conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil realiza 3º Curso Básico de Atendimento Pré-Hospitalar

Publicado

 Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil realizou o 3º Curso Básico de Atendimento Pré-Hospitalar (CBAPH), na quarta e quinta-feira (08 e 09.05). A capacitação com carga horária de 16 horas/aula aconteceu na Academia de Polícia Judiciária Civil (Acadepol), em Cuiabá.  

Nessa edição, 17 policiais civis, uma policial militar e uma assistente social concluíram o curso. A primeira edição foi realizada em março para 10 policiais. Já na segunda edição, ocorrida em abril, 21 policiais finalizaram a capacitação.

O curso foi ministrado pelos policiais civis e instrutores Ojier Augusto Castro de Almeida, Joelson da Costa Almeida e Heleno da Silva Souza.

Conforme o investigador Ojier Augusto, a ideia é difundir o curso básico de atendimento pré-hospitalar para todas as unidades da Polícia Civil no Estado, iniciando pela região de Cuiabá e Várzea Grande, com viés voltado para atendimento ao policial.

“Estamos trabalhando o suporte básico da vida, com protocolo atualizado em 2017 que inclui o X no ABCDE do trauma, onde o X é verificado o sangramento e depois segue todo o ABCDE do trauma, padronizado pela Escola Americano de Cirurgiões, a qual é responsável por normatizar mundialmente o atendimento pré-hospitalar e procedimentos sequenciados visando prestar um bom atendimento as vítimas de trauma e vítima de clínicas”, explicou o policial civil Ojier.

Veja Também  DNA confirma identidade de vítima desaparecida que teve ossada encontrada pela DHPP

O policial civil destacou ainda que este foi o último curso com 16h/a e no próximo, a ser realizado no mês de junho, serão três dias de capacitação, totalizando 24 horas/aula. O curso é homologado e certificado pela Acadepol.  

As aulas abordaram desde a análise primária subjetiva até a objetiva, que é o atendimento propriamente dito, iniciando pela parte clínica, desde mal súbitos, tonturas, desmaios, evoluindo para parada respiratória, cardiorrespiratória, trazendo sempre um estudo no mais real possível, que vai da verificação de hemorragias grandes, depois vias aéreas, respiração, circulação através do pulso, estado neurológico verificando as pupilas e na sequencie a posição da vítima.

Ainda durante o curso os alunos receberam instruções sobre a parte clínica (simples) e posteriormente a parte traumática (complexa), que começa com pequenos ferimentos até chegar à perfuração por arma de fogo, que é um dos pontos principais. 

Na ocasião também foi falado a respeito da proteção balística, sobre o uso e aplicação do torniquete (equipamento utilizado para estancar hemorragia dos membros inferiores e superiores), finalizando com grandes traumas (fêmur ou bacia), como se mobiliza essa fratura, como se faz a condução dessa vítima ate uma prancha, entre outros informes.

Veja Também  Polícia Civil fecha boca de fumo e prende traficante com drogas escondida dentro de violão

Na terceira edição participaram do curso policiais civis da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá (DEDM), da Academia de Polícia (Acadepol), da Coordenadoria de Polícia Comunitária, da Diretoria de Execução Estratégica (DEE) e da Secretaria Adjunta de Inteligência  da Segurança Pública (SESP).

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Homicida foragido de Sinop é preso pela Polícia Civil em Sorriso

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um homicida foragido da Justiça teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na sexta-feira (19.07), em Sorriso (442 km ao Norte). O suspeito, Moutim da Silva , teve a ordem de prisão decretada pela Comarca de Sinop (499 km ao Norte).

Há aproximadamente dois anos, o procurado foi sentenciado a 18 anos de prisão pelos crimes de homicídio e porte ilegal de arma de fogo. Com informações sobre o paradeiro do foragido, os policiais da Delegacia de Sorriso conseguiram localizá-lo no município dando cumprimento a ordem de prisão.

Após os procedimentos de praxe, o suspeito foi colocado a disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Veja Também  Operação conjunta contra o tráfico prende sete traficantes na capital
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende suspeitos de roubar loja de óculos em VG

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A dupla que roubou uma loja de óculos na Avenida da Feb, em Várzea Grande, foi presa em flagrante pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf). O assalto aconteceu na quarta-feira (17.07) e na quinta-feira (18), os suspeitos, Hilário Marcondes Carreira, 23 anos, e Danilo Catarino Lopes, 21 anos, foram presos pela Polícia Civil.

O delegado Guilherme de Carvalho Bertoli autuou os dois por roubo majorado. Bertoli contou que os dois criminosos, armados, invadiram o estabelecimento e anunciaram o roubo, rendendo clientes e funcionários da empresa. Os dois deixaram o local levando vários produtos, conforme imagens capturadas pelo sistema de segurança da loja.

Pelas imagens também foi possível identificar que um terceiro comparsa deu suporte ao roubo. “Ele aguardava do lado de fora com um veículo de cor prata, com o fim de garantir a fuga dos demais”, disse.

O suspeito Hilário Marcondes Carreira faz uso de tornozeleira eletrônica e de posse dessa informação, os policiais efetuaram buscas prendendo-o na quinta-feira (18). Após ser detido, o suspeito confessou o roubo e apontou o colega Danilo Catarino Lopes, e o terceiro suspeito.  

Veja Também  Operação integrada cumpre 20 mandados de prisão por tráfico de drogas

Danilo Catarino, quando identificado na investigação desse roubo, já estava detido na Central de Flagrantes de Várzea Grande, por outro delito. Ele foi encaminhado até a Derf e também confessou sua participação no roubo.

O veículo GM Corsa usado na fuga dos criminosos foi apreendido. O terceiro suspeito ainda é procurado.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana