conecte-se conosco


Cuiabá

Salvar o Rio Cuiabá depende de esforço conjunto, afirma Pinheiro

Publicado

Luiz Alves

Aproximadamente 10 toneladas de lixo devem ser retiradas por mês do Rio Cuiabá. Essa é a estimativa da Prefeitura de Cuiabá a partir da implantação do serviço de coleta fluvial, lançado nesta segunda-feira (24).

Por meio Balsa Ecológica, a equipe de operação percorrerá o trecho, definido entre a Ponte Nova até o São Gonçalo Beira Rio, recolhendo diariamente todo tipo de material encontrado nas margens do rio.

“Salvar o Rio Cuiabá depende de um esforço em conjunto e essa etapa é fruto de um grande planejamento para a preservação do nosso maior patrimônio natural. É um processo que começou com investimento emergencial de R$ 228 milhões em saneamento básico, que estamos fazendo. Posteriormente, iniciamos a implantação das lixeiras subterrâneas. Melhoramos as condições da coleta domiciliar, com a entrega de 25 novos caminhões, que já estão atuando na cidade”, explica o perfeito Emanuel Pinheiro.

A quarta etapa é a partir da coleta fluvial. A balsa possui 7.20 metros de comprimento, 3 metros de largura e laterais com 1.10 metro de altura, com tela de uma polegada. Além disso, o piso é construído com chapa de aço e forrado com borrachão, garantindo a segurança aos coletores. A coleta será realizada por uma equipe formada por três servidores. De acordo com prefeito, a embarcação também será utilizada para o desenvolvimento de atividades ambientais educativas.

“Além do fator limpeza, essa balsa exercerá esse papel pedagógico. Quero sempre apresentar para a sociedade aquilo que é jogado indevidamente no rio e que estamos recolhendo. Infelizmente, em nossas ações retiramos televisores, cadeiras, sofás e outros tipos de materiais que são despejados no Rio Cuiabá. Não adianta somente cobrar da Prefeitura à limpeza e continuar jogando lixo de forma irregular”, enfatiza Pinheiro.

Veja Também  Passarela da Rodoviária começa a ser construída; obra garantirá fluidez e segurança

Conforme o secretário de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa, será feito um trabalho de parceria com a Secretaria de Educação, visando alcançar, prioritariamente, alunos das unidades municipais de ensino. Foi pensando dessa forma que milhares de crianças participaram da solenidade de lançamento da Balsa Ecológica.

“Todos nós devemos fazer a nossa parte, pois se isso não for feito de forma espontânea,0 teremos de fazer futuramente pela dor. Já desenvolvemos um trabalho de educação ambiental com nossas crianças e pretendemos ampliar esse trabalho. Vamos montar uma programação que ajude as crianças a se interessarem pela preservação do nosso meio ambiente”, comenta Stopa.

Para o diretor de Resíduos Sólidos, Anderson Matos, a entrega da Balsa Ecológica vem ao encontro das dezenas de ações de o Município já executa. “É mais uma atividade que vem para nos ajudar no trabalho de limpeza da cidade. Temos como grandes exemplo de sucesso o Mutirão de Limpeza e o Cata-treco, que foram experiências pioneiras, e agora a Prefeitura amplia esse conjunto de ações com a coleta fluvial”, pontua.

Veja Também  Prefeito anuncia reforma do mini estádio do Tijucal

A chegada da Balsa Ecológica integra as medidas exigidas no processo licitatório, finalizado em 2018, que resultou na assinatura de contrato com a Locar Gestão de Resíduos. Apesar do novo modelo de contrato estabelecer o pagamento mensal pela quantidade de resíduos coletados e não mais pelos maquinários disponibilizados, o Município tomou todas as providências necessárias para assegurar a chegada do equipamento.

A solenidade contou com a presença do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, do ex-deputado estadual João Malheiros, do presidente da Câmara Municipal, Misael Galvão, dos vereadores Adevair Cabral, Marcos Veloso, Dr. Xavier, Mario Nadaf, Orivaldo da Farmácia, Adilson da Levante, secretários municipais e lideranças de bairros. 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook

Cuiabá

Prefeitura realiza Mutirão da Limpeza no bairro Bela Vista

Publicado

Luiz Alves

Limpeza das vias, poda de árvores e manutenção na iluminação pública. Esses são alguns serviços que serão realizados no bairro Bela Vista, neste sábado (20). Localizada na região Leste da Capital, a comunidade será atendida pela Prefeitura de Cuiabá com o programa Mutirão da Limpeza. 

As atividades iniciam às 7h e seguem até às 11h. Durante este período, serão mais de 250 servidores atuando também com capinação, pintura de meio-fio e eliminação de bolsões de lixo. Além dos trabalhadores, a operação contará com todo maquinário necessário para garantir a execução do serviço completo na comunidade. 

Os moradores ainda contarão com o a oportunidade de fazer o descarte de materiais inservíveis, de maneira segura e dentro da lei, por meio do programa Cata-treco. A medida é considerada fundamental para evitar que objetos sem mais utilidade como sofás, geladeiras, fogões, dentre outros, sejam jogados em locais inapropriados e formem bolsões de lixo.

A orientação é que, antecipadamente, o cidadão faça a limpeza de seu quintal e já deixe esses materiais separados para o recolhimento.

Serviço:

Veja Também  Passarela da Rodoviária começa a ser construída; obra garantirá fluidez e segurança

Assunto: Realização do programa Mutirão da Limpeza

Local: Bela Vista

Horário: 7h às 11h

Data: 20 de julho, sábado

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Professores da rede pública de Cuiabá participaram do encontro nacional de Matemática

Publicado

Jorge Pinho

Cerca de 150 professores da rede pública municipal de Ensino participaram esta semana do 13º Encontro Nacional de Educação Matemática (ENEM), que teve como tema, a “Educação Matemática com as Escolas da Educação Básica: Interações entre pesquisa e salas de aula”. Dividido em três eixos, Práticas Escolares, Pesquisa em Educação Matemática e Formação de Professores, o evento teve como objetivo, contribuir para melhorar os processos de ensinar e de aprender matemática nas Escolas da Educação Básica do Brasil.

Cerca de 4 mil pessoas, entre estudantes, pesquisadores, professores, mestres e doutores no assunto compartilharam suas experiências, novos métodos de ensino da Matemática e participaram de uma feira com 74 experimentos selecionados, mostrando atividades diferenciadas e aplicações da Matemática para a Educação Especial, Educação Infantil, Ensino Fundamental, Médio e Superior.

Segundo Márcio Rodrigues que é professor da Unemat, e coordenador local do 13º Encontro Nacional de Educação Matemática, essa é a primeira vez que Mato Grosso sedia um evento de tamanha importância para a ciência, pesquisa, ensino, qualificação e aprendizado de novas tecnologias da Matemática. O encontro também marcou as comemorações dos 300 anos de Cuiabá.

“O encontro de educação em Matemática congregou professores da Educação Básica, alunos da graduação, pedagogia, e pesquisadores de todos os estados brasileiros. Também participaram mais de 15 países, entre eles, da América do Sul, a Argentina e a Venezuela, entre outros no que é o maior encontro sobre o assunto do Brasil”, disse ele anunciando que a próxima edição do evento, a 14º, já tem cidade escolhida, será em Natal, no Rio Grande do Norte, em 2022.

A Sociedade Brasileira de Educação Matemática é quem organiza todos os encontros. Sem fins lucrativos a entidade reúne professores das universidades para promover ações como essas. “Encontros como esses, servem para compartilhar experiências”, explicou Marcio Rodrigues avaliando que ao final, essa troca de conhecimentos, impacta positivamente no aprendizado das crianças.

Veja Também  Prefeitura participa de mutirão social que atendeu mais de 1,5 mil pessoas no Novo Colorado

O compartilhamento de experiências muda a prática de ensino da Matemática, por isso é importante que o professor da Educação Básica e o pesquisador, tenham esse tipo de contato, para balizar ações  do educador na sala de aula. “Nós como professores, quando fazemos o curso de graduação, saímos com uma única compreensão; devermos ser eternos aprendizes, para continuar aprendendo e levando sempre coisas novas para os alunos”, destacou Marcio Rodrigues.

Novas experiências

Para a professora Laura Izabel Marques Vasconcelos, da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Profª Maria Dimpina Lobo Duarte, a experiência foi válida, e serviu para renovar e aprender novos conceitos.  A professora falou sobre os cursos oferecidos na Feira da Matemática, que vão contribuir para melhorar a prática pedagógica. “Acabei de sair de uma oficina de soroban (ábaco japonês), onde aprendi as quatro operações, de forma muito significativa. Nossos alunos aprendem o material para fazer as atividades em sala de aula”, comentou a professora Laura.

Rosélia Lanague, professora na EMEB Dep. Ulisses Silveira Guimarães, formada em Matemática e Pedagogia, disse que a experiência foi importante para os profissionais da rede que puderam participar e mostrou nas oficinas, maneiras diferenciadas e lúdicas do aluno aprender. “O que levo daqui são inovações tecnológicas na área de Educação que complementam o meu conhecimento, melhorando e vão melhorar minha atuação em sala de aula”, concluiu a pedagoga.

Veja Também  Com mais de mil espécies, Feira das Orquídeas garante ração para animais da OPPA

A professora Juscelda Matana, que trabalha na graduação, pós-graduação e ensino fundamental, além de ser professora da rede, também se disse entusiasmada com as palestras. Para ela, o treinamento é único e um fato inédito para os professores em Cuiabá, não importando a profissão que o cidadão exerce, porque a matemática é fundamental na nossa vida. “Nós vivenciamos a Matemática a cada momento, a cada instante em nossas vidas, então devemos pensar no ensino da Matemática não só na escola”, disse ela.

A professora Cecilia Batista Campos, ensina a disciplina na rede básica e integra a equipe de formação da Secretaria Municipal de Educação de Cuiabá. Para ela, os debates e experiências foram importantes para formação dos professores, já que as tecnologias fazem parte da educação e da prática pedagógica. “Os ensinamentos aprendidos aqui vão enriquecer a pratica do professores e ajudar na metodologia em sala de aula”, terminou a docente.

Encontro

O Encontro Nacional de Educação Matemática é uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Educação Matemática, Regional Mato Grosso (SBEM), organizado pela Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), com apoio das prefeituras de Cuiabá e de Várzea Grande, por meio das secretarias municipais de Educação dos dois municípios. O evento foi aberto no domingo (14) e encerrado nesta quarta-feira (17).

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana