conecte-se conosco


Mulher

Como a ideia do guarda-roupa cápsula é um passo para aderir à moda consciente?

Publicado

Você já ouviu falar em guarda-roupa cápsula? O conceito geral surgiu na década de 70, com a estilista Susie Faux, de Londres, que acreditava em um armário composto apenar de peças atemporais e versáteis para dar confiança às mulheres em todos os momentos. Desde então, essa ideia se popularizou e ganhou outra perspectiva: a de sustentabilidade. 

Leia também: Como ser vegano além da alimentação? Entenda o que são os cosméticos verdes

guarda-roupa cápsula
Shutterstock
Ideia do guarda-roupa cápsula surgiu na década de 70 e voltou a ser debate pelas questões ligadas ao consumo consciente


Essa conexão entre o  guarda-roupa cápsula  e a ideia de consumo sustentável aconteceu ainda na década de 70, quando o movimento hippie começou a questionar os valores econômicos pós-Segunda Guerra Mundial e iluminar questões consideradas mais essenciais para a liberdade, como é o caso de usar apenas o necessário — indo na contramão do “fast fashion”. 

Em 1985, a designer norte-americana Donna Karan chego a levar uma cápsula de sete peças básicas combinadas entre si para as passarelas, mas o conceito só voltou a ser pauta há alguns anos, quando se falou de minimalismo e, novamente, sobre consciência na hora de consumir. 

A consultora de moda e estilo pessoal Natália Peric, que trabalha com a Metodologia da Cápsula, explica ao Delas que essa questão está tão em alta porque hoje há uma grande necessidade de sustentabilidade socioambiental. “Isso acontece não só no sentido de que não podemos mais destruir o planeta, mas também porque as pessoas voltaram a questionar muito os movimentos da moda tradicional, que é considerada por muitos uma moda fútil, superficial”, diz.

A morte do modelo Tales Cotta durante desfile da grife Också na São Paulo Fashion Week e as denúncias de trabalho escravo em oficinas de costura de diversas marcas conhecidas são alguns dos acontecimentos recentes que trouxeram esse debate novamente ao holofote. A partir disso, passou a se refletir sobre  a necessidade de continuar consumindo apesar das vidas afetadas e de questões ambientais para se ter “o look da moda “. 

Por que o guarda-roupa cápsula é uma prática sustentável?

guarda-roupa cápsula
Shutterstock
Guarda-roupa cápsula é uma ideia sustentável para evitar o consumo excessivo sem necessidade e de modo consciente

Segundo Natália, a técnica da cápsula é algo para se aplicar no dia a dia para um novo estilo de consumo consciente através da otimização do guarda-roupa. “É um armário mais conciso, mas enxuto e composto por peças mais clássicas, que fujam dos modismos”, explica. 

Veja Também  Saiba quais erros não cometer na primeira conversa em apps de relacionamento

O que importa, nesse caso, não é escolher muitos itens, mas ter roupas, sapatos e acessórios de melhor qualidade e que vão durar por mais tempo. O truque é olhar o que você já tem para montar suas próprias “cápsulas de looks” e a reutilização é o que torna a ideia sustentável. 

“A roupa que menos impacta no consumo é a que a gente já tem ou que já foram usadas. Quando você começa a buscar por peças de melhor qualidade, costuma encontrá-las no seu armário ou em brechós. Isso abre a possibilidade de usar peças que já foram produzidas, sem a necessidade de comprar novas”, diz. 

Porém, o elemento principal não é a roupa em si, mas a criatividade para multiplicá-la em mais de um look. “São poucos itens que geram muitos visuais difrentes e é assim que se reduz o consumo, porque você não precisa ficar comprando. Conseguir reinventar as peças já usadas supre o desejo e a necessidade de se ter coisas novas.” 

O guarda-roupa cápsula é um passo para a sustentabilidade na moda. Hoje em dia, já existem diversos movimentos que trabalham a questão do consumo consciente no Brasil, tanto ao passar conhecimento sobre temas, quanto ao incentivar a prática de troca de roupas que não são mais usadas, como é o caso do Fashion Revolution e do Projeto Gaveta. 

Mas, afinal, como aderir ao guarda-roupa cápsula?

guarda-roupa cápsula
Shutterstock
Antes de montar seu guarda-roupa cápsula é preciso analisar seu estilo de vida e conhecer seu próprio estilo e corpo

Fora do Brasil, o guarda-roupa cápsula ficou conhecido como uma técnica que te permite ter 37 peças e cápsulas que são trocadas de três em três meses, de acordo com a estação do ano. Entretanto, Natália afirma que não é preciso ser tão regrado assim e nem seguir exatamente o clima, já que em solo brasileiro isso não é tão bem delimitado. 

Assim, os primeiros passos para seguir a metologia é começar olhando tudo que você já tem no seu guarda-roupa e usar isso para conhecer o seu estilo. “Você precisa saber como é o seu estilo de vida, a sua realidade e demandas concretas. Além disso, é importante conhecer seu corpo: tipo físico e o que se sente bem usando”, indica. 

Veja Também  25 kg a menos! Aposentada impressiona e motiva web ao perder peso com 73 anos

Essa análise é feita antes mesmo de escolher as roupas que você quer manter no seu armário. “O problema de não conhecer seu estilo e querer só aplicar o método é que se você tira muitos itens para ficar com esse guarda-roupa mais conciso sem saber dessas questões e corre o risco de tirar peças que vai precisar depois.” 

Só depois, é hora de pensar em combinações diferentes, mas que ao mesmo tempo são fáceis. “A escolhas das peças é estratégica, então uma boa parte delas precisam ser mais básicas e atemporais, por um lado, e uma parte menor são as chamadas ‘peças de estilo’, que são mais diferenciadas, mas representam mais o estilo da pessoa”, explica Natália.

 guarda-roupa cápsula
Divulgação/Natália Peric
O guarda-roupa cápsula é composto por peças atemporais que podem ser mescladas entre si

Essas duas categorias de peças facilitam as combinações, já que você consegue usar os itens clássicos em diversos visuais sem perder de vista o que te deixa estilosa.

Então, você consegue montar pequenas “cápsulas de looks” com cerca de dez peças (seis roupas e quatro acessórios) que serão utilizados por algumas semanas, até você cansar. 

Para Natália, dez cápsulas, sendo duas por estação, uma para festas e outra com moda praia e esportiva, conseguem ser suficientes para brincar de ” ressignificar o olhar” , como ela mesma diz.

“A gente consegue multiplicar as roupas usando as peças que vemos todos os dias no armário de formas diferentes das que estamos acostumadas.” 

As últimas dicas são não ter medo de errar e criar um “banco de dados” com fotos dos looks que já usou, para facilitar na próxima vez que quiser algo mais prático. Ah, e não pense que só as mulheres que seguem um estilo minimalista vão se dar bem com a técnica. 

Por depender do que você já usa, o método funciona mais como um estilo de vida do que um estilo propriamente dito. É mais necessário ser criativo e ter vontade de trabalhar o próprio estilo, independente de qual é ele, do que esperar se vestir de uma determinada maneira. 

“Tem pessoas que buscam o minimalismo como estilo, mas a ideia do guarda-roupa cápsula é olhar para peças antigas como peças novas e encontrar formas diferentes de usá-las”, finaliza. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook

Mulher

Mulher conta como descobriu traição após marido se “interessar” por cavalos

Publicado

source

A inglesa Leanda Fearnley, de 32 anos, sempre adorou equitação e tem verdadeiro fascínio por cavalos. Foi durante um evento equestre, inclusive, que ela conheceu Mark, seu ex-noivo. Em um desabafo publicado no jornal The Sun , a mulher revelou os detalhes de seu relacionamento com ele e falou sobre a dor que sentiu ao descobrir a traição do homem.

Leia também: Mulher revela traição com homem 11 anos mais velho: “Melhor sexo da minha vida”

mulher descobre traição do noivo com uma das melhores amigas arrow-options
Reprodução/Facebook/Leanda Fearnley
Leanda Fearnley e Mark estavam juntos há 16 anos quando ela descobriu a infidelidade do parceiro

Apesar de estar no evento sobre cavalos, Mark não gostava e nem tinha interesse em equitação, estava lá apenas para ajudar na organização. Por isso, quando o homem começou a apreciar do hobby da companheira e a querer acompanhá-la em todas as ocasiões, ela ficou feliz. A alegria, entretanto, logo deu lugar a uma desconfiança, seguida pela frustração de descobrir a traição . Aliás, uma traição dupla.

Como tudo começou

“Andar a cavalo era a minha vida. Eu participava de eventos de salto na maioria dos fins de semana desde pequena e, nos últimos 14 anos, incomodava meu noivo Mark para me ver competir. Então, de repente, não conseguia afastá-lo [dos eventos equestres]”, inicia Leanda.

A inglesa reforçou que desde quando conheceu o ex-noivo ele era um “cavalheiro perfeito”, e isso a fez imaginar que deveria passar a vida inteira com o homem. “Assim que ele me pediu em noivado, eu disse que sim, mas os planos de casamento foram suspensos quando descobri que estava grávida e, 14 anos e quatro filhos depois, ainda não tivemos tempo para casar”, explica ela. “Não importava, eu adorava nossa família caótica, mas amorosa”, acrescenta.

Leanda continua o relato afirmando que ela e Mark sempre discutiam sobre as competições equestres. “Ele pensava que eu passava muito tempo com meus cavalos, enquanto eu apenas desejava que ele me apoiasse”, confessa a mulher.

Veja Também  Jovem quase termina com namorado após ver “foto da ex” debaixo de travesseiro

“Por isso, achei estranho quando Mark mudou completamente de ideia e insistia em acompanhar todos os meus eventos. Não consegui explicar o interesse repentino, mas não estava reclamando. Fiquei feliz com a ajuda e isso significava que passaríamos mais tempo juntos como casal “, declara.

O então companheiro se dedicava tanto a ajudar a parceira que chegou a trocar de carro para ficar mais fácil de se locomover com os cavalos. “Com meu cavalo, Lady, a bordo e em segurança, fomos até a casa da minha amiga Claire* para buscá-la e viajar juntos para um evento. Quando vi Mark dar um tapinha no bumbum de Claire um dia, eu sabia que algo estava acontecendo”, constata a inglesa.

Leanda e Claire se conheceram nos estábulos e a amizade entre elas foi marcada pela paixão em comum por cavalos, e não demorou para que a dupla passasse a sair junto e até a “dividir garrafas de vinho”.

A mulher enfatiza que tentou ignorar o “tapinha” que Mark deu na amiga, mas ficou cada vez mais difícil. “Eu disse a mim mesma para parar de ser boba. Era bom que eles estivessem próximos e, além disso, Claire era casada”, relembra. Além disso, ela recorda que, ao ser confrontado, Mark disse pensar que era ela ao invés de Claire.

“Estava na hora de virar detetive”, diz Leanda

mulher descobre traição do noivo com uma das melhores amigas arrow-options
Reprodução/Facebook/Leanda Fearnley
Leanda decidiu parar de ignorar sua intuição e investigou o Facebook do parceiro

Leanda decidiu parar de ignorar “a sensação desconfortável” que tinha. “Pensei em todos os pequenos olhares, no interesse repentino de Mark por cavalos”, diz. Com isso, ela ficou determinada: “Estava na hora de virar detetive”.

“Eu esperei Mark sair uma noite, antes de invadir sua conta do Facebook . Meu coração acelerou no meu peito quando meus piores medos foram confirmados e eu rolei através de mensagens explícitas entre ele e Claire”, afirma a inglesa no texto de desabafo. “Eu até vi uma foto deles abraçados juntos em um sofá”, comenta.

Veja Também  Quais as preocupações das mulheres e dos homens nos apps de relacionamento?

No meio do bate-papo entre os dois, ela encontrou uma informação que a deixou ainda pior. “Nada poderia ter me preparado para a mensagem que Mark enviou a Claire, tentando terminar o caso deles. ‘Mas eu não quero desistir dos últimos três anos’, Claire enviou de volta”, lembra Leanda.

Nervosa ao constatar a traição dupla, a mulher relata que correu para fora da casa decidida a confrontar o então parceiro. Um vizinho, no entanto, a ouviu e se comoveu com a situação. Com isso, ela voltou para casa e ligou para o homem.

Assim que disse saber de tudo, a inglesa indagou ao telefone: “Como você pôde?”. Ao enviar para ele todas as mensagens “incriminadoras” que encontrou no Facebook, Mark não titubeou em pedir outra chance.

Ela, então, pensou melhor e escolheu acatar ao pedido. “Passamos tanto tempo juntos e, pelo bem de nossos quatro filhos, decidi que deveríamos reatar nosso relacionamento”, destaca. “Mas não consegui superar a traição de Mark. A confiança foi quebrada e, alguns meses depois, em 2017, nos separamos para sempre”, conta Leanda.

Leia também: Após traição, mulher briga com família e se casa com amante: “Não me arrependo”

O The Sun também publicou uma declaração de Mark, que confessou ter traído Leanda. “Sim [eu me sinto mal pelo que aconteceu, com Leanda sendo a melhor amiga de Claire]”, diz uma parte da nota. Como se isso não fosse o suficiente, ele ainda pede à ex-noiva: “Você pode me devolver o anel?”.

A inglesa conta que, após terminar com o homem, ele assumiu um relacionamento com Claire e o casal está junto desde então. “Ainda não acredito que ele trocou nossos 16 anos juntos por ela, mas estou melhor sem eles”, finaliza Leanda Fearnley sobre a traição .

*Claire é um nome fictício

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

25 kg a menos! Aposentada impressiona e motiva web ao perder peso com 73 anos

Publicado

source

Joan MacDonald, de 73 anos, costumava descontar na comida as dificuldades que passava em seu casamento. A aposentada de Ontário, no Canadá, começou a ter problemas de saúde e tomava remédios para controlar a hipertensão, o colesterol alto e o refluxo gástrico, além de sofrer com artrite. Cansada do estilo de vida que levava, Joan estava decidida a perder peso e buscar qualidade de vida.

Leia também: Tchau, flacidez! 4 exercícios físicos para tonificar os braços após os 50 anos

25 kg a menos! Aposentada impressiona e motiva web ao perder peso com 73 anos arrow-options
Reprodução/Instagram/@trainwithjoan
Em sua página no Instagram, Joan compartilha com os internautas os resultados da dieta e dos exercícios que faz

Para dar início a novos hábitos, a mulher contou com a ajuda da filha, Michelle MacDonald, e do genro, Jean-Jacques Barrett. Ela passou a treinar na academia quatro vezes por semana e fez reeducação alimentar. Além disso, com o objetivo de ajudar na jornada da mãe para perder peso , Michelle criou uma página no Instagram para compartilhar as atualizações no shape da aposentada.

A teimosia era maior do que a vontade de desistir

Aposentada impressiona e motiva web ao perder peso com 73 anos arrow-options
Reprodução/Instagram/@trainwithjoan
A canadense reforça que pensou em “jogar a toalha”, mas sua teimosia era maior. Agora, ela acolhe os frutos do esforço

Em sete meses com a nova dieta e exercícios físicos constantes, Joan deu adeus a 25 kg ao ir de 89 kg para 64 kg. “Às vezes eu chorava, pronta para jogar a toalha, mas felizmente eu era teimosa demais”, diz a mulher ao site Metro .

Além de um corpo definido, o novo estilo de vida propiciou uma melhora significativa na saúde da aposentada, que agora não precisa mais tomar medicamentos. “O que realmente me ajudou foi que eu estava bem em ir devagar e levar no meu tempo. Essa jornada fitness, sem dúvida, melhorará cada vez mais minha qualidade de vida à medida que eu envelhecer. Sou muito grata por isso”, reforça ela.

Veja Também  Pouco tempo e pouca grana: mulher consegue emagrecer 50 kg em casa; se inspire

Leia também: Pouco tempo e pouca grana: mulher consegue emagrecer 50 kg em casa; se inspire

A reeducação alimentar fez a canadense trocar as torradas com geleias, os sanduíches, os doces e o chocolate por ovos, queijo, carne, legumes, leite de coco, frutas, smoothies e saladas.

Segundo ela, tudo isso vale a pena, e as pessoas também notam que sua autoconfiança aumentou. A mulher relata que seu visual atrai a atenção de homens mais jovens e, além disso, seu marido também a elogia bastante. “Mudou a maneira como me sinto sobre mim mesma. As pessoas na minha academia elogiavam as mudanças que viam em mim”, conta.

Em sua página no Instagram, a aposentada já acumula mais de 85 mil seguidores, que adoram as postagens dela e se motivam com a determinação da mulher. Comentários como “você é minha inspiração” e “você dá esperança a muitas mulheres” são facilmente encontrados na rede social.

Veja Também  Jovem quase termina com namorado após ver “foto da ex” debaixo de travesseiro

Leia também: Como ter um bumbum lindo depois dos 50? Confira dicas e 5 exercícios físicos

Apesar de reconhecer que perder peso e mudar completamente seus hábitos não fazem parte de uma missão fácil, Joan destaca que um dos segredos é não esperar que “milagres” aconteçam.

“Vá devagar e com firmeza, mas continue no caminho. Para quem prefere um desafio, vá a uma academia e, se possível, consiga um personal trainer, alguém que também possa ajudar com a comida, e você obterá resultados mais rápidos”, aconselha.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana