conecte-se conosco


Homicídio

Vendedor de defensivos agrícola é executado com tiros de pistola 380 em Sinop

Publicado

A Polícia Civil investiga um homicídio ocorrido nessa terça feira (14) no bairro Jardim Celeste, em Sinop (480 km de Cuiabá). Segundo informações, a namorada de  Luiz Carlos Lidani, 33, foi até a residência de Luiz onde encontrou o namorado caído com diversas perfurações de arma de fogo.

Segundo a Polícia, a vitima  foi morta com pelo menos 10 disparos de pistola e na casa havia  sinais de arrombamento.

Segundo um investigador, no local foram localizadas 11 cápsulas de calibre .380. Ao que tudo indica, a vítima foi morta no período da manhã sendo localizada somente à noite.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), para exames de necropsia.

Comentários Facebook
Veja Também  Mulher é presa em VG ao agredir marido que não a deixou conferir celular em MT

Homicídio

URGENTE: Envolvidos em homicídio de agente penitenciário são presos em Lucas do Rio Verde

Publicado

O trabalho integrado entre policiais civis e militares levou a prisão dos envolvidos na morte de um agente prisional. O crime ocorreu entre a noite de domingo e madrugada de segunda-feira (30.06 e 01.07), em Lucas do Rio Verde (a 354 km de Cuiabá).

Os policiais militares foram acionados para atender uma ocorrência de disparos de arma de fogo no bairro Tessele Júnior. No local, uma equipe do Corpo de Bombeiros constatou a morte do agente prisional. A área foi isolada e uma equipe de policiais civis foi acionada.

Com base em informações do Centro de Operações da PM (Copom), policiais civis e militares começaram as buscas pelos suspeitos.

Os primeiros a serem localizados foram C.A.C.S. (24) e J.A.S.G. (26), que estavam em frente a uma residência. Eles tentaram fugir e resistir a prisão, mas foram contidos e encaminhados à delegacia. Com um deles havia uma porção de maconha.

O menor de idade (V.A.S.) foi apontado pelo Copom como participante do crime. Ele teria chegado em sua casa correndo, logo após o crime. Os policiais foram até sua residência, onde ele confirmou a participação no homicídio e afirmou que teria sido convidado por um dos outros suspeitos.

Informações dados por moradores descreveram a localização de mais um suspeito, A.P.S. (39). Os policiais foram até o local onde ele estava e o suspeito saiu correndo quando viu os agentes chegando. Em depoimento, ele alegou que ficou com medo e que seria tio de um dos suspeitos do crime.

A.P.S. descreveu o momento que o sobrinho saiu com outro rapaz em uma motocicleta. Em sua casa foi encontrada uma peça de roupa com queixa de furto. O homem alegou que a peça seria um presente do seu sobrinho e que ele sabia que a origem do produto era ilícita. Ele foi encaminhado à delegacia por receptação.

O quarto suspeito, A.R.G.T. (29), foi identificado com ajuda de moradores. Durante revista pessoa, foram encontradas porções de maconha com ele.

Todos suspeitos foram encaminhados à delegacia da cidade para as devidas providências.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Veja Também  Com arma de brinquedo, bandido faz entregador de água e moradores de reféns em roubo no Santa Rosa - VEJA FOTOS
Continue lendo

Homicídio

Homem é surrado, morto e desovado por justiceiros do Comando Vermelho

Publicado

Surrado, executado e desovado nos fundos da Policlínica do bairro Planalto, em Cuiabá. Esse foi o fim que levou um criminoso, que desobedeceu as ordens passadas pelo Comando Vermelho (C.V). A vítima – não identificada – teria sido torturada durante uma sessão de ”salve”, na noite desta terça-feira (18). O motivo da correção é levantado pela Polícia Civil.

De acordo com a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o homem foi encontrado com a cueca abaixada, no rosto e na cabeça tinham várias marcas de pauladas e cortes. A vítima, após ter sido morta, foi jogada nos fundos da Policlínica do bairro Planalto, onde médicos constataram o óbito.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para ser realizado exames de necropsia e identificação.

Depois do crime, policiais militares saíram em rondas, mas os assassinos não foram localizados.

O caso é investigado pela Polícia Civil.

Fonte: O Bom da Notícia

 

Comentários Facebook
Veja Também  Polícia fecha cerco contra pai em Cáceres por tentar degolar bebê
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana