conecte-se conosco


Polícia Federal

PF deflagra operação de combate à pornografia infantil no Espírito Santo

Avatar

Publicado

Vila Velha/ES – A Polícia Federal cumpriu hoje (19/6) um mandado de busca e apreensão, na residência do investigado no município de Vitória/ES. A ação resultou na prisão em flagrante do investigado, pelo fato de terem sido encontrados arquivos contendo exploração sexual de crianças em equipamentos de mídia que estavam em sua posse.

 

A investigação é decorrente da Operação Salvaguarda II realizada no dia 30/10/2018. A deflagração de hoje contou com a participação de cinco policiais federais.

 

 ENTENDA O CASO

Em face de rastreamento da rede mundial de computadores promovido por Policiais Federais, e através de requisição dos dados cadastrais dos IPs (endereços de acesso ao site), foi detectado usuário compartilhando arquivos com conteúdo dessa natureza.

 

DA OPERAÇÃO SALVAGUARDA II

A Operação SALVAGUARDA teve por objetivo o combate à difusão de arquivos contendo exploração sexual de crianças através da internet e foi deflagrada no dia 30/10/18. Nela, foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão, nas residências dos investigados nos Municípios de Vila Velha, Serra e Santa Maria de Jetibá, todos no Estado do Espírito Santo, que resultaram na prisão em flagrante de um investigado.

 

 CRIMES INVESTIGADOS

O investigado responderá pelo crime de compartilhamento de arquivos contendo pornografia infantil, art.241-A da Lei 8.069/90, em que a pena varia entre 2 a 6 anos de reclusão e poderá ainda responder pelo crime de posse de arquivos, no caso de flagrante quando do cumprimento da busca, art.241-B, cujas penas variam de 1 a4 anos de reclusão.

 

 

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook

Polícia Federal

PF apreende drogas e petrechos para arma de fogo no Aeroporto de SP

Avatar

Publicado

Guarulhos/SP – A Polícia Federal prendeu, entre os dias 25 e 26/1, no Aeroporto Internacional de São Paulo, seis passageiros de voos internacionais portando drogas e petrechos para armas de fogo.

As ações, realizadas por servidores da Receita Federal, que atuam com o auxílio de cães de faro, e por policiais federais, resultaram na apreensão de quase 30 kg de drogas e apreensão de diversas peças para fabricação de armas de fogo.

No sábado (25), foram presas quatro pessoas com drogas. Na primeira ação, servidores da Receita Federal identificaram drogas na bagagem de mão de um homem, nacional da Letônia, que pretendia embarcar para Addis Ababa, na Etiópia. Mais de 2 kg de cocaína estavam ocultos no fundo falso de sua mochila. Essa mesma equipe de servidores encontrou, no mesmo voo, mais de 13 kg de cocaína ocultos em solas de calçados que estavam dentro da mala, pertencente a um homem, nacional da Nigéria, que ingressou no país beneficiado pela Lei do Refúgio. Já no check-in de voo com destino a Portugal, policiais federais prenderam uma mulher, nacional da Romênia, com 3 kg de cocaína ocultos dentro de embalagens de lençóis e pó de café. Outra passageira, uma brasileira que pretendia embarcar para Joanesburgo, na África do Sul, foi presa pelos policiais federais com quase 4 kg de cocaína ocultos em fundos falso de sua bagagem de mão.

Um brasileiro, que desembarcou de voo proveniente dos Estados Unidos, no domingo (26), trazia diversos petrechos para armas de fogo sem as devidas autorizações do Exército. O homem alegou que as peças eram para uso próprio. Ele foi detido pelos servidores da Receita Federal e conduzido à PF, onde foi preso com base no Estatuto do Desarmamento. Em outra ação, policiais federais localizaram, no fundo falso de um case para computador e de uma mala, portados por um homem, nacional da Alemanha, mais de 5 kg de cocaína. O homem pretendia levar a droga para Zurique, na Suíça.

Os presos serão conduzidos aos presídios estaduais, onde permanecerão à disposição da Justiça.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Contato: (11) 2445-2212

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia Federal

Polícia Federal participa de Operação que apreendeu quase 2 toneladas de cocaína que iria à Europa

Avatar

Publicado

Brasília/DF – A Polícia Federal, em cooperação policial internacional, participou das investigações que levaram à apreensão de 1.820 kg de cocaína no arquipélago português de Açores, na última semana.

A apreensão foi realizada durante a deflagração da Operação Glória pela Polícia Judiciária de Portugal.
Na ação, foram presos um alemão e um bósnio, de 54 e 52 anos de idade, respectivamente.

A droga foi encontrada em um veleiro que fazia o transporte dos entorpecentes entre o Brasil e a Europa. A Polícia Federal atuou em cooperação internacional junto à Organização Internacional MAOC-N, a Aduana Francesa, a Agência Americana de Repressão às Drogas e a Polícia Judiciária de Portugal.

Durante o período de estada no Brasil, a Polícia Federal acompanhou a movimentação do veleiro e dos suspeitos em território nacional. No final de novembro, a embarcação partiu de Fortaleza/CE em direção à Martinica Francesa. No entanto, nunca chegou ao destino e foi interceptada em Açores.

 

Comunicação Social da PF61 – 2024 8142

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana