conecte-se conosco


Nacional

Ex-ditador do Sudão é acusado na Justiça por morte de manifestantes

Publicado


Ex-ditador do Sudão, Omar al-Bashir
Divulgação
Ex-ditador do Sudão, Omar al-Bashir foi acusado na Justiça por morte de manifestantes

Ex-presidente do Sudão, Omar al-Bashir
foi formalmente acusado na Justiça do seu país pela morte de manifestantes durante protestos contra seu regime, informou nesta segunda-feira (13) o Ministério Público.

Leia também: Manifestantes no Sudão ameaçam militares com desobediência civil

As acusações contra al-Bashir resultaram da abertura de uma investigação sobre a morte de um médico durante manifestações na capital do Sudão
, Cartum. Em nota, a promotoria sudanesa recomendou acelerar a investigação sobre a morte dos manifestantes. Outras pessoas foram acusadas junto com o ex-presidente.

Em 11 de abril,  al-Bashir foi deposto num golpe militar
que sucedeu meses consecutivos de protestos. Ele governava o país há três décadas. 

O Tribunal Penal Internacional (TPI) o acusa de crimes de guerra, crimes contra a Humanidade e genocídio pelos conflitos na região de Darfur, no oeste do Sudão. O presidente nega. Em abril último, dez dias após a sua deposição, Ministério Público também abriu investigação por lavagem de dinheiro contra o ex-ditador, após a apreensão do equivalente a R$ 440 milhões na sua casa
.

Veja Também  PF prende funcionários acusados de traficar remédios da Santa Casa para os EUA

De 75 anos, al-Bashir enfrentou rebeliões armadas, crises econômicas e tentativas do Ocidente de torná-lo um pária, mas só caiu após uma onda de protestos desencadeada em dezembro passado por cortes nos subsídios do pão e dos combustíveis no Sudão
. As manifestações contra o aumento do pão cresceram e passaram a pedir sua saída até que o ministro da Defesa, Awad Mohamed Ahmed Ibn Auf, anunciou sua deposição.

Fonte: IG Nacional
Comentários Facebook

Nacional

Vídeos mostram medo e estragos causados por vendaval em Porto de Galinhas (PE)

Publicado

Moradores registraram, espantados, a força do vendaval na manhã deste sábado (20) arrow-options
reprodução/ Whatsapp
Vendaval assustou população de Porto de Galinhas neste sábado (20)


“Passou um tornado aqui em Porto de Galinhas “, exagera um morador, enquanto grava um dos locais prejudicados pela ventania que assustou moradores da cidade turística neste sábado (20).

A chuva começou de madrugada, mas o vendaval arrastou cadeiras, tendas e galhos de árvores por volta das 8h30.


Leia também: Saiba o que fazer em Porto de Galinhas em família, a dois e sozinho

Comércios tiveram prejuízos , com cadeiras e mesas arrastadas pelo vento. 

Conforme divulgado pela Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac), o vento acompanhado da chuva chegou a 32 km por hora. Ainda conforme a Agência, o normal para a região é de 7 km por hora. A Apac havia alertado a população e autoridades na sexta-feira (19).  “O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta para perigo potencial de fortes ventos costeiros, entre 11 a 16 m/s (40-60 km/h), no período das 16h desta sexta (19) ás 10h de sábado, na Região Metropolitana do Recife, Zona da Mata Norte e Sul e Agreste.”

Veja Também  Bebê nasce com “três cabeças” e pai tenta enterrá-lo vivo


Leia também: O melhor de Porto de Galinhas

Segundo o Inmet, esse tipo de fenômeno natural é comum entre os meses julho e agosto por causa da queda nas temperaturas e aumento da força dos ventos.

Fonte: IG Nacional
Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Homem mata namorada e compartilha fotos da vítima nas redes sociais

Publicado

IstoÉ

Bianca Devins arrow-options
Reprodução/Instagram
Bianca Devins morreu na última segunda-feira (15) e o suposto namorado, Brandon Andrew Clark, é o culpado

Bianca Devins, de 17 anos, digital influencer norte-americana, morreu na última segunda-feira (15), e o principal suspeito é Brandon Andrew Clark, namorado da garota há dois meses. O crime aconteceu em Utica, em Nova York, nos Estados Unidos. Após cometer o assassinato, o homem teria feito imagens da garota morta e publicado na internet.

Leia também: Ministro compartilha vídeo e fotos ironizando confusão em protesto estudantil

“Desculpem-me, seus f***. Vocês terão que encontrar outra pessoa para ‘urubuzar’”, dizia a legenda do post, que mostrava Devins com o pescoço cortado dentro de um carro. Internautas do 4chan e do Discord alertaram a polícia sobre o ocorrido, logo após as fotos viralizarem nas redes sociais. Cerca de 24 horas depois, elas foram apagadas pelas empresas responsáveis.

A investigação afirma que Brandon e Bianca se conheceram pelas redes sociais e teriam ido juntos a um show no sábado, dia 13. Testemunhas no local dizem que o casal foi visto fumando maconha antes de acompanhar a apresentação.

Leia também: Bolsonaro diz que não se referiu aos nordestinos com o termo “paraíba” 

Veja Também  Operação contra milícia mira secretário de defesa civil e outros 32 no Rio

De acordo com a revista “Rolling Stone”, apesar de Brandon ser apontado como namorado pela polícia, uma amiga de Bianca diz que eles não eram namorados, e que o rapaz tinha uma paixão “platônica” pela garota.

Leia também: Vaticano abre mais dois ossários para procurar garota desaparecida há 36 anos

Após o assassinato, Brandon teria ligado para a polícia dizendo que iria se matar. Porém, o homem  foi encontrado a tempo e foi submetido a uma cirurgia de emergência. Amigos do garoto o descreveram como “solitário” e “fã obcecado que stalkeava Devins”. O crime teria acontecido após ele ser rejeitado por ela durante o show.

Fonte: IG Nacional
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana