conecte-se conosco


''TRAGÉDIA NO AR''

Marido flagra conversa de mulher com amante, segue até encontro e mata o ‘Ricardão’ com facadas – VEJA VÍDEO

Publicado

Romário Silva, 30 anos, foi preso suspeito de matar o jovem Renan Fernando Zabot, de 21 anos, no município de Ipiranga do Norte. A vítima foi assassinada a facadas no último domingo (16). Após o crime, o suspeito fugiu para o estado do Maranhão, onde foi preso nessa quarta-feira (19). De acordo com o delegado Nilson Farias, responsável pelas investigações, o crime teve motivação passional. Romário, após descobrir uma suposta traição da esposa, foi à casa de Renan e o matou a facadas, segundo a polícia. A esposa do suspeito também estava no imóvel quando o crime ocorreu.

Após o homicídio, o casal fugiu para o Estado do Maranhão. Conforme as investigações, no último domingo, a esposa do suspeito disse que iria ao trabalho. Porém, o marido leu uma troca de mensagens íntimas e descobriu que a mulher se encontraria pela primeira vez com o suposto amante na casa dele. Ao chegar na residência da vítima e encontrar a esposa e o rapaz, Romário teria se descontrolado e atingiu Renan com cerca de quatro golpes de faca.

Segundo o delegado, a esposa do suspeito não responderá pelo crime, uma vez que ela não desejava a morte do rapaz. “Nós fizemos a apreensão dos celulares. Por meio de conversas em aplicativos, verificamos que existia um contato da vítima com a esposa do suspeito do crime. A Polícia Civil já tinha representado pela prisão, aguardava a decisão judicial, e informamos a outras forças de segurança que também nos auxiliaram nesse cumprimento de prisão”.

Veja Também  Na mira de revólver médicos da UPA tinham que ressuscitar bandidos do Pedra 90; dois morreram um foi preso

Romário foi detido após ser abordado por uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Comentários Facebook

''TRAGÉDIA NO AR''

Vizinho drogado estupra e mata menina de 8 anos que estava sozinha em casa em MT

Publicado

Um homem identificado como Jonatan Nicolas Duarte, de idade nãorevelada, foi preso pela Polícia Civil suspeito de ter estuprar e matar uma menina de 8 anos, no bairro São José, na quarta-feira (17), na cidade de Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá). Os policiais informaram que a vítima morava com a sua mãe e quando a mulher saía para trabalhar, a vítima ficava aos cuidados do pai que mora em outra residência.

No dia do crime, a menina decidiu não ir para a casa do pai e ficou sozinha na residência. Jonatan teria percebido a ausência da mãe da criança e invadiu o local. Em seguida, o suspeito teria estuprado a menina. Durante os abusos, o homem teria quebrado o pescoço da menina. A criança não resistiu e morreu ainda no local. Após o crime, o homem fugiu do local e deixou a menina desacordada na cama.

Ao chegar do trabalho, a mãe encontrou a filha desmaiada e pediu socorro aos vizinhos. Em seguida, a criança foi levada para o Hospital Regional de Sorriso (HRS), mas já chegou a unidade de saúde morta.

Veja Também  Idoso de 68 anos cai de ônibus e tem perna dilacerada em Cuiabá; motorista quase foi agredido

Nesta quinta-feira (18), policiais civis iniciaram trabalhos de investigação e receberam informação que Jonatan poderia ter cometido o crime.

Segundo o delegado André Ribeiro que atende o caso, o suspeito foi intimado e durante depoimento, confessou que no dia do crime teria feito o uso de drogas e assassinado a menina.

O corpo da criança foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para ser realizado exame de necropsia.

Já o suspeito foi preso em flagrante e deverá responder pelos crimes de estupro e homicídio.

Por medidas de segurança, Jonatan será transferido para o Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira, popularmente conhecida como Ferrugem, na cidade de Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá).

Comentários Facebook
Continue lendo

''TRAGÉDIA NO AR''

Na mira de revólver médicos da UPA tinham que ressuscitar bandidos do Pedra 90; dois morreram um foi preso

Publicado

Dois irmãos, Thiago Magalhães Ferreira e David Magalhães Ferreira, morreram a tiros na noite desta quinta-feira (18). A dupla, que possuía diversos antecedentes criminais, foi baleada no Bairro Pedra 90 em Cuiabá, cada um com pelo menos três tiros. Thiago e David chegaram a ser socorridos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Pascoal Ramos, mas não resistiram e morreram.

Segundo a Polícia Militar, os amigos, comparsas, das vítimas os levaram para unidade de saúde, onde aterrorizaram funcionários e pacientes que aguardavam para serem atendidos. Armados, ameaçaram matar os médicos caso os feridos morressem.

Porém, a PM agiu rápido e ao chegar na UPA o bando criminoso fugiu. Um irmão das vítimas foi preso na unidade de saúde.

No bairro, testemunhas disseram à polícia que um homem em um carro, Honda Civic prata, passou e atirou nos jovens. Rondas estão sendo feitas, mas até o momento ninguém foi preso.

A segurança na unidade de saúde está reforçada e os atendimentos foram suspensos.

FONTE: O BOM DA NOTÍCIA | RAFAEL MEDEIROS

Comentários Facebook
Veja Também  Menina de 16 anos é espancada por madrasta em Cuiabá e mãe chama a polícia
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana