conecte-se conosco

Mato Grosso

Governo se reúne com Sintep para ouvir suas reivindicações

Avatar

Publicado

Os secretários de Planejamento e Gestão, Basílio Bezerra, e de Educação Marioneide Kliemaschewsk, se reuniram nesta segunda-feira (13) com representantes do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep) e mantiveram um diálogo franco e aberto sobre as reivindicações da classe e a atual situação financeira e econômica do Estado.

Entre as principais reivindicações estavam o pagamento dos salários integralmente até o dia 10 do mês subsequente ao trabalhado, pagamento de um terço de férias aos contratados, o cumprimento da lei 510/2013 que prevê recomposição salarial de 7,69% mais a inflação de 3,43% referente a 2018, além da melhoria da estrutura física das escolas e nomeação de aprovados no último concurso público.

O secretário Basílio traçou um panorama da situação financeira deficitária do Estado e expôs as ações que o governo está realizando para equilibrar as contas. Ele também falou sobre o trabalho árduo do governo para, a partir de julho, voltar a pagar os salários integralmente no dia 10 de cada mês.

Sobre a Lei 510/2013, o secretário explicou os impeditivos legais como a Emenda Constitucional 81/2017 (PEC dos Gastos), que instituiu o Regime de Recuperação Fiscal, a Lei 614/2019 que estabeleceu normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e a Lei Federal 101/2000 (LRF), que define em 49% da Receita Corrente Líquida o limite com gastos de pessoal.

O último relatório emitido pela Secretaria de Fazenda, do 3º quadrimestre de 2018, aponta que o Estado gastou 57,89% da RCL com despesa de pessoal. Além disso, o Estado passa por uma de suas piores crises financeiras com um déficit acumulado na ordem de R$ 3,5 bilhões.

Contudo, Basílio ressaltou também que o Estado está fazendo a lição de casa quanto à contenção de gastos e maior eficiência na arrecadação com o objetivo de equilibrar as contas públicas.

Em relação ao pagamento de um terço de férias aos contratados, Marioneide disse que foi acordado com o governador Mauro Mendes que em sua gestão esta remuneração será garantida aos servidores da educação.

O Estado possui hoje cerca de 400 escolas que necessitam de melhoria na estrutura física, porém não consegue realizar a recuperação em todas elas em virtude da questão orçamentária e financeira da Seduc. Mediante tal situação, vem adotando medidas para reorganizar as contas da Seduc para que possa retornar os investimentos em infraestrutura, focando nas escolas que se encontram em piores condições nesse quesito.

Quanto às novas nomeações do cadastro de reserva do concurso público de 2017, existe uma comissão trabalhando para realizar um levantamento, em todo o estado, das vagas livres e de fato existentes de acordo com o quadro real de matrículas da rede estadual. Após esse trabalho será analisada a possibilidade de nova chamada do concurso. “Estamos levantando a real demanda que existe para que possamos nomear os aprovados no cadastro de reserva”, disse a secretária.

Ao final da reunião, Basílio pediu aos sindicalistas que levem em conta os esforços que o Governo está fazendo para equilibrar as contas e que deem um crédito à atual gestão não deflagrando uma greve. “Temos convicção que vamos equilibrar as contas. Os balanços mensais já demonstram isso. Peço a vocês um pouco mais de paciência, pois logo colheremos os frutos do esforço que estamos fazendo. Uma greve agora traria muito prejuízo aos estudantes”.

Comentários Facebook

Mato Grosso

SES é notificada sobre três novas mortes por Covid-19 em MT

Avatar

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) recebeu na manhã deste domingo (24.05), a notificação de três novas mortes por Covid-19 em Mato Grosso. No total, já são 40 óbitos no Estado. Duas mortes foram notificadas pelo município de Cuiabá, que já registra 425 casos confirmados de coronavírus; o terceiro óbito envolve um residente de Cotriguaçu, que estava internado em Várzea Grande.

De acordo com os Boletins da SES, as outras mortes causadas em decorrência da Covid-19 em Mato Grosso envolveram residentes dos municípios de Lucas do Rio Verde, Cáceres, Aripuanã, Rondonópolis, Cuiabá, Barra do Garças, Mirassol D’ Oeste, Sinop, Rio de Janeiro, Nova Mutum, Várzea Grande, Vale de São Domingos, Querência, Ponte Branca, Chapada dos Guimarães, Andradina (SP), Alto Boa Vista, São Pedro da Cipa, Juína e Curvelândia.

As informações oficiais sobre os óbitos constarão no Boletim Informativo deste domingo (24), divulgado a partir das 17h.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Rotam prende quatro e apreende 482 comprimidos de ecstasy e mais de 400 notas falsas de real

Avatar

Publicado


.

Policiais da Rotam, batalhão do policiamento especializado da Polícia Militar, prenderem no início da noite deste sábado (23.05) quatro suspeitos, sendo três homens e uma mulher, e apreenderam 475 comprimidos de ecstasy (droga sintética também chamada de bala) no Jardim Imperial, em Cuiabá.

A ação, que teve o apoio da Força Tática, começou com uma abordagem feita próxima a um posto de combustíveis do bairro. Com o homem (37 anos) do qual os policiais suspeitaram e decidiram abordá-lo foram encontradas as primeiras sete unidades de ecstasy e sete porções de cocaína.

Já na casa dele, onde estavam outras três pessoas, dois homens (30 e 19 anos) e a mulher (de 19), os policiais encontraram 468 comprimidos, 475 cédulas falsas de real, sendo 379 de R$ 50 e 109 de R$ 20. A droga sintética estava dividida em cores, 240 comprimidos da cor vermelha, 235 amarelos e sete verdes.

No local também havia um balança de precisão, uma barra de pasta base de cocaína, três pacotes lacrados com centenas de envelopes para embalagem de droga, relógios, anéis, entre outras joias ou bijuterias de cor dourada.

Todos os suspeitos foram conduzidos à Central de Flagrante do Cisc Verdão, em Cuiabá, e podem responder por tráfico de droga, moeda falsa, associação criminosa, entre outros.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana