conecte-se conosco


Esportes

Após ressonância, Anderson Silva confirma que não precisará operar

Publicado

Lance


Anderson Silva deixando o octógono
UFC
Após ressonância, Anderson Silva não precisará passar por cirurgia.

A imagem de Anderson Silva no chão após receber o forte chute de Jared Cannonier na parte de dentro da perna assustou os fãs no UFC 237. Existia o rumor que o ex-campeão tivesse rompido os ligamentos do joelho, no entanto, não foi o que aconteceu. Segundo o site MMA Fighting, nesta terça-feira (14), os ligamentos do lutador estão intactos.

Logo após a derrota no UFC Rio
, no último sábado (11), Anderson Silva
passou por uma ressonância magnética que mostrou não ter tido nenhum rompimento nos ligamentos do joelho. Desta maneira, “ Spider
” precisará passar por fisioterapia para retornar ao octógono.

Aos 44 anos, o retrospecto de Anderson Silva
nas últimas oito lutas não é bom . São seis derrotas, uma vitória e um “No Contest”. Nas redes sociais, o ex-campeão deixou uma mensagem afastado a possibilidade de aposentadoria. Confira: 

Visualizar esta foto no Instagram.

Fala meu povo. ATE O LIMITE… A dor é sua amiga … Ela mostra que vc não esta morto ainda. Dizem por aí que grandes símbolos tornam-se grandes alvos, talvez… mas a coisa mais importante é não se vitimizar se caiu levante, se quebrou conserte, nada de desistir ou achar que não consegue porque perdeu uma batalha. O ditado e um só, eu vou até o fim e quanto mais me pressionarem mas eu vou querer ir até o fim, não existe nada selvagem que sinta pena de si mesmo, um leão velho rodeado de hienas famintas loucas para devora-lo e ele mesmo assim luta até a morte sem nunca ter sentido pena de si mesmo, e não será diferente comigo!!!! Foça e Honra!!!

Uma publicação compartilhada por Anderson “The Spider” Silva
(@spiderandersonsilva) em 12 de Mai, 2019 às 3:16 PDT

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Veja Também  Mulher de Thiago Silva polemiza sobre morte de blogueira: “Se matou porque quis”

Esportes

Reforço da arquibancada! Brasil leva torcida de boliche para o Pan 2019, em Lima

Publicado

Boliche estará no Pan 2019 arrow-options
Divulgação
Boliche estará no Pan 2019

A seleção brasileira de boliche que vai participar dos Jogos Pan-Americanos de 2019 em Lima, no Peru, é formada por Stephanie Martins (SP), Roberta Rodrigues (SP), Marcelo Suartz (RJ) e Bruno Costa (MG) – além do técnico Márcio Vieira (RJ) e da chefe de equipe Karla Redig (RJ).

Leia também: Com detalhes incas e “peruanidade”, medalhas do Pan 2019 são reveladas

E o boliche do Brasil vai contar com o apoio especial de alguns torcedores que viajarão ao Peru especialmente para acompanhar essa modalidade, que acontece entre os dias 25 e 30 de julho.

O grupo de torcedores de São Paulo e Minas Gerais viaja no dia 23 deste mês para dar uma força aos atletas, além de conferir de perto os resultados e compartilhar a emoção da experiência de um torneio internacional.

Os integrantes dessa torcida bolicheira no Pan 2019 são  Lucas Rodrigues, Felipe Tomanini e Flávio Castellões.

“Acreditamos que é nosso papel também dar essa força. É muito bom eles terem nosso apoio e sentir nossa confiança neles. Normalmente no boliche a gente não costuma ter muita gente viajando para acompanhar e esse é um reforço importante para o moral dos jogadores”, afirmou Flávio.

Leia também: Medalhistas do Pan-Americano 2019 ganharão estatueta de argila

“A torcida ajuda a ter mais garra ainda, a demonstrar mais raça e a buscar melhores resultados. A nossa expectativa é de medalha pro Brasil!”, comentou o torcedor, que também pratica a modalidade.

Bruno Costa, Roberta Rodrigues, Marcelo Suartz e Stephanie Martins arrow-options
Boliche online
Bruno Costa, Roberta Rodrigues, Marcelo Suartz e Stephanie Martins, os brasileiros do boliche no Pan

Guy Igliori, presidente da CBBOL (Confederação Brasileira de Boliche), aprova o apoio no Pan 2019. “Torcida é um diferencial em qualquer esporte. O torcedor de boliche brasileiro não costuma viajar para acompanhar torneios fora do país, já que temos informações das transmissão ao vivo e postagens em tempo real nas nossas redes, mas a presença da torcida dá uma energia que pode mudar resultados. Então essa vibração será muito boa para nossos atletas”, disse.

Veja Também  Climão na Globo, provocações e polêmica… Veja os acontecimentos desta semana

Marcelo Suartz, atual campeão pan-americano de boliche – que trouxe o primeiro ouro da modalidade para o Brasil dos Jogos do Canadá, em 2015, e tem mais um bronze individual da competição no México, de 2011 -, acredita na importância dessa conexão com a torcida: ” É um combustível poderoso, sem dúvida”, disse.

Leia também: Federação Internacional de Boliche busca vaga para Jogos Olímpicos de 2024

Já Roberta Rodrigues destacou que a torcida é um grande diferencial, principalmente em um torneio tão importante: “Os torcedores nos motivam ainda mais, nos apoiam e nos dão força. Meu irmão, Lucas, está indo torcer e isso me deixa mais tranquila e confiante. Estou muito animada em ter torcida brasileira lá no Peru”, celebrou a atleta.

Também confirmado no Pan de Lima, Bruno Costa vai além: “Ter o apoio da torcida é sempre melhor. Quando as pessoas estão presentes e torcendo é mais estimulante pro jogador. Eu me coloco num modo ‘Libertadores’”, brincou o campeão brasileiro de boliche.

O boliche no Pan 2019

Convocados do Brasil para o boliche do Pan 2019 arrow-options
Site oficial
Convocados do Brasil para o boliche do Pan 2019

Os treinos livres da seleção brasileira em Lima serão nos dias 22 e 23 de julho, para reconhecimento das pistas. No dia 24 acontecem os treinos oficiais. O torneio começa dia 25, mas o início solene do evento será somente na noite da sexta-feira, 26, com a cerimônia de abertura.

Os brasileiros disputarão provas nas categorias Individual Masculino, Individual Feminino, Duplas Masculinas e Duplas Femininas.

A programação da modalidade prevê medalhas a partir do dia 27, data de premiação das duplas. Nos dias 28 e 29 são as partidas individuais e no dia 30 são as semifinais e a final, com a entrega de medalhas a partir das 18h30 (de Brasília). No dia 31, a seleção embarca de volta para o Brasil.

A CBBOL fará a divulgação de flashes das partidas de boliche pela sua página do Facebook , além de postagens de fotos no  Instagram e também no Twitter .

Veja Também  Hulk iraniano chama brasileiro de covarde após desistência de luta

A equipe brasileira

Marcelo Suartz arrow-options
Saulo Cruz/Exemplus/COB
Marcelo Suartz

Marcelo Suartz, o Ouro no Pan 2015 : O paulistano Marcelo Suartz está filiado à Federação do Rio de Janeiro, onde joga pelo Clube Vasco da Gama. Dentre suas principais conquistas, destaca-se a Medalha de Ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2015. É o único brasileiro com duas partidas perfeitas nos Estados Unidos homologadas pelo USBC (United States Bowling Congress), a entidade máxima do boliche norte-americano, em 2007 e 2017.

Partida Perfeita é quando um jogador consegue fazer uma linha completa com 12 strikes, atingindo o máximo possível de pontos numa só partida, ou seja 300 pontos. No registro brasileiro de partidas perfeitas Marcelo tem mais dois 300 homologados, em 2016 (na Eliminatórias Brasileiras) e 2012 (no Ibero-Americano). 

Bruno Costa arrow-options
Boliche online
Bruno Costa

Bruno Costa, com DNA de campeões : O mineiro Bruno Costa conquistou recentemente o título máximo nacional pela primeira vez. Está filiado à Federação Mineira de Boliche, mas joga pelo Fluminense, do Rio de Janeiro. É o único canhoto do quarteto. Bruno é filho do maior campeão brasileiro de todos os tempos, Walter Costa, e também da super campeã Jacque Costa, ambos de Minas Gerais. Bruno foi vice-campeão Sul-Americano no ConsuBowl 2017 e Medalha de Prata no PABCON Inter-Americano 2018. Ele tem uma partida perfeita (300 pontos) homologada oficialmente em 2014 na Taça São Paulo.

Stephanie Martins boliche arrow-options
Facebook
Stephanie Martins

Stephanie Martins, a campeã recordista : Stephanie Martins é filiada à Federação Paulista de Boliche e joga pelo Esporte Clube Pinheiros, que frequenta desde pequena. É octacampeã brasileira de clubes, bicampeã brasileira individual (2017 e 2018) e bicampeã universitária nos Estados Unidos pela Webber University. Foi campeã e recordista Pan-Americana no PABCON Feminino de 2018, disputado em Santo Domingo, na República Dominicana. 

Roberta Rodrigues arrow-options
Arquivo pessoal
Roberta Rodrigues

Roberta Rodrigues, a hexacampeã brasileira : Roberta Rodrigues é filiada à Federação Paulista de Boliche e joga pelo Esporte Clube Pinheiros, como atleta convidada. Roberta já foi seis vezes campeã brasileira individual, em 2016, 2012, 2011, 2010, 2009 e 2008. octacampeã brasileira de clubes, bicampeã sul-americana Iindividual na Fase Master e medalha de bronze no Pan-Americano Campeão dos Campeões.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Confira a agenda do futebol deste domingo, dia 21 de julho de 2019

Publicado

Flamengo mede forças com o Corinthians na Arena Itaquera arrow-options
ELDIO SUZANO/PHOTOPRESS/Agência O Globo
Flamengo mede forças com o Corinthians na Arena Itaquera

A agenda do futebol deste domingo (21) está cheia de bola rolando. A 11ª rodada do Brasileirão da Série A é o destaque. Séries C e D também agitam os gramados.

Confira abaixo todos os jogos do dia. Os horários da  agenda do futebol  são de Brasília.

Série A

11h00 – Botafogo x Santos

16h00 – Atlético-MG x Fortaleza

16h00 – Corinthians x Flamengo

19h00 – Avaí x Goiás

Série C

16h00 – Confiança x Imperatriz

17h00 – Luverdense x Tombense

18h00 – Náutico x Treze

Série D – Jogos de volta das quartas de final

15h00 – Jacuipense x Floresta (ida 2 x 2)

16h00 – Brusque x Juazeirense (ida 0 x 1)

Copa dos Campeões Internacionais – Torneio Amistoso

08h30 – Juventus x Tottenham

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Veja Também  Hulk iraniano chama brasileiro de covarde após desistência de luta
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana