conecte-se conosco

Várzea Grande

Equipe do Bonsucesso é campeã da Copa Industrial de Futebol Amador de Várzea Grande 2019

Avatar

Publicado

Com o placar apertado de 1 a 0, a equipe do Vila Nova do distrito de Bonsucesso sagrou-se campeã da edição 2019 da Copa Industrial de Futebol Amador de Várzea Grande, promovida pela Superintendência de Esporte da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer em comemoração aos 152 anos de fundação de Várzea Grande. O Vila Nova disputou o título jogando contra a equipe do Veteranos do Água Vermelha, na tarde do último sábado, 11, no miniestádio do bairro Manaíra.

A partida final foi muito disputada com as iniciativas de ataques partindo dos dois times até os últimos momentos da disputa, acompanhados com muita empolgação pela torcida dos dois times que se faziam presentes no miniestádio Josemar José da Silva. O único gol da partida foi marcado pelo meio de campo e camisa oito, Deivison Barbosa da Silva, durante o segundo tempo da partida e determinou a vitória da equipe do Bonsucesso.

 Após a partida, os dois times foram agraciados com troféus e medalhas pela prefeita Lucimar Sacre de Campos, acompanhada pelo senador Jayme Campos, secretário Silvio Fidelis e o superintendente de Esporte, Jadir Pereira. Também receberam troféus o goleiro menos vazado, Jallyson Magalhães, artilheiro Euller da Silva, com 11 gols, ambos do Vila Nova Bonsucesso e o representante do Veteranos do Imperial como equipe mais disciplinada.

Em sua fala, o senador Jayme Campos, destacou os avanços conquistados pelo esporte amador de Várzea Grande durante a gestão Lucimar Sacre de Campos. Jayme citou a entrega pela Prefeitura da reforma no ginásio poliesportivo Abdão Profeta, do Jardim Glória, ocorrida na semana passada dentro das festividades dos 152 anos de fundação de Várzea Grande e anunciou a previsão para o mês de setembro a inauguração do novo estádio de futebol Dito Souza no Cristo Rei que estará apto a receber jogos pelo campeonato estadual, além da finalização das obras de reestruturação do Ginásio Fiotão.

Para Lucimar Sacre de Campos, o esporte traz alegria, interação e fortalece a amizade entre as pessoas, além de trazer a população do bairro para os estádios, fomentando cada dia mais a prática de atividades físicas.

O secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Fidelis ressaltou o trabalho junto aos órgãos federais na locação de recursos para viabilizar a construção de mais miniestádios e outros ginásios de esporte, que irão oferecer áreas para fomentar a prática saudável do esporte e possibilitar mais competições esportivas em Várzea Grande.

Com isso, podemos dizer que a grande maioria dos times de Mato Grosso sobrevive por disputas que são realizadas nos campeonatos estaduais, pois muitos times não possuem oportunidades no calendário nacional. Visando uma boa classificação e uma possível vaga na Série D, os times dos bairros jogam como se fossem uma situação de vida ou morte, pois é através do desempenho de cada time que a vaga está garantida.

“A Copa Industrial está consolidada no calendário da Cidade, valorizando o esporte amador. Os miniestádios, palco desta competição, promovem utilização social, lazer, diversão, esporte, estimulam o comércio local e revelam talentos. Nós esperamos que esses desportistas, muitos deles jovens, despontem no cenário local, nacional e internacional”, destacou o secretário..

Pelo Vila Nova Bonsucesso jogaram: Jalysom Magalhães, Jefferson Fortes, Vanilton Vieira, Paulo César Junior, Deivison da Silva, Leonan Barros, Lucas Carbonera, Walderson Magalhães, Robson Rosas, Euler Rodrigues, Janderson Silva, Cleiton Silva, Alcides Filho, João Silva, Márcio Bastos, Edmilson Junior, Alessandro Silva e Marcelo Vitor. Sob o comando do técnico Renato Ribeiro.

A equipe do Veteranos Água Vermelha disputaram: Fernando Leite, Alexandre Campos, Vanildo Campos, Gonçalo Costa, Allan Henrique, Natalino Campos, José Cerilo, Ronaldo Ramos, Fadislam Silva, Willian de Almeida, Haiaher Costa, Júnior Lopes, Jarilson Silva, Lucas Matheus, Reginaldo Ramos, Marcelo de Moraes, Sérgio Silva e Daniel Duarte. Com Hemelis Bispo da Silva no comando técnico.

Por: Da redação – Secom/VG

Comentários Facebook

Várzea Grande

Várzea Grande e Univag se unem para atender especialidades médicas

Avatar

Publicado


.

21/05/2020    20

Visando retomar os atendimentos e tratamento de outras enfermidades que afligem a população e que estavam suspensas por causa da centralização
ao combate a pandemia do Covid- 19, levaram a Prefeitura de Várzea Grande e o Centro Universitário – UNIVAG a reforçarem a parceria já existente e
abrirem para atendimentos a população que for regulada após passarem nas unidades de saúde municipal.

Os casos das áreas de Cardiologia, Ginecologia inclusive de risco,Infectologia, Pediatria, Ortopedia, Neurologia, Endocrinologia,Pneumologia, Reumatologia, Fisiatra, Psiquiatria, Fisioterapia,
Fonoaudiologia, Psicologia e Odontologia serão encaminhados após estarem no SISREG – Sistema de Regulação, que é feito nas unidades de saúde municipais, passarão por uma triagem para que haja ordenamento nas consultas evitando aglomerações e contatos desnecessários para então serem atendidos a partir da semana que vem.

A prefeita Lucimar Sacre de Campos sinalizou que o UNIVAG sempre foi parceiro da Administração Municipal e promove muitos atendimentos em várias áreas como saúde, educação, social, justiça entre outras promovendo uma política social e participando ativamente do dia a dia da segunda maior cidade de Mato Grosso.

Ela lembrou da atuação de estudantes de Arquitetura que reformam espaços públicos em Centros Municipais de Educação Infantil (Creches) e nas Escolas Municipais de Educação Básica – EMEBs para atender alunos da Rede Públicas Municipais.

“Vamos utilizar a Clínica Ampliada deles para promover os atendimentos que estavam suspensos por causa do Covid- 19 e retomar os atendimentos para aqueles que necessitam e acabam prejudicados pela pandemia”, disse a prefeita de Várzea Grande, frisando que a intenção da administração é promover o retorno a normalidade, mas necessita, para isto, que as
pessoas se conscientizem e cumpram com seu papel de isolamento social quando possível ou de distanciamento e regras de segurança quando necessitam trabalhar e se relacionar com outras pessoas.

Os secretários municipais de Saúde, Diógenes Marcondes e de Governo,Kalil Baracat, visitaram as instalações da Clínica Ampliada do Centro Universitário de Várzea Grande – UNIVAG e acompanhados do vice-reitor,Flávio Henrique dos Santos Fogel, conheceram as instalações ponderando que os atendimentos serão feitos pelos professores que são médicos
doutores e por acadêmicos dos cursos de medicina e odontologia que se encontram em residência médica, ou seja, já realizando atendimentos dos
casos e especialidades para as quais estudaram.

“Por causa do risco alto de contaminação do Covid- 19, a Organização Mundial de Saúde e o Ministério da Saúde, recomendaram que todos os procedimentos, atendimentos e até mesmos cirurgias eletivas (aquelas que não são de urgência e emergência), fossem suspensas até o controle da doença, o que pode se estender além dos prazos iniciais, então como já
realizamos atendimento na Clinica Ampliada do Curso de Medicina do UNIVAG, vamos retomar estas atividades com mais força nos atendimentos de casos que não do Covid- 19 e com mais rigor e controle”, disse o secretário de Saúde de Várzea Grande, Diógenes Marcondes.

O secretário de Governo de Várzea Grande, assinalou que as parcerias de sucesso que a administração da prefeita Lucimar Sacre de Campos constrói são voltadas para um único objetivo, atender a população e trabalhar na construção de uma Várzea Grande melhor para todos.

“Isto se chama cidadania, ou seja, utilização de um aparato privado de ensino que sempre obtém as melhores notas de avaliação do Ministério da Educação para as áreas médicas e odontológicas, se une a Prefeitura Municipal para construir soluções para atender a população, aqueles que necessitam do Sistema Único de Saúde – SUS, de forma gratuita e
eficiente para cuidar da saúde dos demais. Essa ação demonstra o compromisso da prefeita Lucimar Sacre de Campos e da UNIVAG por uma Saúde Pública de melhor qualidade, mais humana e mais presente. São com medidas desta natureza que iremos mudar este quadro que aí está e debelar esta pandemia”, disse Kalil Baracat.

O vice-reitor do Centro Universitário de Várzea Grande, Flávio Henrique dos Santos Fogel, sinalizou que o interesse da instituição vai mais além do que formar profissionais em diversas áreas superiores, como também contribuir de forma decisiva para a consolidação de Várzea Grande como uma metrópole, com serviços de qualidade e eficientes.

“Se todos ajudarem enquanto participantes da mesma sociedade, com certeza venceremos mais este obstáculo e com a participação de todos”,
assinalou o vice-reitor.

Antes de concluírem a visita os secretários municipais e o vice-reitor do UNIVAG, reafirmaram a necessidade das pessoas se conscientizarem e utilizarem os meios de segurança, não apenas de suas vidas, mas da vida daqueles que convivem com eles. “Usem máscaras cotidianamente, luvas quando necessitarem, água e sabão e mais álcool gel, além do distanciamento de 1,5 metros de quem necessita se relacionar com demais pessoas ou fiquem em casa em Home Office para os que podem”, disseram.

 

Por:

Comentários Facebook
Continue lendo

Várzea Grande

Cidade Industrial caminha a passos largos para a ‘Inovação Tecnológica’

Avatar

Publicado


.

21/05/2020    21

“Em dois anos, a cidade de Várzea Grande, que completou 153 anos, se tornará um dos principais polos de desenvolvimento tecnológico e econômico de Mato Grosso”, disse o Governador Mauro Mendes, durante ato de assinatura de ordem de serviço para construção do Centro de Inovação do Parque Tecnológico em Várzea Grande, no dia 15 de maio, no Palácio Paiaguás. A obra está orçada em R$ 8,7 milhões. O Centro de Inovação tem 80 hectares sendo 16 deles voltados para instituições públicas, empresas âncoras e startups, e mais 64 hectares voltados à instalação de empresas e organizações, privadas que estejam alinhadas com os eixos estratégicos do Parque Tecnológico.

“Será um ambiente voltado à criação, desenvolvimento, disponibilização de soluções tecnológicas e atração de empresas inovadoras ao mercado. Investir em tecnologia é investir no futuro, agregar valores e atrair emprego, e tudo isso será possível, porque nosso Estado tem grande potencial no agronegócio, e vamos incentivar pesquisas que possam ser aplicadas e com soluções para aumentar a nossa produção agrícola. O agronegócio e competitivo e precisamos aprimorar com pesquisa e tecnologia. Várzea Grande foi escolhida para sediar o Parque por ser um município estratégico e pertencer a Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá. E para nossa surpresa 18 empresas já se manifestaram interesse em empreender em Mato Grosso, no formato do Parque Tecnológico”, afirmou o Governador.

A prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos, frisa que a cidade busca nova identidade econômica, sem abandonar o potencial industrial e de prestadora de serviços. “O Parque Tecnológico deverá, além de potencializar a nossa industrialização, voltada principalmente para o agronegócio que é a mola propulsora da economia de Mato Grosso, nos transformar em um polo educacional, onde será formada a mão de obra técnica que atenderá indústrias e comércios que ali estarão. Com a efetivação, e as obras prontas poderemos dizer que Várzea Grande continuará sendo a ‘Cidade Industrial’ e a cidade da ‘Inovação Tecnológica’ ”, afiançou a prefeita.

O Governador no ato de assinatura, nas presenças da prefeita Lucimar Sacre de Campos , Senador Jayme Campos e do ex – Governador Júlio Campos, fez questão de destacar a importância hoje do município de Várzea Grande no cenário  social e econômico que voltou a prosperar e desenvolver na gestão da prefeita Lucimar Campos.

“Parabenizo Várzea Grande que desenvolve e agrega valores. São dois presentes que a cidade e sua população recebem nos seus 153 anos do Governo do Estado. Um o início das obras do Parque Tecnológico, e o outro a reconstrução geral do Hospital Estadual Metropolitano, que vai reforçar a Rede SUS do município, com uma estrutura de 278 leitos, sendo 238 de enfermaria e 40 UTIs, que entregamos no dia 14 de maio. Já o Parque Tecnológico que de fato e de direito, com todos os documentos legais, possibilitou o ato para início das obras . As obras estavam paralisadas, há 10 anos, por que não havia garantia do orçamento e muito menos os documentos estavam legalizados. Saiu do papel na certeza do seu funcionamento. A nossa gestão está calçada na responsabilidade. Só autorizamos obras que serão concluídas e o mais importante , com o orçamento definido”,afirmou o governador.

Já  o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Nilton Borgato ,destacou que o  empreendimento vai funcionar inicialmente em três módulos Parque Tecnológico com espaço para o desenvolvimento de inovação pelas empresas, Parque de serviços focado na promoção de serviços e Parque científico com espaço para formação e qualificação de pessoas, núcleos de universidade, laboratórios e centros de pesquisa e desenvolvimento.

O senador Jayme Campos, disse que o Parque vai ser construído na região conhecida como Chapéu do Sol, onde está expandindo a área urbana da cidade, também com a instalação da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT). “ Agora  a Região abrigará o Parque Tecnológico de Mato Grosso, um espaço voltado à inovação e pesquisa em tecnologia, além de estrutura judiciária e investimentos imobiliários. Toda essa estrutura dará origem à uma nova Várzea Grande, uma cidade moderna e com grande potencial de mais desenvolvimento.Com certeza o Governador Mauro Mendes está administrando Mato Grosso com os pés no chão, algumas medidas interpretadas como duras no início do seu Governo, agora estão aparecendo em obras, ajustamento das contas públicas e possibilitando cada vez mais investimentos e novas obras”,  afiançou o Senador. 

 

 

Por: Da Redação – Secom/VG

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana