conecte-se conosco


Policial

Sistema Integrado de Monitoramento de Veículos prevê 88 pontos com câmeras OCR

Publicado

Nara Assis | Sesp-MT

Otimizar as fiscalizações ambientais, fiscais e de segurança nas rodovias estaduais de Mato Grosso. Este é o principal objetivo do Sistema Integrado de Monitoramento de Veículos (SimVe), cujo projeto elaborado pela Secretaria de Estado de Segurança (Sesp-MT) foi apresentado ao governador do Estado, Mauro Mendes, nesta segunda-feira (13.05).

A ideia inicial é ampliar os atuais 18 pontos de instalação das câmeras OCR (sigla em inglês para Reconhecimento Óptico de Caracteres) para 106, com a aquisição de 88 pontos. O projeto já foi transformado em decreto, que deverá ser sancionado pelo governador nas próximas semanas. Um ponto já foi instalado na MT-251, próximo ao posto policial, em fase de testes, chamados de provas de conceitos.

“A tecnologia é o caminho obrigatório que precisamos seguir para melhorar o gerenciamento da prestação de serviços públicos em prol da sociedade. Com isso, economizamos tempo, recursos financeiros e de pessoal, mas com a garantia de melhorar a qualidade de resposta ao cidadão”, afirmou Mauro Mendes.

A partir da aprovação, a parceria será ampliada para as Secretarias de Estado de Meio Ambiente (Sema), Infraestrutura e Logística (Sinfra) e Fazenda (Sefaz), no intuito de coibir a sonegação fiscal, crimes ambientais, roubo e furto de veículos, tráfico de drogas e a violência. Com isso, serão 106 câmeras monitorando a entrada e saída de veículos nas rodovias estaduais, com investimento de cerca de R$ 8 milhões, angariados pelas pastas e por meio de parcerias com outros poderes públicos e iniciativa privada.

Veja Também  Polícia Civil fecha boca de fumo e prende traficante com drogas escondida dentro de violão

 

Futuramente, a Sesp também buscará parcerias com as prefeituras, visando ampliar o alcance. “A utilização destas câmeras inibe a criminalidade. Queremos distribuir as câmeras pelo Estado, especificamente nas rodovias estaduais, mas também nos municípios, porque auxilia não só nas questões de segurança pública, como no combate à sonegação e outras irregularidades”, ressaltou o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante dos Santos.

No caso da Sema-MT, que deverá contar com 36 pontos de monitoramento, os recursos financeiros deverão ser oriundos do programa REM, pois a medida auxiliará na fiscalização e combate à exploração ilegal de madeira, por exemplo. “Esta é a porta de entrada para o desmatamento ilegal, um dos focos deste programa. Com a checagem das câmeras OCR, será possível identificar irregularidades, aplicar as sanções administrativas com mais rapidez e, se necessário, acionar as autoridades policiais”, explicou o superintendente de Fiscalização da Sema-MT, tenente coronel PM Bruno do Nascimento.

Segundo o superintendente de Fiscalização de Mercadorias em Trânsito da Sefaz-MT, Henrique Carnaúba Guerra Sangreman Lima, o ganho é no tempo de reação, ao constatar qualquer movimentação ilegal nos 12 pontos em que as câmeras serão instaladas. “A gente consegue melhorar a resposta, porque o contato com a segurança me permite, diante de alguma irregularidade tributária identificada, solicitar que a polícia faça a abordagem do suspeito até conseguir demandar uma equipe especializada para checar a situação no local, por exemplo”.

Veja Também  Polícia Civil prende casal de primos com 88 tabletes de maconha em Rondonópolis

Cronograma

Após a assinatura e publicação do decreto regulamentando o SimVe, será feita a elaboração de minuta de edital para ata de registro de preços. Posteriormente, com a conclusão do processo licitatório, estão previstos a elaboração do plano de trabalho das secretarias e órgãos envolvidos. A previsão é que a instalação dos equipamentos tenha início em outubro deste ano.

O SimVe contempla, inicialmente, 88 pontos de instalação das câmeras OCR, acompanhadas dos kits que incluem estrutura de suporte, placa solar e defensa metálica (estrutura que protege o equipamento). Atualmente, a Sesp-MT possui nove câmeras com esta tecnologia em funcionamento, sendo cinco na região de fronteira, e quatro em Cuiabá e Várzea Grande.

Além disso, por meio de uma parceria com a Rota do Oeste, a Sesp-MT começou a receber imagens obtidas de nove câmeras OCR da empresa instaladas em pontos que a concessionária administra. Em fase final de testes no sistema, a iniciativa foi firmada em termo de cooperação com a empresa. Para o coordenador do Ciosp, tenente-coronel PM Sizieboro Elvis de Oliveira Barbosa, este trabalho conjunto com a iniciativa privada e outros órgãos é fundamental. “A instalação das OCR na faixa de fronteira, por exemplo, foi viabilizada pelo Ministério Público do Trabalho, em recursos oriundos de multas aplicadas, então, os parceiros fazem toda a diferença”.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Homicida foragido de Sinop é preso pela Polícia Civil em Sorriso

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um homicida foragido da Justiça teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na sexta-feira (19.07), em Sorriso (442 km ao Norte). O suspeito, Moutim da Silva , teve a ordem de prisão decretada pela Comarca de Sinop (499 km ao Norte).

Há aproximadamente dois anos, o procurado foi sentenciado a 18 anos de prisão pelos crimes de homicídio e porte ilegal de arma de fogo. Com informações sobre o paradeiro do foragido, os policiais da Delegacia de Sorriso conseguiram localizá-lo no município dando cumprimento a ordem de prisão.

Após os procedimentos de praxe, o suspeito foi colocado a disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Veja Também  Operação conjunta prende suspeitos de furtos de alto valor em residências de Barra do Garças
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende suspeitos de roubar loja de óculos em VG

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A dupla que roubou uma loja de óculos na Avenida da Feb, em Várzea Grande, foi presa em flagrante pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf). O assalto aconteceu na quarta-feira (17.07) e na quinta-feira (18), os suspeitos, Hilário Marcondes Carreira, 23 anos, e Danilo Catarino Lopes, 21 anos, foram presos pela Polícia Civil.

O delegado Guilherme de Carvalho Bertoli autuou os dois por roubo majorado. Bertoli contou que os dois criminosos, armados, invadiram o estabelecimento e anunciaram o roubo, rendendo clientes e funcionários da empresa. Os dois deixaram o local levando vários produtos, conforme imagens capturadas pelo sistema de segurança da loja.

Pelas imagens também foi possível identificar que um terceiro comparsa deu suporte ao roubo. “Ele aguardava do lado de fora com um veículo de cor prata, com o fim de garantir a fuga dos demais”, disse.

O suspeito Hilário Marcondes Carreira faz uso de tornozeleira eletrônica e de posse dessa informação, os policiais efetuaram buscas prendendo-o na quinta-feira (18). Após ser detido, o suspeito confessou o roubo e apontou o colega Danilo Catarino Lopes, e o terceiro suspeito.  

Veja Também  Operação conjunta prende suspeitos de furtos de alto valor em residências de Barra do Garças

Danilo Catarino, quando identificado na investigação desse roubo, já estava detido na Central de Flagrantes de Várzea Grande, por outro delito. Ele foi encaminhado até a Derf e também confessou sua participação no roubo.

O veículo GM Corsa usado na fuga dos criminosos foi apreendido. O terceiro suspeito ainda é procurado.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana