o novo coronavírus , informou nesta terça-feira o Ministério da Saúde do Japão .

coronavírus arrow-options
shutterstock

A doença respiratória causada pelo coronavírus já atinge quatro continentes

O homem infectado é um motorista de ônibus turístico na casa dos 60 anos, da cidade de Nara, que teve contato com visitantes de Wuhan entre 8 e 16 de janeiro, informou o ministério em seu site.

Leia mais: Jovem é internada com suspeita de coronavírus em Minas Gerais

Ele começou a apresentar sintomas em 14 de janeiro e foi hospitalizado em 25 de janeiro antes de ser diagnosticado , segundo o comunicado.

Outro homem de 40 anos que vive em Wuhan também foi confirmado por ter contraído o vírus, disse o ministério japonês.

As novas infecções elevam o número total de casos japoneses confirmados para seis

Fonte: IG Saúde
Comentários Facebook
Continue lendo

Saúde

Jovem é internada com suspeita de coronavírus em Minas Gerais

Avatar

Publicado

RIO — Uma jovem de 22 anos apresentou sintomas que podem ser enquadrados como os do coronavírus , em Minas Gerais. Ela viajou para China e está sendo monitorada pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG). A informação foi adiantada pelo jornal Estado de Minas.

Leia mais: E se chegar no Brasil? O que fazer de fato para se proteger do coronavírus

coronavírus arrow-options
undefined

Doença já matou 106 pessoas na China

Na semana passada, a foi descartado um primeiro caso de coronavírus suspeito. A paciente era uma mulher de 35 anos que veio da China e apresentava sintomas semelhantes.

Até o momento, o coronavírus matou 106 pessoas na China e infectou mais de 4 mil.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou, na tarde desta segunda-feira, que aumentou a atenção em portos e aeroportos para casos suspeitos de coronavírus. Apesar de aumentar o alerta, a agência não vai mudar os procedimentos que já eram adotados em casos de outras doenças.

Na manhã desta segunda, o Ministério da Saúde descartou uma suspeita de contaminação por coronavírus identificada em Niterói, no Rio de Janeiro. Em nota, a pasta declarou que o paciente suspeito, internado no Hospital Icaraí, “não se enquadra na atual definição de caso suspeito de 2019-nCoV estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS)”.

Leia mais: Ministério da Saúde descarta caso de coronavírus em Niterói

Leia mais: Epidemia tem casos invisíveis, e coronavírus pode infectar 130 mil em dez dias, diz novo estudo

A Alemanha confirmou nesta segunda-feira o primeiro caso do novo coronavírus no país. A doença foi diagnosticada em um paciente no distrito de Starnberg.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) corrigiu nesta segunda-feira sua avaliação do risco do coronavírus , considerando elevado para o nível internacional, depois de tê-lo descrito como moderado por “erro de formulação”. Em seu relatório sobre a situação, a OMS indica que sua “avaliação de risco (…) não mudou desde a última atualização (22 de janeiro): muito alto na China, alto no nível regional e em todo o mundo”. Na prática, a alteração da nomenclatura não interfere em nenhuma mudança de protocolo da Organização.

Fonte: IG Saúde
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana