conecte-se conosco


Esportes

“A questão da Fórmula 1 não é política. É econômica”, diz Doria

Publicado

IstoÉ

Bolsonaro e Doria
undefined
Bolsonaro e Doria divergem sobre a mudança do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1

Em resposta ao presidente Jair Bolsonaro, que defendeu a transferência da Fórmula 1 de São Paulo para o Rio de Janeiro, o governador João Doria (PSDB) disse ao Estado nessa segunda-feira, 24, que a questão da Fórmula 1 “não é política”. “A questão da Fórmula 1 não é política. É econômica. Não é hora de eleição. É momento de gestão”, disse o tucano.

Leia também: Bolsonaro anuncia que GP do Brasil de Fórmula 1 será realizado no Rio em 2021

Bolsonaro disse nesta segunda-feira, 24, a jornalistas que Doria “parece que quer ser presidente” em 2022 e que por isso deveria pensar no Brasil “e não no seu estado”. “Não vai ter guerra, não, somos Brasil. A imprensa diz que ele será candidato à Presidência em 2022, então ele tem de pensar no Brasil. Se ele disputar a reeleição, aí ele pensa no seu Estado. Melhor ficar no Rio do que não ficar em lugar nenhum”, disse Bolsonaro. O contrato da Fórmula 1 com a capital paulista acaba no ano que vem.

Veja Também  Cruzeiro perde por 2 a 0 do Atlético-MG, mas avança às semis da Copa do Brasil
Interlagos
Divulgação
Prefeitura e estado confiam que GP de Fórmula 1 continuará sendo disputado em Interlagos

Nesta terça-feira (25), o governador tucano se reúne com os representantes do evento para discutir a renovação do contrato com a cidade de São Paulo .

O episódio reforça o afastamento gradual entre o governador paulista e o presidente, que foi apoiado por Doria na disputa presidencial do ano passado. Ambos são pré-candidatos ao Palácio do Planalto.

Leia também: “Eu fiquei realmente surpreso”, diz piloto Felipe Massa sobre autódromo do RJ

O presidente Jair Bolsonaro negou que a transferência do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 de São Paulo para o Rio de Janeiro vá gerar uma “guerra” entra as duas capitais. Para ele, a mudança está sendo negociada para garantir que a prova permaneça no Brasil.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook

Esportes

Sonhando com volta ao Barça, Neymar exalta Messi: “Fazíamos uma dupla genial”

Publicado

Lance

Messi e Neymar juntos no Barcelona arrow-options
AP
Messi e Neymar juntos no Barcelona

Ainda com dúvidas sobre sua permanência no PSG, Neymar é especulado no Barcelona. Em entrevista ao ‘Oh My Goals’, o atacante relembrou a dupla do Messi e disse que o argentino foi o melhor atleta com que jogou. Além disso, elogiou outros jogadores do Campeonato Espanhol, ressaltando que Vinícius Júnior é muito promissor e que pode ganhar a ‘Bola de Ouro’ e que Sérgio Ramos é o jogador mais difícil que já enfrentou. Confira os melhores trechos abaixo.

Leia também: Dupla com CR7? Pai de Neymar vai se reunir com a Juventus, diz jornal espanhol

DUPLA COM MESSI

Messi é o melhor atleta que já joguei. Para mim é o melhor do mundo e o melhor que vi jogar. Nós fazíamos uma dupla espetacular, genial. Para mim foi um prazer e honra jogar com ele, além disso é meu amigo”, elogiou Neymar .

SÉRGIO RAMOS

“O melhor jogador que já enfrentei foi Sergio Ramos , porque é um grande zagueiro e faz gols. É muito complicado enfrenta-lo. Também joguei contra Thiago SIlva. Os dois são muito bons”.

Veja Também  Palmeiras radical! Fomos conferir a tirolesa de 200 metros no Allianz Parque

Leia também: Barça faz oferta de R$ 422 mi por Neymar e oferece dois atletas ao PSG, diz TV

VINÍCIUS JÚNIOR

“É muito jovem e tem muitos anos pela frente. Creio que vai ser um jogador muito bom, um dos melhores. Vai lutar pela ‘Bola de Ouro’. Espero que consiga tudo que queira. É muito gente boa e merece tudo isso”, disse Neymar .

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Dunga revela que se arrependeu de ter feito as pazes com Alex Escobar

Publicado

Dunga arrow-options
Reprodução
Dunga xingou repórter da Globo ao vivo em 2010

O ex-jogador Dunga, capitão do tetracampeonato da seleção brasileira na Copa do Mundo de 1994, revelou que se arrependeu de ter feito as pazes com o apresentador Alex Escobar, da Rede Globo.

“Me arrependi (de fazer as pazes). Ele (Escobar) esteve no programa da Fátima Bernardes, e disse que enquanto a Holanda tava na praia, o Brasil tava enclausurado”, contou Dunga em entrevista ao canal ” Desimpedidos “.

O ex-técnico da seleção brasileira ainda completou dizendo que Alex Escobar , seu desafeto desde a Copa do Mundo de 2010, é um profissional tendencioso.

Leia também: Ex-técnico da seleção, Dunga revela truque de jogadores para serem escalados

“Só que ele errou as datas, porque na África do Sul com 10, 5 graus, ninguém vai na praia né? A Holanda ia na praia em 2014 (no Brasil) e não lá. Aí você vê como o profissional é tendencioso. Me arrependi. Gosto de tratar com as pessoas que são sinceras e mantém a palavra”, disparou.

Veja Também  Palmeiras radical! Fomos conferir a tirolesa de 200 metros no Allianz Parque

Questionado pelo apresentador do quadro, Bolívia, se o jornalista “continua sendo cagão”, em referência a frase dita pelo técnico na briga em 2010, Dunga respondeu: “Com certeza”. 

Assista a entrevista abaixo:


Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana