conecte-se conosco


Várzea Grande

“Amigas Empreendedoras” participam de concurso de gastronomia

Avatar

Publicado

O projeto tem a finalidade de integrar, socializar e capacitar mulheres no município

Com o objetivo de promover transformação e inclusão social por meio da gastronomia, o projeto “Amigas Empreendedoras” promoveu o 1° concurso “Gastronomia”, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), do Cristo Rei, nesta quarta-feira (19). O evento reuniu 50 participantes de duas regiões – Bairro Cristo Rei e Construmat – oficinas do curso de culinária. Na oportunidade, as integrantes demonstraram conhecimentos adquiridos ao longo do semestre e apresentaram dois cardápios próprios – arroz colorido e rocambole de carne moída e risoto de abobrinha com arroz colorido.

A secretária de Assistência Social, Flávia Omar disse que o projeto capacita, integra e socializa as mulheres das comunidades carentes do município. Também se trata de um trabalho que desenvolve atividades de fortalecimento dos laços familiares, envolvendo as mães de famílias nas oficinas de capacitação.

“O aprender é um processo contínuo, é a abertura do conhecimento. E o curso de culinária é um aprender infinito. Você aprende as relações humanas ao cozinhar. A cozinha é um elemento de integração social. Este concurso é uma mostra das políticas públicas de empoderamento feminino empregadas com resolutividade na economia doméstica”, frisou Flávia.

De acordo com a coordenadora do projeto, Bernadete Miranda, a atividade é voltada para mulheres envolvidas no projeto que tenham interesse de trabalhar no setor. “O curso tratou de assuntos como eco gastronomia, onde as alunas compreenderam a cadeia de valor do alimento; e empreendedorismo, que trouxe todas as informações para que as integrantes possam criar seu próprio plano de carreira profissional”.

A turma qualificada já está amadurecendo ideias de possíveis negócios para quando o curso terminar. Elas se reúnem para testar as receitas e discutir alternativas para colocar em prática o que aprenderam. Laurice Gomes de França, 54 anos, moradora da Cohab Jayme Campos, não vê a hora de começar a atuar na gastronomia. Para ela, a área está crescendo muito e vai ao encontro de um sonho pessoal.

“Estou vendo uma ótima oportunidade de me reintegrar ao mercado nessa função. O curso está sendo ótimo para todas nós. A estrutura, o material, a didática, tudo é maravilhoso. Estamos até pensando em montar uma cooperativa, fazer vendas pela internet e também fazer lanches para eventos e reuniões”, explicou.

A Secretaria de Assistência Social de Várzea Grande desenvolve o projeto “Amigas Empreendedoras” desde julho de 2015 no município, no decorrer de sua implantação, cerca de 5 mil mulheres receberam qualificação em oficinas profissionalizantes. O projeto de Responsabilidade Socioassistencial tornou referência para outros municípios e alavancou exitosamente nas comunidades, além de gerar renda acessória para as mulheres várzea-grandenses e familiares.

O projeto tem como objetivo proporcionar às mulheres de baixa renda e em situação de vulnerabilidade social, a oportunidade para gerar renda com perspectiva de inserção no mercado de trabalho e empoderamento feminino.

Comentários Facebook

Várzea Grande

Termina hoje (27) o prazo para pagamento do alvará com desconto de 20% ; amanhã (28) segue desconto de 10% ou parcelamento

Avatar

Publicado

Termina hoje, dia 27, o prazo para o pagamento à vista com desconto de 20% para o pagamento do alvará 2020 de Várzea Grande. A partir de amanhã, os contribuintes adimplentes com a taxa e que quiserem efetuar o pagamento do exercício 2020 em cota única, terão apenas o benefício de 10%.

Assim como no ano passado, o pagamento da Taxa de Licença para Localização e Funcionamento de Estabelecimento de Produção, Comércio, Indústria e Prestação de Serviços (Alvará), referente ao atual exercício financeiro, poderá ser efetuada com descontos – de 20% ou de 10% em cota única – ou ainda, parcelado em até três vezes. Essa estratégia de antecipar o vencimento do tributo municipal foi adotada em 2019 e muito bem recebida pelos empresários e microempreededores várzea-grandenses e contribuiu para movimentar o Tesouro Municipal no primeiro mês do ano.

Em 2019, o Alvará representou cerca de 12% de toda a arrecadação em receita própria do Município até novembro.

A Lei Complementar N.º 4.566/2019 fixa as seguintes condições: Em cota única: 1º vencimento até 27 de janeiro de 2.020, com desconto de 20% (vinte por cento) somente para as inscrições econômicas que não possuam débitos em aberto. Em 2º vencimento a data limite é até 27 de fevereiro de 2.020, com desconto de 10% (dez por cento) somente para as inscrições econômicas que não possuam débitos em aberto.

Na opção ‘parcelado’, o tributo perde o benefício do desconto, mas pode ser pago em até três parcelas mensais e consecutivas. Nessa condição, o pagamento da 1ª parcela deve ocorrer até 27 de fevereiro de 2.020, sendo que nenhuma parcela poderá ser inferior ao valor equivalente a 05 (cinco) Unidade Padrão Fiscal (UPF) do município de Várzea Grande. Em valores atuais, o mínimo por parcela deve superar R$ 151,40, já que cada UPF equivale a R$ 30,28. As outras duas parcelas terão vencimentos em 27 de março e 27 de abril, respectivamente.

“Até o ano passado, por exemplo, o Alvará nunca havia sofrido alterações na forma de pagamento. Para o exercício 2019 inovamos ao conceder duas datas distintas de pagamento em cota única e com descontos atrativos, bem como, de maneira inédita, flexibilizar a quitação por meio de parcelamentos mensais. Essa estratégia foi um sucesso, manteve o caixa movimentado, e assim, conservou o ritmo dos investimentos pela cidade”, explica a prefeita Lucimar Sacre de Campos. A Lei Complementar N.º 4.566/2019 traz todas as condições relativas ao tributo e está publicada no Diário Oficial Eletrônico dos Municípios do dia 19 de dezembro de 2019.

Como explica a secretária de Gestão Fazendária, Lucinéia dos Santos, o Alvará em 2020 poderá ter a guia de pagamento emitida por meio do site institucional da prefeitura, bem como, o certificado para o atual exercício também poderá ser impresso pelo contribuinte, via site, e então poderá, de forma ágil e segura, ser afixado pelo empresário em local visível.

“A emissão do certificado do Alvará, que pode ser feita via internet pelo próprio contribuinte, deverá estar permanentemente em lugar visível, no estabelecimento do contribuinte”, reforça a secretária.

Por: Marianna Peres – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Comentários Facebook
Continue lendo

Várzea Grande

Prefeita Lucimar Campos recebe festeiros e bandeira de São Sebastião no Paço Municipal

Avatar

Publicado

Servidores municipais de Várzea Grande iniciaram a semana recebendo as benções de São Sebastião. Na manhã de hoje (21), festeiros e devotos do santo iniciaram a jornada da bandeira pela cidade. A passagem da bandeira pelo Paço Municipal foi recepcionada e acompanhada pela prefeita Lucimar Sacre de Campos, secretários municipais e servidores.

A passagem da bandeira abriu os festejos em devoção ao santo, por meio da 35ª festa de São Sebastião, que segue até o dia 26 de janeiro, próximo Domingo. Acompanharam a passagem da bandeira no gabinete municipal os padres Marcos Daniel Pereira e diácono Felipe Santos e os festeiros que são rei e rainha dessa edição da festa.

Dia 20 de janeiro é dia do santo, considerando um santo forte, batalhador e guerreiro. “O santo é uma fortaleza e reflete tudo aquilo que nós precisamos nos tempos atuais, de muitas lutas e transformações que desejamos para a nossa cidade, e com muita fé em Deus e nos santos conseguimos empregar e desenvolver nossos objetivos e metas, por uma cidade melhor para todos. Esta é minha missão dada por Deus. Acredito em tempos melhores para a nossa cidade, com crescimento socioeconômico”, disse a prefeita Lucimar.

Durante a passagem da bandeira pelo gabinete da prefeita Lucimar, o padre Marcos Daniel fez questão de destacar os méritos de São Sebastião que nunca deixou de ser um cristão convicto e ativo. Fazia de tudo para ajudar os irmãos na fé, procurando revelar o Deus verdadeiro. “Na Fé de Deus é que impera as nossas vidas, somos seres movidos pela Fé, o exemplo de São Sebastião é seguido por milhares de cristãos, que são devotos a este santo, de fé incomensurável”.

A bandeira passou de sala em sala e foi abençoando cada servidor devoto do santo ou da fé católica. Durante este período da passagem da bandeira, os grupos saem em jornada, a pé, batendo na porta das casas e estabelecimentos da cidade aos sons de instrumentos musicais e apresentam a bandeira do santo cristão ao som de cantos e versos tradicionais, até o dia da grande festa no dia 26 de janeiro, que inicia desde as 6:30 horas da manhã, com a Santa Missa, seguida as 9 h de procissão, e após o almoço em confraternização, com churrasco, música ao vivo e sorteios.

HISTÓRICO – O nome São Sebastião deriva do grego sebastós, que significa divino. Originário de Narbonne, e cidadão de Milão, foi um mártir e santo cristão, morto durante perseguição levada a cabo pelo imperador romano Diocleciano.

São Sebastião nunca deixou de ser um cristão convicto e ativo. Fazia de tudo para ajudar os irmãos na fé, procurando revelar o Deus verdadeiro aos soldados e aos prisioneiros. Secretamente, Sebastião conseguiu converter muitos pagãos ao cristianismo. Até mesmo o governador de Roma, Cromácio, e seu filho, Tibúrcio, foram convertidos por ele.

Sebastião foi denunciado, pois estava contrariando o seu dever de oficial da lei. Teve, então, que comparecer ante o imperador para dar satisfações sobre o seu procedimento. O imperador se queixou de que tinha confiado nele, esperava dele uma brilhante carreira e a sua conduta branda para com os prisioneiros cristãos era inaceitável. Portanto, o imperador o julgou como traidor e ordenou a sua execução por meio de flechas e mesmo assim, não negou a sua fé.

Amarrado a um tronco, foi varado por flechas, na presença da guarda pretoriana. Foi dado como morto e atirado no rio, porém, Sebastião não havia falecido. Encontrado e socorrido por uma viúva chamada Irene (futura Santa Irene) que retirou as flechas do peito de Sebastião e o tratou.

Assim que se recuperou, demonstrando muita coragem, se apresentou novamente diante do Imperador, censurando-o pelas injustiças cometidas contra os cristãos, acusando-o de inimigo do Estado. Perplexo com tamanha ousadia, Diocleciano ordenou que os guardas o açoitassem até a morte. O fato ocorreu no dia 20 de janeiro de 288, por isso comemoramos seu dia nesta data. Acabou sendo morto transpassado por uma lança. São Sebastião foi um dos soldados romanos mártires e santos, cujo culto nasceu no século IV e que atingiu o seu auge na Baixa Idade Média, designadamente nos séculos XIV e XV, tanto na Igreja Católica como na Igreja Ortodoxa.

Por: Da Redação – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana