conecte-se conosco

Mato Grosso

Governo, comunidade e prefeitura são parceiros na retomada das atividades no Memorial Rondon

Avatar

Publicado

O governo do Estado retomou as atividades no Memorial Rondon, localizado no distrito de Mimoso, em Santo Antônio de Leverger. A partir de um plano de ação, a gestão do local será compartilhada com a comunidade, prefeitura municipal e sociedade civil organizada.

Entre os objetivos do trabalho está a oferta de atrativos para os turistas e fomento à interação das famílias, bem como a economia local, uma vez que a ideia é formar um pólo para comercialização e exposição de artesanato e produtos agrícolas da região.

De acordo com o secretário adjunto de Turismo, que está respondendo interinamente como Secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Jefferson Preza Moreno, a reabertura oficial ocorreu no dia do aniversário de Rondon. Na ocasião, houve o lançamento de uma exposição fotográfica e de artes, que a partir de então está fixa no memorial.

O evento foi realizado no dia 4 de maio e no final de semana seguinte, os livros de presença marcaram a visitação de 45 pessoas vindas de Santo Antônio de Leverger, Juína e Cuiabá. “O número deixou a equipe animada e mostra a viabilidade do projeto”.

Há mais de um mês, os técnicos do setor de turismo estão fazendo reunião com os agricultores e com as lideranças locais para definir uma forma de utilização adequada e 

Dentro desta ação, está em processo de confecção um catálogo dos produtos, artesanatos e manifestações culturais.Tudo que pode se transformar em um atrativo turístico entra no rol.

Também está na lista de medidas, a formatação de um cronograma fixo para eventos e se estuda a possibilidade de utilizar a área livre para as famosas festas de santo da região, que reúnem pessoas vindas de toda região de Pantanal.

Estrutura foi inaugurada em 2016 e agora está sendo reocupada pela comunidade

Sobre o projeto

O secretário explica que a retomada foi possível por meio de uma parceria com a Prefeitura de Santo Antônio de Leverger e a Câmara de Vereadores da cidade. “O município designou um servidor e o Estado outro e, agora, temos pessoas para cuidar da exposição e receber os turistas que aparecerem”.

Na avaliação de Jefferson Moreno, o primeiro problema foi sanado, que era manter aberto o Memorial. Neste momento, os esforços estão na segunda etapa, que é a ocupação por parte da comunidade e isto será selado nos dias 25 e 26 de maio, quando está programado uma feira de produtos sustentáveis, produzidos nos sítios de entorno, e artesanato.

A fases seguintes do programa incluem a oferta de serviços que mantenham o fluxo diário de pessoas na edificação. E, para isto, a ideia é deixar um professor de história disponível no local. Ele atenderá os visitantes e será o monitor em visitas estudantis, além de idealizar atividades didáticas.

Outras atividades que serão constantes são as relativas a estruturação das cadeias de agricultura familiar e artesanato, rransformando o espaço em um ponto de reuniões e cursos.

Situação da estrutura

A empresa responsável  pela obra foi acionada para fazer as manutenção e reparos do prédio no começo de fevereiro deste ano. A estrutura ainda estava no período de garantia e não houve custos extras aos cofres públicos.

O projeto foi criado em 1997, mas a obra começou em 2001. Dois anos depois foi paralisada e retomada em 2006, porém sem muitos avanços. A discussão para continuidade do complexo só foi retomada em 2012, com a vinda da Copa do Mundo, em 2014. Porém, só foi reiniciada em 2015 e inaugurada no ano seguinte, em 2018.

No começo do ano, o local estava sendo subutilizado e por este motivo, a secretaria-adjunta de turismo iniciou o processo de reocupação da área.

Comentários Facebook

Mato Grosso

Vem Ser Mais Solidário atende profissionais da área de eventos

Avatar

Publicado


.

A campanha do Governo de Mato Grosso, “Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus” atendeu, nesta sexta-feira (22.05), os profissionais que trabalham no setor de eventos em Cuiabá. Articulado pelo colunista social e produtor de eventos, Fernando Baracat, foram entregues cestas básicas para garçons, seguranças, músicos e vários outros trabalhadores do setor, que em razão da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), estão impossibilitados de trabalhar.

A ação idealizada de maneira totalmente voluntária pela primeira-dama Virginia Mendes e executada por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) tem como objetivo auxiliar famílias que estejam passando por situação de vulnerabilidade durante a pandemia, provendo alimento e materiais de limpeza.

Na Arena Pantanal, sede de arrecadação das doações do projeto, os profissionais beneficiados pela última ação receberam suas cestas seguindo todos os protocolos de saúde e higiene.

Fernando Baracat destacou a parceria com a primeira-dama e agradeceu o carinho e atendimento com os profissionais da classe. “Nós movimentamos bastante a economia com eventos, festas e centenas de trabalhadores estão precisando de ajuda neste momento tão difícil. E a primeira-dama Virginia Mendes tem sido uma grande parceira, provendo alimentos neste momento de extrema dificuldade. Muito obrigada pela ajuda”, disse Baracat.

O garçom João Figueiredo, um dos beneficiados com as cestas, enalteceu as doações. “O Governo e a primeira-dama estão de parabéns com esta ação, pois estão ajudando a todos que mais sofrem na pandemia. Nós estamos impossibilitados de trabalhar, não porque a gente quer, mas por conta do vírus, e as coisas começam a ficar difíceis em casa, faltando comida. Só tenho a agradecer essas cestas e a ajuda”, afirmou.

Para a primeira-dama Virginia Mendes, o objetivo é exatamente este, estender a mão a quem mais precisa neste momento. “Já tive a oportunidade de estar com grande parte desses profissionais em eventos e ocasiões festivas. Tenho um profundo respeito e admiração por todos e sei que somente com união, amor e solidariedade vamos conseguir superar a crise, mas vamos superar e, em breve, estaremos celebrando juntos novamente. Agradeço a todos que estão nos ajudando a levar comida a tantas famílias em Mato Grosso”, finalizou a primeira-dama.

Aos interessados em contribuir com essa rede do bem, há duas formas: procurar o ponto de arrecadação na Arena Pantanal, ou se preferir, a doação de recursos pode ser feita diretamente na conta bancária especial, aberta exclusivamente para isso: Banco do Brasil. Agência 3834-2. Conta bancária número 1.042.810-0 (CNPJ: 03.507.415/0009-00). Os recursos financeiros doados serão utilizados integralmente para a compra de cestas básicas.

 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Sema garante novos equipamentos que fortalecerão fiscalização ambiental

Avatar

Publicado


.

O Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA) e a Delegacia Especializada de Meio Ambiente receberam nesta sexta-feira (22) uma camionete, um barco e equipamentos de campo. A entrega foi realizada por meio do Programa de Apoio Operacional da Usina Hidrelétrica de Sinop dentro do processo de licenciamento realizado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).

“A entrega foi feita para fortalecer as ações de campo e o apoio que essas instituições nos dão nas ações de proteção ao meio ambiente”, destacou a secretária adjunta de Licenciamento Ambiental e Recursos Hídricos da Sema, Lilian Santos, que representou a secretária Mauren Lazzaretti durante a solenidade.

Os equipamentos e veículos doados pela UHE Sinop foram recebidos pelo tenente coronel Rodrigo Eduardo Costa, comandante do BPMPA, e pela delegada Alessandra Saturnino, titular da Delegacia Especializada de Meio Ambiente.

“A Sema reconheceu nossas dificuldades e necessidades e intercedeu por nós no processo de licenciamento para que também fossemos contemplados dentro do Plano de Apoio Operacional”, agradeceu o comandante.

Sede nova

O Casarão do Parque Estadual Mãe Bonifácia irá abrigar a sede administrativa do Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA). A entrega das chaves foi feita ontem (22), formalizando o acordo com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente firmado em dezembro de 2019.

A partir da instalação da sede, o Batalhão irá atuar com atividades de educação ambiental, fiscalização e segurança da unidade de conservação que atualmente é um dos cartões postais de Cuiabá.

“Estou na Sema há 22 anos e lembro que o Batalhão sempre nos apoiou para proteger nossas vidas durante os trabalhos de campo. É uma honra recebê-los aqui neste espaço que já foi ocupado, demonstrando a integração entre os órgãos que lutam pela proteção do meio ambiente e qualidade de vida da população”, destacou Lilian Santos.

Para o Tenente Coronel Eduardo, comandante do BPMPA, a utilização do Casarão pelo Batalhão trará à corporação a oportunidade de promover a aproximação com a população, por meio das ações de educação ambiental e de proteção à unidade de conservação.

O Casarão, construção icônica em madeira, estava fechado para reforma. A manutenção foi feita por meio de recursos de compensação ambiental da empresa Matrinchã Transmissora de Energia, que liga Ribeirãozinho até Paranaíta.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana