conecte-se conosco


Carros

Toyota Corolla ganha novo hotsite que confirma o visual europeu

Publicado

Toyota Corolla
Divulgação
Novo hotsite da próxima geração do Toyota Corolla. Modelo será fabricado em Indaiatuba (SP)

Quando a nova geração do Toyota Corolla foi mostrada há alguns meses no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, a camuflagem ainda escondia sua dianteira. Isso acabou gerando algumas dúvidas, uma vez que o modelo adota identidades visuais completamente diferentes, dependendo do mercado. Com o lançamento do novo hotsite, a Toyota finalmente confirma que o sedã nacional terá a dianteira do modelo europeu.

LEIA MAIS: Segredo! Honda Civic renovado será lançado no segundo semestre

O lançamento do Toyota Corolla híbrido é um grande sonho para a marca japonesa. Desde 2016, a fabricante vem utilizando unidades do Prius para testar o novo conjunto mecânico, o primeiro em todo o mundo que pode beber tanto gasolina quanto etanol. De acordo com a Toyota, o motor 1.8 híbrido flex tem um dos mais altos potenciais de compensação e reabsorção de emissão de CO2, desde a extração da cana-de-açúcar, passando pela chegada do etanol aos postos de abastecimento e também pela queima do combustível no motor.

Todos os componentes que entram em contato com o combustível, como mangueiras, bomba de combustível, bicos injetores e velas, precisam ser substituídos. Vale lembrar que o combustível de cana-de-açúcar é mais corrosivo que a gasolina. Outra questão é o sistema de partida a frio.

LEIA MAIS: Citroën faz 100 anos com versões especiais para C3, Aircross, Cactus e Lounge

Veja Também  VW Golf nacional desvaloriza mais do que o importado, aponta estudo

Adaptações no Toyota Corolla

Atualmente, veículos dispensam o inconveniente tanquinho de partida a frio pelo sistema de pré-aquecimento. Em um carro convencional, o aquecimento funciona uma vez a cada ciclo de uso. No caso do Prius flex – que liga e desliga o motor a combustão com frequência – foi necessário desenvolver um sistema de injeção exclusivo. Um propulsor 2.0 de 170 cv também está confirmado – este bebendo apenas gasolina.

LEIA MAIS: Volkswagen lança versão mais potente do Jetta, com motor 2.0 de 230 cv

Vale lembrar que o seu principal rival, o Honda Civic, também irá mudar no segundo semestre para acompanhar as mudanças do Toyota Corolla . Por outro lado, será apenas uma reestilização básica para refrescar a décima geração do sedã.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook

Carros

Os carros mais vendidos de cada marca no 1º semestre

Publicado

Motor Show

1 – Chevrolet: Onix – 116.906 unidades

Chevrolet Onix branco arrow-options
Divulgação
Hatch compacto da GM vai se tornar o carro mais vendido no Brasil pelo quinto ano consecutivo em 2019

O hatch compacto somou 116.906 emplacamentos no 1º semestre de 2019. Quase três vezes mais do que o 2º colocado do fabricante, o sedã Prisma (40.846).

LEIA MAIS: Conheça os 5 carros mais procurados para compra na internet

2 – Volkswagen: Gol – 38.303 unidades

VW Gol 1.6 vermelho arrow-options
Divulgação
Volkswagen Gol já foi campeão de vendas por 27 anos seguidos e ainda mantém bom fôlego nas vendas

O Polo (32.025) pode até ser o hatch mais recente da marca no Brasil. Mas fica apenas na 2ª colocação no ranking dos Volkswagen mais populares, perdendo para o veterano Gol (38.303)

3 – Fiat: Strada – 36.310 unidades

Fiat Strada verde arrow-options
Divulgação
Fiat Strada vai receber mudanças no ano que vem e continua bem nas vendas num segmento que tem só três integrantes

Por uma margem de menos de 100 carros, a picape leve Strada (36.310) superou o hatch Argo (36.211) como o mais vendido da marca italiana no Brasil

4 – Renault: Kwid – 40.520 unidades

Renault Kwid branco arrow-options
Divulgação
Renault Kwid passou a ser bem aceito no Brasil, levado pelo preço e pela economia de combustível no dia a dia

Um dos modelos mais acessíveis do mercado brasileiro, o Kwid somou 40.520 emplacamentos na primeira metade de 2019. Quase o dobro do Sandero, que somou 22.366 unidades emplacadas no mesmo período.

Veja Também  Conheça 5 novos micos do mercado que você não deve comprar em 2019

5 – Ford: Ka Hatch – 50.547 unidades

Ford Ka branco arrow-options
Roberto Assunção
Ford Ka recebeu retoques bem discretos no desenho na linha 2019, mas não deverá receber novidades em breve

Modelo de entrada da marca do oval no Brasil, o Ka Hatch (50.647) lidera com folga para o segundo colocado da Ford, o Ka Sedan (22.886).

LEIA MAIS: Fiat Argo tem alta de 34,5% nas vendas e fica no top 5. Veja ranking do mês

6 – Toyota: Corolla – 26.084 unidades

Toyota Corolla prata arrow-options
Divulgação
Toyota Corolla se mantém líder de vendas entre os sedãs médios com larga margem de vantagem

Sedã médio mais vendido do Brasil, o Corolla (26.084) ficou com o posto mais alto no ranking da marca, com a picape Hilux (19.810) em 2º.

7 – Hyundai: HB20 – 52.995 unidades

Hyundai HB20 cinza arrow-options
Divulgação
Atual geração foi um grande sucesso de vendas. A nova chega em outubro, com várias mudanças importantes

Více-líder do ranking geral no acumulado do ano até junho, o hatch HB20 somou 52.995 emplacamentos. A 2ª colocação ficou com o SUV compacto Creta (24.247)

Veja Também  Ford terá novo SUV híbrido na Argentina que poderá vir ao Brasil

8 – Honda: HR-V – 23.696 unidades

Honda HR-V branco arrow-options
Divulgação
Honda HR-V ganhou a nova versão Touring, com motor 1.5 turbo como principal novidade em 2019

Mesmo não sendo o modelo mais acessível da marca japonesa no Brasil, o SUV compacto HR-V (23.696) foi o mais emplacado da empresa. A 2ª posição ficou com o sedã médio Civic (13.584).

9 – Jeep: Renegade – 33.048 unidades

Jeep Renegade branco arrow-options
Divulgação
Jeep Renegade 2019 surpreende em 2019 e fica na liderança entre os SUVs compactos no Brasil

A marca americana de utilitários tem dos modelos no top 10 do ranking geral do 1º semestre. O Renegade fica na ponta com 33.048 emplacamentos. Já o Compass somou 28.033 unidades emplacadas.

10 – Nissan: Kicks – 25.826 unidades

Nissan Kicks branco arrow-options
Divulgação
O Nissan Kicks consegue uma boa posição entre os SUVs compactos e a liderança de vendas dentro da marca japonesa

O SUV compacto Kicks (25.826) vendeu 2,5 vezes mais unidades do que o 2º colocado da Nissan por aqui, o sedã compacto Versa (10.107).

11 – Citroën: C4 Cactus – 7.754 unidades

Citroën C4 Cactus azul arrow-options
Divulgação
Citroën C4 Cactus não faz muito sucesso entre os SUVs compactos, mas é o carro mais vendido da marca hoje em dia

SUV compacto da marca francesa, o C4 Cactus (7.754) é o único modelo da marca francesa a aparecer no top 50 de emplacamentos do semestre. O 2º colocado foi o hatch C3 (1.944).

12 – Mitsubishi: L200 – 4.867 unidades

Mitsubishi L200 marrom arrow-options
Divulgação
Mitsubishi L200 Triton Sport 2019 é modelo mais vendido da marca japonesa, concentrada dos utilitários

A picape média L200 (4.867) foi o modelo mais emplacado da marca japonesa. A 2ª colocação ficou com o SUV ASX (1.659).

13 – Peugeot: 2008 – 3.942 unidades

Peugeot 2008 branco arrow-options
Divulgação
Peugeot 2008 recebeu retoques no desenho como principal novidade na linha 2020 para ganhar apelo nas vendas

Recém-reestilizado, o Peugeot 2008 (3.942) ficou na frente do hatch 208 (3.148).

14 – Chery: Tiggo 2 – 3.035 unidades

Chery Tiggo 2 prata arrow-options
Divulgação
Tiggo 2: o destaque entre os carros chineses do Brasil atualmente é fabricado pela Caoa Chery.

O Tiggo 2 (3.035) ainda é o modelo mais vendido da empresa no semestre, seguido pelo maior Tiggo 5X (2.808).

LEIA MAIS: Veja os 5 lançamentos que mais gostamos de dirigir na 1ª metade do ano

15 – Mercedes-Benz: GLA – 1.331 unidades

Mercedes GLA azul arrow-options
Divulgação
Mercedes-Benz GLA fabricado no Brasil é o carro mais vendido da Mercedes no País, prestes a mudar de geração

Com boa parte das versões montadas em Iracemápolis (SP), o SUV GLA (1.331) foi o mais emplacados da marca alemã no período. A 2ª posição ficou com o Classe C (497).

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Carros

VW Gol GT, Escort XR3 e Monza SR: Fizemos um comparativo dos anos 80

Publicado

VW Gol GT arrow-options
Renato Bellote/iG
VW Gol GT, Ford Escort XR3 e Chevrolet Monza SR. Qual você prefere? Cada um deles se destaca em algo

Evidente por esportivos como o VW Gol GT, a década de 80 está na moda. Na verdade é um ciclo que vai se repetindo. Acredito que os veículos colecionáveis terminem nos anos 90, em termos de carros nacionais, com algumas exceções. Mas os sonhos de consumo do mercado – sem dúvida nenhuma – vão exatamente até essa época.

LEIA MAIS: Aceleramos o icônico Toyota Supra, de segunda geração. Assista ao vídeo

Hoje reunimos três esportivos brasileiros que faziam muita gente sonhar alto: o VW Gol GT , o Ford Escort XR3 e o Chevrolet Monza SR . E ainda ficaram faltando mais dois que colocaria nessa lista: o Passat GTS Pointer, meu preferido, e o Uno 1.5 R, bem acertado com câmbio curto e um estilo visual bastante chamativo, com especial atenção para as rodas.

Os três mosqueteiros

O Gol GT chegou ao mercado em 1984. Trazia um estilo agressivo, faróis de longo alcance e as rodas que marcaram época. Além disso o motor de 1,8 litro, com destaque para o comando de válvulas do Golf GTI, fazia dele o mais divertido de guiar.

LEIA MAIS: Opala Diplomata: exemplar zerado de 1992 traz apenas 70 mil km

Veja Também  Toyota SW4 e Hilux 2020 estreiam com novos itens de segurança

O Escort é um carro mundial da Ford. E foi lançado no Brasil em 1983. A versão XR3 chegaria no ano seguinte conquistando o público pelo apelo estético. Sem dúvida é o mais chamativo dos três, com destaque para o teto-solar e os lavadores de faróis, um charme à parte onde quer que acionasse o sistema.

O Monza S/R era até um pouco discreto perto dos dois. Ele chegou às concessionárias em 1985. Porém trazia um conjunto superior, com esportividade e conforto. Equipamentos como vidros, travas, antena e retrovisores elétricos eram seus diferenciais.

LEIA MAIS: Ford Corcel GT: o esportivo no estilo nacional

Além disso o motor de 1,8 litro entregava 106 cv e o ronco não foi esquecido. Para resumir as sensações podemos dizer que o XR3 chama a atenção pelo estilo, volante de pequeno diâmetro e acerto visual. Já o Monza S/R tem o conjunto mais equilibrado, com esportividade e comodidade.

E o VW Gol GT é o mais nervoso do trio, com repostas mais rápidas, o ronco instigante do escapamento Kadron e a cor vermelha. Reunir esses três carros foi algo realmente divertido. Mais do que um comparativo a ideia de juntar clássicos inesquecíveis da época marcou a razão principal da gravação: a nostalgia. Em breve teremos mais algumas matérias duplas e triplas. Fique ligado!

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana