conecte-se conosco


Turismo

Vai viajar? Veja roteiro de 4 dias para conhecer as praias de João Pessoa

Publicado

João Pessoa pode ser um destino interessante para você que planeja viajar no próximo feriado. O local se destaca pelo cenário verdadeiramente paradisíaco. Além disso, a cidade nordestina oferece opções para todos os bolsos e públicos.


Vista aérea do belo litoral de João Pessoa
Reprodução/Instagram/nordestemeulindo
No litoral norte ou sul, o turista pode desbravar as lindas praias que João Pessoa oferece

Leia também: O essencial de João Pessoa: conheça 8 atrações turísticas da cidade

Para Priscilla Teixeira Pereira de Lira, diretora da Luck Receptivo (empresa nordestina de passeios e traslados), João Pessoa,
também apelidada carinhosamente de Jampa, é “o destino ideal para quem está buscando praias lindas, calmaria e o menor custo de vida dentre todas as capitais do Nordeste”. “Segura, limpa e arborizada, que encanta”, resume a profissional.

Priscilla ainda aponta: “Todas as nossas praias
urbanas são próprias pra banho e ficam apenas a poucos passos da maioria dos hotéis. Há piscinas naturais para todos os gostos e uma parte histórica super enriquecedora por ser a terceira capital mais antiga do Brasil”.

A cidade é indicada para todos os perfis e pode ser tanto o cenário de uma viagem entre amigos, quanto de uma tranquila viagem com a família e com as crianças.

Leia também: Qual a praia mais bonita do Nordeste?

Como aproveitar João Pessoa em quatro dias


Praia de Tambaú, em João Pessoa
Reprodução/Instagram/viviane.r.busnello
A praia do Tambaú é uma das mais bonitas e mais movimentadas de João Pessoa
  • Primeiro dia

Assim que chegar na cidade, você pode aproveitar para conhecer a praia de Tambaú, conhecida por suas águas claras. Durante a manhã, a praia não está tão cheia, e o sol está mais agradável. Na praia de Tambaú, há vários passeios para as piscinas naturais da cidade, então é válido conhecer uma delas já no primeiro dia.

Sendo assim, durante a sua primeira tarde de viagem, visite o Picãozinho, uma das piscinas naturais, que conta com uma vista deslumbrante. É válido para curtir o pôr-do-sol.


Piscina natural e céu
Reprodução/Instagram/aalcantara
Picãozinho é uma das piscinas naturais mais atraentes de João Pessoa, e vale a visita

“Em sua viagem, evite trazer roupas pesadas ou de mangas cumpridas. Tenha sempre na sua bagagem garrafinhas de água para encarar o calor
da cidade e aproveitá-la ao máximo”, alerta Priscilla. “Aqui faz sol quase que todos os dias, e apesar de ser uma cidade com bastante brisa por não haver construções de arranha-céus na orla, tem um clima úmido e faz bastante calor”.

Veja Também  Veja o que você não pode vestir quando visitar os parques da Disney

De volta ao centro da cidade, à noite, o turista pode passar para conhecer a Estação Cabo Branco (também conhecida como Estação Ciência), um complexo de Oscar Niemeyer para promover cultura à população de forma gratuita. O lugar conta com diversas atividades culturais.


Estação Cabo Branco
Reprodução/Instagram
A Estação Cabo Branco é um lugar de João Pessoa que promove atividades culturais e entretenimento aos turistas


  • Segundo dia

“João Pessoa é repleta de belezas naturais e histórias a contar”, afirma a diretora do Luck Receptivo. Com isso em mente, recomendamos que você reserve o segundo dia para conhecer o Centro Histórico
. São várias atrações turísticas que valem a visita.

O Centro Cultural São Francisco reúne igreja, convento, capela, casa de oração, claustro e uma enorme área externa. A visita é guiada e custa R$ 4,00. A Casa da Pólvora, Igreja Nossa Senhora do Carmo, a Cidade Baixa
(vários casarões coloridos e bem conservados) e o Hotel Globo (com uma arquitetura de 1928) podem ser visitados nessa etapa da viagem.


Praia do Cabo Branco
Reprodução/Instagram/instajoaopessoa
A Praia do Cabo Branco, em João Pessoa, pode oferecer um passeio no início de tarde

O almoço pode ser feito em um dos restaurantes da ponta da praia de Cabo Branco, com opções de frutos do mar e uma vista para guardar na memória. Assim, o início da tarde pode ser aproveitado na praia em questão, com direito a um passeio pela orla do Cabo Branco e um banho de mar.

No fim da tarde, o turista pode se dirigir à praia do Jacaré, famosa pelo seu pôr do Sol. O passeio já emenda a noite, com direito a uma visita ao mercado de artesanato local e caminhada pelo calçadão, ao som do artista Jurandy do Sax, que toca nessa praia todos os dias. 

Veja Também  Estudo aponta que 4 a cada 10 comissários de bordo são abusados por passageiros

Artista Jurandy do Sax tocando durante o pôr do Sol na praia do Jacaré
Reprodução/Instagram
Artista Jurandy do Sax tocando durante o pôr do Sol na praia do Jacaré, em João Pessoa


  • Terceiro dia

No terceiro dia, o viajante pode aproveitar para conhecer outras praias do município. Na parte da manhã, Tambaba é a praia ideal para visitar. Ela tem uma parte nudista, que é um pouco mais escondidam, onde é obrigatório se despir, mas também conta com uma parte própria para os turistas que preferem manter os trajes.

O almoço pode ser feito na praia de Tambaba mesmo, pois a região é conhecida por vários restaurantes rústicos e aconchegantes que servem frutos do mar fresquinhos.

Pegando o retorno ao centro de João Pessoa, chega-se à Praia do Amor, que tem um estilo calmo e muita estrutura turística. Tem esse nome por conta de uma pedra em forma de arco intitulada pedra furada. Dizem que, se você passar embaixo desse arco, vai ter sorte no amor. É um passeio tranquilo, e a praia é um bom lugar para passar a tarde.


Placa escrito
Reprodução/Instagram/sifranco
A Praia do Amor é famosa entre os casais que visitam João Pessoa, pois dizem que traz sorte no amor



Quando  anoitecer, o turista pode voltar para o centro da cidade, para aproveitar os restaurantes e os bares locais, que fazem a alegria dos visitantes.

  • Quarto dia

Guardando o melhor para o final, na manhã do último dia é válido experimentar o banho de mar mais gostoso de João Pessoa. Trata-se da Praia do Bessa, conhecida por suas águas calmas e seus recifes e coqueiros. Para a hora do almoço, há uma gama de restaurantes preto da Praia do Bessa mesmo, que podem render deliciosas refeições. 

Já em sua última tarde na cidade, o turista pode seguir a ordem das praias e visitar Manaíra, que tem uma maré muito baixa e também é indicada para um banho de mar sem grandes preocupações, e também é muito bem estruturada para receber visitantes.


Praia ao pôr do Sol
Reprodução/Instagram/charleshaverrot
Manaíra é uma das praias mais tranquilas de João Pessoa, mas não deixa de ser bem estruturada turisticamente

Para fechar com chave de ouro a viagem até a cidade paraibana, os turistas podem aproveitar um passeio no calçadão da Praia dos Seixas, que conta com vários bares. Como as ondas são muito mais fortes e a praia não é tão adequada para o banho, é válida a visita para curtir a vista e tomar um bom drinque, pensando em quando vai voltar para Jampa novamente.

Leia também: 6 destinos para o feriado prolongado: veja pontos turísticos e valor do aéreo

Sobre os preços de uma viagem para João Pessoa
, Priscilla afirma: “Com hospedagem, passeios e alimentação, é possível gastar uma média de R$800,00 por pessoa em uma viagem de quatro dias, conhecendo o melhor do que a cidade possui”.

Fonte: IG Turismo
Comentários Facebook

Turismo

Estudo aponta que 4 a cada 10 comissários de bordo são abusados por passageiros

Publicado

De acordo com uma pesquisa feita pelo portal inglês  Direct Line Travel Insurance
, 4 a cada 10 comissários de bordo já sofreram algum tipo de abuso físico ou agressão por parte de passageiros alcoolizados ou sob efeito de substâncias ilícitas.


Comissária de bordo incomodada, pedindo para parar
shutterstock
Segundo pesquisa feita pelo Direct Line Travel Insurance, 4 em cada 10 comissários de bordo já foram abusados fisicamente

Leia também: Comissários de bordo revelam 6 segredos úteis para viajantes; confira

Para a realização do estudo, a Direct Line
questionou 100 comissários de bordo
e mais de 2 mil passageiros. Enquanto 40% dos comissários entrevistados disseram ter sofrido agressões físicas e outros tipos de abuso
, 50% afirmaram ter sofrido agressões verbais.

A pesquisa do portal inglês revelou que o comportamento de agredir e desrespeitar um comissário é muito mais comum do que se imagina, mesmo que na Inglaterra haja uma pena de até dois anos e uma multa de até 5 mil libras (o que equivale a mais de R$ 26 mil) pelo comportamento agressivo e perturbador nos aviões.

Remédios e drogas ajudam a superar o medo de avião, segundo passageiros


Mulher com medo de avião
shutterstock
Os passageiros entrevistados pelo Direct Line revelaram consumir drogas e remédios para lidar com o medo de avião

Leia também: Comissário de bordo revela item que passageiros não podem esquecer na viagem

Veja Também  Ônibus oficial das Spice Girls é transformado em alojamento do Airbnb

Uma preocupação crescentem, segundo os especialistas, é o consumo de bebidas alcoólicas e substâncias ilícitas por parte dos passageiros. É essa a principal causa por trás dos abusos e das agressões contra os comissários. De acordo com grande parte dos passageiros questionados, esse consumo é feito para lidar com o medo de avião
.

Tom Bishop, chefe de seguros de viagem do Direct Line
, afirma: “Aqueles que estão nervosos ou ansiosos para voar devem explorar opções alternativas para se acalmar ou procurar orientação de seu médico. As pessoas precisam moderar seu consumo durante o voo para garantir que estejam sempre no controle e só devem tomar medicamentos prescritos na dose certa”.

Leia também: Comissária de bordo dá 5 dicas de como evitar que um voo seja estressante

Bishop ainda completa: “É chocante ver a escala de abusos que os comissários de bordo
são forçados a suportar quando estão no avião com passageiros auto-medicados e bêbados se comportando de maneira inadequada”.

Fonte: IG Turismo
Comentários Facebook
Continue lendo

Turismo

TripAdvisor anuncia novo filtro para combater casos de assédio contra viajantes

Publicado

Depois que vários viajantes relataram casos de assédio, o site TripAdvisor anunciou um novo filtro, cujo objetivo é evidenciar a segurança em meio às avaliações dos usuários.


Viajante com mapa em mãos
shutterstock
TripAdvisor anuncia novo filtro que protege viajantes de assédio e coloca o fator “segurança” em evidência

Leia também: Assédio e aprendizado: histórias de uma mulher viajando o mundo sozinha

O TripAdvisor
é um site onde vários turistas podem fazer relatos de suas viagens, recomendar hotéis, restaurantes, etc. Os usuários costumam comparar preços, ler as avaliações de outras pessoas e até fazer reservas.

Levando em consideração o número expressivo de relatos de turistas que sofreram assédio
, o site resolveu lançar um filtro voltado ao fator “segurança” em meio às avaliações dos hotéis e dos destinos. Segundo um comunicado feito pela presidente do site, Lindsay Nelson, 67% dos viajantes
se mostram preocupados com a segurança
.

Ainda no comunicado, a presidente do site afirma: “A necessidade de mais acesso a informações sobre segurança nunca foi tão grande. Muitas vezes, algo trágico precisa acontecer para iniciar o diálogo sobre proteção ao viajante”.

Veja Também  Quer se hospedar em uma casa na árvore em Bali? Custa menos de R$ 150 por noite

Além disso, Lindsay ainda completa: “Para muitas mulheres, membros da comunidade LGBTQ+ e pessoas com necessidades especiais, isso é uma questão de vida e morte”.

TripAdvisor polemiza ao deletar relatos de assédio


Celular conectado no TripAdvisor
shutterstock
TripAdvisor atraiu má repercussão em 2017, ao deletar relatos de casos de assédio

Em novembro de 2017, o site deletou vários relatos de estupros que aconteceram em Riviera Maia, no México. Na época, a empresa chegou a fazer uma nota de esclarecimento, depois da má repercussão entre os usuários: “Há alguns anos, mudamos nossas diretrizes para que as críticas fossem mais descritivas mesmo em casos de incidentes graves como estupros e abusos”.

Leia também: Desejo de viajar sozinha cresce entre as brasileiras, apontam pesquisas

TripAdvisor
 também republicou os relatórios das usuárias em seu site. 

Fonte: IG Turismo
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana