conecte-se conosco


''TRAGÉDIA NO AR''

Adolescentes tentam salvar mãe que estava sendo ‘surrada’ por Padrasto e acabam sendo baleados em VG

Publicado

A Polícia Militar abriu ‘caça’ a procura de Adimas de Lana, 50 anos, acusado de atirar contra dois enteados de 15 e 13 anos. A ocorrência foi registrada no início da noite deste sábado (18), no bairro São Simão, em Várzea Grande. O menor de 15 anos foi atingido no peito, a queima roupa e o de 13 na perna.

Segundo a polícia, os menores foram defender a mãe que estava sendo ‘surrada’ por Adimas. Irado o homem pegou uma arma (de uso restrito) e atirou a queima roupa nos enteados.

Os adolescentes foram encaminhados ao Pronto-Socorro de Várzea Grande (PS/VG), pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Segundo informações do PS/VG, os jovens deram entrada na unidade de saúde, porém se recusaram a falar os nomes para a equipe do Samu. O menor de 15 anos vai passar por cirurgia.

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito fugiu num veículo gol, mas até o momento não foi preso.

Comentários Facebook
Veja Também  SONHO DE RIQUEZA INTERROMPIDO: Homem morre soterrado em garimpo clandestino em MT - FOTOS

''TRAGÉDIA NO AR''

SONHO DE RIQUEZA INTERROMPIDO: Homem morre soterrado em garimpo clandestino em MT – FOTOS

Publicado

Um homem ainda não identificado morreu soterrado em um garimpo clandestino no município de Aripuanã (975 km de Cuiabá) na manhã desta quinta-feira (20). O caso foi registrado pelas Polícias Civil e Militar, mas ainda não se sabe quais foram as circunstâncias do acidente que resultou no óbito. Não há informações se outras pessoas ficaram feridas no desmoronamento. O Corpo de Bombeiros da Cidade não foi acionado para atender a ocorrência.

De acordo com a  10ª Companhia da Polícia Militar de Aripuanã, a equipe que estava em serviço pela manhã foi acionada por volta das 10h30 para dar apoio à Polícia Civil após receber informação de que uma pessoa tinha sido soterrada no garimpo, mas que os próprios garimpeiros teriam retirado o corpo dos escombros. No local, a equipe constatou a procedência da informação. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foi acionado e enviou uma ambulância no local, porém os médicos socorristas constataram que a vítima já estava morta.

Conforme a Polícia Militar, o corpo já tinha sido retirado e levado para dentro de um barraco próximo ao local do fato. A própria Polícia Civil fez a retirada do corpo do garimpo que fica na zona rural e levou para a cidade.

Veja Também  Membro do Comando Vermelho manda matar presidiário que tinha caso com a mulher dele

Os investigadores também coletaram algumas informações para auxiliar nas investigações. Porém, no momento em que os policiais estavam no garimpo apenas uma pessoa relatou ter presenciado o ocorrido. Segundo a testemunha, o homem que morreu seria morador do município Nova Canaã do Norte. Tal informação, no entanto, ainda será averiguada pela Polícia Civil.

O Instituto Médico Legal (IML) e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) ficam responsáveis pela identificação da vítima e pelos procedimentos de necropsia que vão apontar as causas da morte.

INVASÕES EM GARIMPO

Em meados de outubro de 2018, o garimpo ilegal instalado numa fazenda que fica a cerca 15 km de Aripuanã passou a atrair centenas de pessoas da região e também de outras cidades de Mato Grosso e até de outros Estados. Em novembro, o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) determinou a paralisação das atividades no garimpo clandestino e operações policiais foram montadas para retirar os invasores.

No entanto, de lá para cá diversas outras invasões foram registradas no local bem como acidentes envolvendo desmoronamentos.

Comentários Facebook
Continue lendo

''TRAGÉDIA NO AR''

Estudante do São Gonçalo entra no Uber e desaparece; amigos revelam ‘namoro escondido’ com membro de facção

Publicado

A família de Luana Martins Margotti pede ajuda na localização da adolescente de 17 anos, desaparecida na terça-feira (18), no bairro Jardim Itália, em Cuiabá. A última vez que Luana foi vista foi na tarde dessa terça, após chegar da escola. O pai da jovem disse que ela entrou em casa, juntou algumas roupas e saiu de casa em um carro de aplicativo [uber]. A reportagem do LAPADA LAPADA foi procurada por alguns amigos de Luana, que inclusive estudam na mesma escola. Os colegas revelaram, que Luana estava namorando um membro de facção criminosa, supostamente do Comando Vermelho, que atua fortemente em Várzea Grande. A garota chegou a falar aos amigos que queria terminar o namoro, porém, tinha medo de morrer nas mãos do faccionado. A versão já foi passada à polícia, que irá investigar e apurar os relatos.

Os pais da adolescente estão tentando localizar imagens das câmeras de segurança da rua para saber a placa do veículo em que ela saiu, e assim, tentar buscar o paradeiro de Luana. As informações divulgadas pela família à polícia apontam que a jovem trajava uma camiseta de uniforme do colégio Salesiano São Gonçalo e legging azul marinho com listra vermelha na lateral.

Aqueles que tiverem informações que possam contribuir na busca pela adolescente desaparecida podem entrar em contato com o pai da jovem pelo número (65) 98115-6435. As informações podem ser passadas também para o Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) pelo número (65) 3901-4823.

Comentários Facebook
Veja Também  Estudante do São Gonçalo entra no Uber e desaparece; amigos revelam 'namoro escondido' com membro de facção
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana