conecte-se conosco


Diárias de Mercado

ETANOL/CEPEA: Hidratado se desvaloriza e açúcar remunera 39% a mais

Publicado

Cepea, 14/5/2019 – Com a estabilidade do preço do açúcar cristal no mercado spot paulista neste início de moagem e com as frequentes desvalorizações dos etanóis hidratado e anidro, a relação entre esses produtos ficou ainda mais vantajosa para o alimento. De acordo com cálculos do Cepea, entre 6 e 10 de maio, o açúcar remunerou 39% a mais do que o etanol hidratado, contra 34% na semana anterior (de 29 de abril a 3 de maio). No caso do etanol anidro, o alimento teve vantagem de 23% na última semana, acima dos 20% do período anterior. Na parcial de maio (até o dia 13), o Indicador CEPEA/ESALQ açúcar cristal acumula alta de 2,16% no estado de São Paulo, enquanto os Indicadores CEPEA/ESALQ do hidratado e do anidro acumulam quedas de 13,2% e de 5,27%. Segundo colaboradores do Cepea, a desvalorização do etanol está atrelada à maior oferta do biocombustível por parte de algumas usinas, devido à necessidade de “fazer caixa”, mesmo com outras unidades se mantendo firmes quanto aos preços pedidos – esses vendedores, inclusive, se afastaram do mercado, alegando que as cotações estão em um patamar pouco atrativo. A demanda, por sua vez, seguiu firme. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: Diárias de Mercado
Comentários Facebook
Veja Também  TOMATE/CEPEA: Contaminação de mudas afeta produção de Sumaré

Diárias de Mercado

TOMATE/CEPEA: Contaminação de mudas afeta produção de Sumaré

Publicado

Cepea, 17/5/2019 – As mudas de tomate transplantadas na região de Sumaré (SP) vêm apresentando problemas no enraizamento, devido à infestação de cancro bacteriano em um dos viveiros que produz as mudas locais. Segundo agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea, no momento do transplantio, as mudas não apresentavam sintomas; somente após 20 dias é que foi possível observar a contaminação. Contudo, acreditava-se que com um bom manejo, seria possível recuperar as plantas, o que não aconteceu. De acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, a infestação afetou pelo menos metade das plantas cultivadas na região nesta primeira parte da safra de inverno, o que corresponde a aproximadamente 1,5 milhão de mudas. Nessas lavouras, a produtividade não deve superar 150 caixas por mil pés, o que aumentou expressivamente os custos unitários, resultando em prejuízo, apesar dos elevados patamares de preços no período. Muitos produtores devem encerrar a safra neste mês e iniciar o semeio em junho, para que os transplantios ocorram até julho. A razão da contaminação das mudas ainda é desconhecida. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: Diárias de Mercado
Comentários Facebook
Veja Também  TOMATE/CEPEA: Contaminação de mudas afeta produção de Sumaré
Continue lendo

Diárias de Mercado

FRANGO/CEPEA: Alto no valor da carne suína eleva competitividade do frango

Publicado

Cepea, 17/5/2019 – A carne de frango – que é tradicionalmente a proteína mais consumida pelos brasileiros, devido ao menor preço frente aos das principais concorrentes – vem se encarecendo no mercado doméstico. Apesar disso, entre abril e a parcial de maio (até o dia 16), a valorização da carne suína foi ainda maior do que a do frango, ampliando a competitividade dessa proteína. Já em relação ao preço da carne bovina, que vem se mantendo estável, houve perda na competitividade. Segundo pesquisadores do Cepea, o movimento altista das cotações da carne de frango tem favorecido principalmente os exportadores. Para os agentes que comercializam apenas no mercado interno, porém, os aumentos têm reduzido a liquidez. Uma vez que o frango vivo também tem se valorizado, agroindústrias têm dificuldades em reduzir o preço de venda da carne. Enquanto em abril a carne suína era 1,73 Real/quilo mais cara do que o frango, na parcial de maio, essa diferença ampliou-se para 1,81 Real/kg, aumentando em 4,6% a competitividade da proteína avícola. Já no comparativo com a carne bovina, o frango teve sua competividade reduzida em 0,67%, com a diferença de preços passando de 6 Reais/kg em abril para 5,96 Reais/kg na parcial deste mês (até o dia 16). Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: Diárias de Mercado
Comentários Facebook
Veja Também  CITROS/CEPEA: Oferta elevada pressiona cotações das frutas cítricas
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana