conecte-se conosco


Política Nacional

MP-RJ investiga negócios imobiliários do senador Flávio Bolsonaro

Publicado


Flávio Bolsonaro
Jefferson Rudy/Agência Senado – 14.3.19
Filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro, senador Flávio Bolsonaro é investigado pelo caso Queiroz

Participantes de negócios imobiliários envolvendo o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) apareceram entre os alvos dos 95 pedidos de quebra de sigilo fiscal e bancário autorizados pela Justiça do Rio no fim de abril.

Leia também: Flávio Bolsonaro ataca o MP e diz que desconhece paradeiro de Queiroz

Três empresas do ex-jogador de vôlei de praia Fábio Guerra, que comprou em 2017 um apartamento de Flávio Bolsonaro
na Zona Sul do Rio por R$ 2,4 milhões, terão suas informações levantadas pelo Ministério Público do Rio (MPRJ) – além do próprio Fábio e de sua mulher, Jordana Guerra.

Parte do pagamento deste apartamento foi por meio de dinheiro em espécie, de acordo com Fábio. Esta foi a justificativa apresentada pelo senador para os 48 depósitos feitos em sua conta bancária, no valor de R$ 2 mil cada , identificados pelo Coaf
no início do ano.

Veja Também  Projeto determina indicação do valor de perdas não técnicas de energia elétrica

Leia também: Caso Queiroz: quebra de sigilo atinge mãe de miliciano ligado a Flávio Bolsonaro

Fonte: IG Política
Comentários Facebook

Política Nacional

No Senado, CCJ aprova votação aberta sobre prisão de parlamentares

Publicado

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou hoje (15) o relatório da senadora Juiza Selma (PSL – MT) sobre o projeto de resolução PRS 57/2015 que altera o Regimento Interno da Casa para que votações sobre manutenção de prisão de parlamentar sejam abertas.

Para o autor da proposta, senador Reguffe ( Sem partido – DF), o eleitor tem o direito de saber como o seu representante se posiciona em cada uma das votações, seja qual for o assunto em apreciação pelo Plenário. Segundo o senador, seu projeto faz apenas uma adequação do Regimento ao que já diz a Constituição no caso de prisão de parlamentar.

Pelo Parágrafo2º do Artigo 53 da Constituição Federal “desde a expedição do diploma, os membros do Congresso Nacional não poderão ser presos, salvo em flagrante de crime inafiançável. Nesse caso, os autos serão remetidos dentro de 24 horas à Casa respectiva, para que, pelo voto da maioria de seus membros, resolva sobre a prisão”.

O último caso de votação desse tipo envolveu o ex-senador Delcídio do Amaral , em novembro de 2015. À época, em uma votação aberta, os senadores mantiveram a prisão do parlamentar, conforme decisão do Supremo Tribunal Federal.

Como se trata de uma alteração no Regimento Interno da Casa, o texto segue para deliberação da Comissão Diretora da Casa. O colegiado, composto pelos membros da Mesa do Senado, não tem prazo para analisar a matéria que, até o fechamento dessa reportagem, tinha duas emendas apresentadas.

Edição: Fábio Massalli
Fonte: EBC Política
Comentários Facebook
Veja Também  Assessor de Bolsonaro investigado pela Justiça não tem registro na Câmara
Continue lendo

Política Nacional

Bolsonaro cumprimenta crianças que faziam turismo cívico no Alvorada

Publicado

O presidente Jair Bolsonaro surpreendeu na manhã deste sábado (18), acompanhado da primeira-dama, Michele, e do general Augusto Heleno, chefe do Gabinete de Segurança Institucional, ao sair no jardim do Palácio da Alvorada e ir ao portão cumprimentar pouco mais de 100 crianças de uma escola pública de Brasília, que faziam turismo cívico pela cidade.

Recebido com gritos de “Bolsonaro, cadê você, eu vim aqui só pra te ver”, bem-humorado e à vontade, de chinelo, bermuda e camisa da seleção brasileira, o presidente pegou uma das crianças no colo, posou para fotos, enquanto incentivava os pequenos a gritar a frase “Pátria Amada, Brasil”.

O presidente Jair Bolsonaro vem até a entrada do Palácio da Alvorada, e conversa com crianças e posa para fotos.

O presidente Jair Bolsonaro conversa com crianças e posa para fotos no portão do Alvorada – Valter Campanato/Agência Brasil

No encontro, de cerca de 15 minutos, Bolsonaro disse às crianças que o bem sempre vence o mal: “Meu sonho de ser presidente é para ajudar o Brasil. Tem muita gente ruim no Brasil, sabia? Mas o bem sempre vence o mal”, afirmou. Ele acrescentou que a verdade é algo muito importante. Ainda durante a conversa, o presidente também prometeu que irá à escola hastear a bandeira e cantar o hino nacional. A vice-diretora da escola, Cárita Alessandra Sá, disse que o encontro de hoje não foi combinado.

Veja Também  Bolsonaro quer diminuir espera por pequena central hidrelétrica

Sobre o que quis dizer com um texto que teria sido compartilhado por ele ontem (17) no Whatsapp que dizia que o Brasil fora de conchavos é “ingovernável”, o Jair Bolsonaro afirmou: “O texto? Pergunta para o autor. Eu apenas passei para meia dúzia de pessoas”.

Edição: Wellton Máximo
Fonte: EBC Política
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana