conecte-se conosco


Diárias de Mercado

FRANGO/CEPEA: Alto no valor da carne suína eleva competitividade do frango

Publicado

Cepea, 17/5/2019 – A carne de frango – que é tradicionalmente a proteína mais consumida pelos brasileiros, devido ao menor preço frente aos das principais concorrentes – vem se encarecendo no mercado doméstico. Apesar disso, entre abril e a parcial de maio (até o dia 16), a valorização da carne suína foi ainda maior do que a do frango, ampliando a competitividade dessa proteína. Já em relação ao preço da carne bovina, que vem se mantendo estável, houve perda na competitividade. Segundo pesquisadores do Cepea, o movimento altista das cotações da carne de frango tem favorecido principalmente os exportadores. Para os agentes que comercializam apenas no mercado interno, porém, os aumentos têm reduzido a liquidez. Uma vez que o frango vivo também tem se valorizado, agroindústrias têm dificuldades em reduzir o preço de venda da carne. Enquanto em abril a carne suína era 1,73 Real/quilo mais cara do que o frango, na parcial de maio, essa diferença ampliou-se para 1,81 Real/kg, aumentando em 4,6% a competitividade da proteína avícola. Já no comparativo com a carne bovina, o frango teve sua competividade reduzida em 0,67%, com a diferença de preços passando de 6 Reais/kg em abril para 5,96 Reais/kg na parcial deste mês (até o dia 16). Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: Diárias de Mercado
Comentários Facebook
Veja Também  MILHO/CEPEA: Com exportação aquecida, preços voltam a subir

Diárias de Mercado

ALGODÃO/CEPEA: Negócios seguem lentos no spot

Publicado

Cepea, 19/06/2019 – A baixa disponibilidade de algodão em pluma no mercado spot e a expectativa de avanço da colheita nas próximas semanas têm levado compradores a adquirirem apenas pequenos lotes para reposições, segundo pesquisadores do Cepea. Quanto aos preços, entre 11 e 18 de junho, o Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, recuou 1,4%, fechando a R$ 2,7852/lp, na terça-feira, 18. No cenário internacional, dados do USDA divulgados em 11 de junho indicam que a produção mundial 2018/19 será de 25,88 milhões de toneladas, 4% menor que a anterior. O consumo está estimado em 26,63 milhões de toneladas, ligeiramente inferior ao da temporada 2017/18 (26,71 milhões de toneladas). Enquanto a comercialização mundial está projetada em 9,8 milhões de toneladas, o estoque global 2018/19 deve ficar em 16,88 milhões, 4,2% abaixo da safra anterior. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: Diárias de Mercado
Comentários Facebook
Veja Também  ETANOL/CEPEA: Indicadores voltam a cair com demanda menor que a esperada
Continue lendo

Diárias de Mercado

CAFÉ/CEPEA: Com exportação recorde, estoques nacionais podem recuar

Publicado

Cepea, 19/06/2019 – Com os embarques brasileiros de café em ritmo acelerado, a expectativa é de que os estoques de passagem da safra 2018/19 sejam menores do que os estimados anteriormente, segundo afirmam pesquisadores do Cepea. Em maio, as exportações totais atingiram novo recorde de volume para o mês: foram 3,5 milhões de sacas de 60 kg, avanço de 9,3% frente a abril e mais que o dobro da quantidade de maio/18, de acordo com dados do Cecafé (Conselho dos Exportadores de Café). Quanto aos estoques brasileiros, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) revisou o balanço final para 3,8 milhões de sacas em maio, contra 6,8 milhões na primeira estimativa. A redução dos estoques será refletida especialmente em 2019/20. Com a menor produção esperada, devido, especialmente, à bienalidade negativa, e com as expectativas de que o consumo siga em alta e os embarques, em bons níveis, a oferta pode ser limitada. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: Diárias de Mercado
Comentários Facebook
Veja Também  BATATA/CEPEA: Cotação sobe mesmo com ritmo forte da colheita das secas
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana