conecte-se conosco


Polícia Federal

PF combate a produção e divulgação de arquivos contendo abuso sexual infatojuvenil

Publicado

São Paulo/SP – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (17/5), em uma cidade do interior do Estado de São Paulo e na capital, operação policial com a finalidade de identificar suspeitos de produzir e de distribuir na internet grande quantidade de arquivos contendo abuso sexual de crianças e adolescentes.

Iniciada em março deste ano, a investigação da Polícia Federal começou a partir de uma prisão feita no leste da Europa, de um casal de predadores sexuais que abusava de crianças da própria família, registrava em arquivos de imagens e vídeos, e compartilhava na internet, inclusive na Darkweb. Com a ajuda da Interpol e graças a um trabalho de cooperação policial internacional envolvendo Austrália, França e Brasil (URCOP/SRCC – unidade central da PF de combate a pornografia infantil), chegaram à PF informações sobre um casal brasileiro que aparece em um vídeo abusando sexualmente de um bebê.

Foram identificados dois locais onde possivelmente um dos vídeos foi produzido e enviado ao exterior pela internet. Também foram obtidos fortes indícios da identidade do suspeito estuprador da bebê. A pedido da PF, a Justiça Federal autorizou a realização de buscas domiciliares, bem como decretou a prisão preventiva do principal suspeito, um frentista de 33 anos.

Veja Também  PF deflagra 2ª fase da Operação Download em Alagoas

Os investigados vão responder pela prática dos crimes previstos nos art. 217-A do Código Penal (pena de reclusão de 8 a 15 anos), art. 240 (pena de reclusão de 4 a 8 anos e multa), art, 241-A (pena de reclusão de 3 a 6 anos e multa) e art. 241-B (pena de reclusão de 1 a 4 anos e multa) do Estatuto da Criança e do Adolescente.

Será concedida entrevista coletiva, às 10h30, na Superintendência Regional da Polícia Federal em São Paulo/SP.

 

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook

Polícia Federal

PF deflagra 2ª fase da Operação Pacificação

Publicado

Cabedelo/PB – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (13/9) a Operação PACIFICAÇÃO II, para dar continuidade à investigação referente aos roubos das agências dos Correios das cidades de Serra da Raiz/PB, em 6/6/2018, e Dona Inês/PB, em 28/6/2018.

A operação contou com a participação de 10 policiais federais, sendo realizado o cumprimento de três mandados de busca e apreensão em residências na cidade de Belém/PB. A ordem foi expedida pelo Juiz Federal da Vara de Guarabira/PB, após deliberação por parte do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, na cidade de Recife/PE.

A Polícia Federal já havia cumprido mandado de prisão preventiva contra um dos indiciados, em 28/6/2019, dentro da mesma investigação, sendo essa fase chamada Operação PACIFICAÇÃO. Outro indiciado, entretanto, continuava foragido, sendo que um dos objetivos da PF na data de hoje foi o de localizá-lo.

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Também  Operação Quebracho combate crime ambiental em Reserva Kadiwéu
Continue lendo

Polícia Federal

PF combate tráfico de drogas na região de Santo Ângelo/RS

Publicado

Santo Ângelo/RS – A Polícia Federal, em ação conjunta com a Brigada Militar e Polícia Civil, deflagrou nesta quinta-feira (12/9) a Operação Hypnos, que investiga grupo criminoso especializado no tráfico de drogas. Cerca de 28 policiais federais, 24 policiais militares e 6 policiais civis cumpriram 13 mandados de busca e apreensão no município de Santo Ângelo.

A apuração, iniciada em novembro de 2018, aponta um esquema de distribuição de drogas em diversos bairros da cidade de Santo Ângelo e região. Durante a investigação foram realizadas diversas apreensões de entorpecentes.

No cumprimento dos mandados de busca, as equipes policiais apreenderam drogas, dinheiro, celulares e arma.

As investigações ainda estão em andamento e os suspeitos poderão responder por crime de tráfico de drogas e associação ao tráfico.

 

 

 

 www.pf.gov.br

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Também  PF deflagra 2ª fase da Operação Download em Alagoas
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana