conecte-se conosco


Fatalidade

Bebê de 49 dias morre asfixiado ao dividir a cama com a mãe em Cáceres

Publicado

Uma mãe matou a própria filha de 49 dias supostamente sufocada, no bairro Jardim Universitário, em Cáceres. Segundo informações da Polícia Judiciária Civil, a mulher dormiu em cima do bebê na madrugada deste domingo (19), o que causou a morte da criança.

De acordo com os policiais, a mãe da criança, que tem 32 anos, e o bebê passaram a noite em um colchão de solteiro quando ocorreu a fatalidade. Uma unidade do Corpo de Bombeiros foi acionada, mas já encontrou o bebê sem vida.

A mãe mora na residência com outros três filhos menores, e que ao acordar teria notado que seu filho estava roxo na face, e que se encontrava desfalecido.

Os bombeiros estiveram no local e confirmaram o óbito, e a equipe entrou em contato com os policiais plantonistas da Polícia Civil, e o Instituto Médico Legal – IML, que deverão emitir a causa mortis do bebê.

De acordo com os investigadores da Polícia Judiciária Civil u fato chamou a atenção, é que apesar da criança já estar com mais 40 dias de vida, a mesma ainda não havia sido registrada.

Veja Também  Prefeitura abre inscrições para segunda edição do Curso Preparatório Comunitário

A Polícia Judiciária Civil de Cáceres investiga o caso.

Comentários Facebook

Fatalidade

Jovem morre trabalhando após ser atingido na cabeça por pedaço de esmeril em MT

Publicado

Um jovem morreu tragicamente na tarde desta quinta-feira (27), após um acidente de trabalho, em uma empresa localizada na avenida Olacyr Francisco de Moraes em Campo Novo dos Parecis (417 Km de Cuiabá) Segundo informações obtidas com a Polícia Civil, João Henrique Fernandes, 25 anos, estava utilizando um esmeril, quando uma peça, em alta rotação, se soltou e atingiu sua cabeça, causando lesões gravíssimas.

Segundo a Polícia Militar, o mecânico foi almoçar e voltou antes dos colegas para adiantar boa parte do serviço. Durante a utilização da máquina, a pedra que faz parte da ferramenta se quebrou atingindo sua testa. João ficou sozinho sem ter ninguém no local para prestar socorro. Seus colegas de serviço chegaram e o encontraram no chão, movimentando apenas as mãos. Ele foi levado as pressas para o Centro Hospitalar Parecis.

No hospital, mesmo com a vítima ainda movimentando as mãos, foi constatada a morte cerebral.

(Politec) de Tangará da Serra farão as análises para atestar o que realmente ocasionou a fatalidade.

Ao passar pela frente da empresa, colaboradores colocaram uma faixa preta no portão, sinalizando luto.

Veja Também  INCRA E INTERMAT SE UNEM PARA REGULARIZAR ÁREAS AGRICULTÁVEIS DE 80 MIL FAMÍLIAS ATÉ 2023

 

Da redação com informações/ Nortão Notícias

Comentários Facebook
Continue lendo

Fatalidade

Seis turistas brasileiros morrem no Chile por inalação de gás

Publicado

O grupo estava de férias e tinha alugado um apartamento no centro da capital. Todos sentiram um mal-estar físico pouco antes de morrerem

Seis turistas brasileiros morreram, nesta quarta-feira (22/5), em um apartamento de Santiago, capital chilena, após inalarem gás, supostamente monóxido de carbono liberado pelo aquecedor do local. As informações foram divulgadas pelo comandante da Polícia da cidade.
Os turistas estavam de férias e tinham alugado um apartamento no centro da capital. Todos sentiram um mal-estar físico, o que os levou a pedir ajuda ao cônsul brasileiro, que se dirigiu imediatamente ao local, acompanhado de efetivos da Polícia. Quando chegaram, tiveram que entrar à força no apartamento, onde encontraram os corpos.
“Pudemos constatar que havia seis pessoas falecidas, quatro adultos e dois menores, e que possivelmente a morte teria sido provocada por emanação de gás”, disse o comandante Rodrigo Soto à imprensa local.
O corpo de bombeiros coordenou a evacuação imediata do edifício. Depois, foram feitas medições no apartamento, onde se descobriram altas concentrações de monóxido de carbono, gás que não tem cheiro e cuja inalação provoca a morte.
Os seis turistas brasileiros estavam no Chile há uma semana e o apartamento foi alugado através de um aplicativo na Internet. Quando a polícia entrou no local, notou que todas as janelas estavam fechadas, o que teria provocado a grande concentração do gás, explicou Soto.
Os policiais isolaram as ruas vizinhas ao prédio e iniciaram uma investigação para confirmar as causas das mortes dos turistas, enquanto os bombeiros faziam buscas por possíveis vazamentos de gás no local.
Com informações/AF Agência France-Presse 
Comentários Facebook
Veja Também  VÁRZEA GRANDE ADOTA MEDIDAS PARA EVITAR OS EFEITOS DO CALOR INTENSO
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana