conecte-se conosco


Curiosidades

Fonte na Itália é acusada de satanismo e passa por “sessão de exorcismo”

Publicado


Fonte Itália
Reprodução/Ansa
Obra do artista Luigi Ontani, escultura da fonte foi definida como “um horrível satanás”

Era para ser apenas um elogio em bronze e mármore ao rio Reno, mas uma fonte esculpida pelo artista Luigi Ontani e inaugurada em abril passado na pequena cidade de Vergato, norte da Itália, virou alvo de polêmicas e até acusações de “satanismo”.

A estátua central da fonte
representa o rio Reno (o da Emília-Romana, não o da Alemanha) com as feições de um fauno, divindade campestre da mitologia romana. A escultura de bronze carrega nos ombros um querubim que simboliza o Vergatello, um dos principais afluentes do Reno.

Leia também: Macaco é morto por outros do próprio bando após ficar impotente em zoológico

Na parte de baixo, em mármore, um Tritão representa os Apeninos, cadeia montanhosa que corta a Itália de norte a Sul. A água emerge das bocas das duas estátuas centrais e das partes íntimas do fauno, uma composição típica de Ontani, premiado artista que equilibra imagens sacras, o kitsch, a ironia e a provocação.

No entanto, um post no Facebook do senador Simone Pillon, do partido ultranacionalista Liga, desencadeou uma polêmica
de proporções bíblicas em torno da fonte, cuja inauguração passara despercebida um mês atrás.

Veja Também  Família volta para casa após enchente e encontra tigre dormindo em cima da cama

No texto, Pillon definiu a escultura como “um horrível satanás
“. A partir disso, movimentos religiosos e de extrema direita passaram a protestar contra a obra, que amanheceu vandalizada com estrume nesta quinta-feira (9).

Os autores do ataque, ainda não identificados, também deixaram no local panfletos com o título: “Contra sua arte degenerada e sua alma danada”. A mensagem, escrita em tons apocalípticos, contém citações bíblicas e atribui o vandalismo a “soldados de Cristo”.

Além disso, um autoproclamado exorcista
chegou à cidade de Vergato, que tem apenas 7,6 mil habitantes, para realizar orações em frente à fonte. Davide Fabbri, contudo, também é um conhecido militante de extrema direita e já foi condenado a seis meses de cadeia por apologia ao fascismo.

Ele se apresentou com a Bíblia em mãos e começou a ler alguns versos contra “presenças satânicas”. Enquanto Fabbri “exorcizava” a estátua, cerca de 200 cidadãos protestavam e o chamavam de “maluco”.

Leia também: Homem cai dentro de vulcão no Havaí e sobrevive

“Não tinha a intenção de provocar nem escandalizar ninguém, nem de transgredir. Trata-se apenas de mitologia representada em uma dimensão de fantasia”, justificou Ontani. A obra conta com apoio do prefeito Massimo Gnudi e foi financiada em parte pela sociedade civil local.

Veja Também  Casal cai do 9º andar de prédio durante sexo na varanda em ‘festa selvagem’

“Respondemos a essas pessoas que elas não ofenderam apenas um artista; ofenderam toda uma comunidade. Vergato não se deixará intimidar”, disse Gnudi.

Fonte: IG Curiosidades
Comentários Facebook

Curiosidades

Data limite de Chico Xavier é neste sábado; entenda

Publicado

Chico Xavier arrow-options
Divulgação
A história do médium mais famoso do Brasil virou filme em 2010

Em 1971, Chico Xavier, deu uma entrevista à extinta TV Tupi na qual afirmou que o dia 20 de julho de 2019 era a data limite para a humanidade passar por transformações profundas. “Se não entrarmos numa guerra de extermínio nos próximos 50 anos, então podemos esperar realizações extraordinárias da ciência humana, partindo da lua”, disse Chico no programa Pinga-Fogo.

Leia também: Família volta para casa após enchente e encontra tigre dormindo em cima da cama

Segundo Chico Xavier , quando o homem pisou na Lua, no dia 20 de julho de 1969, algumas entidades se reuniram no mundo espiritual e decidiram dar o prazo de 50 anos para a humanidade. Se ao fim deste período, não tivesse acontecido a Terceira Guerra Mundial, a Terra e seus habitantes viveriam uma nova era. 

Na época, a Guerra Fria ainda imperava no mundo e as tecnologias nucleares estavam se tornando cada vez mais desenvolvidas. Por isso, temia-se que em caso houvesse uma grande guerra ela resultaria na destruição completa do planeta.

Juliano Pozati, autor do livro “ Data Limite – Segundo Chico Xavier” e roteirista do filme de mesmo título, afastou em entrevista ao programa Pânico, da rádio Jovem Pan , a ideia da data limite de qualquer teoria da conspiração ou previsão de fim do mundo, como o “bug do milênio” ou o apocalipse. Segundo ele, “a data limite não tem a ver com o fim do mundo, e sim o começo de uma nova era”. O termo, aliás, sequer foi cunhado pelo médium

Veja Também  Família volta para casa após enchente e encontra tigre dormindo em cima da cama

Leia também: Francês de 72 anos atravessa Oceano Atlântico a bordo de tonel sem motor

No seu Facebook, Pozati disse que trata-se de “um marco de um processo de transição planetária, que nos convoca a nos conectar com novas energias para que enfim possamos descobrir o nosso protagonismo e papel na construção desse novo mundo”.

Na Jovem Pan , ele também explicou que “todo projeto tem fases, todas as fases têm metas, todas as metas têm data limite. Estamos movendo de uma fase da humanidade para outra”. “Existe um anseio pelo novo, existe um anseio por algo melhor e ao mesmo tempo existe uma fadiga dos paradigmas que nós estamos vivendo, que a gente vê que não funcionam mais”, completou.

Em defesa da teoria, o autor explica que Chico usou argumentos que na época foram considerados absurdos, mas que ao longo do tempo foram se confirmando. Um exemplo foi a obtenção de água no solo lunar, mencionada pelo médium em 1971 mas que só aconteceu em 2009. 

Veja Também  Data limite de Chico Xavier é neste sábado; entenda

Leia também: “Monstro marinho” é encontrado no México; conheça o Regaleco

Para aqueles que acreditam nas previsões de Chico Xavier , é fato que mudanças profundas acontecerão, mas não está claro quais serão elas. Mesmo com a incerteza, o assunto vem sendo comentado ao longo de toda a semana no Twitter:







Mas há também quem vá além e misture a história com outras teorias:




Fonte: IG Curiosidades
Comentários Facebook
Continue lendo

Curiosidades

Família volta para casa após enchente e encontra tigre dormindo em cima da cama

Publicado

tigre arrow-options
Reprodução
Família volta para casa após enchente e encontra tigre dormindo em cima da cama

Uma família do vilarejo de Harmuti, na regiao nordeste da Índia, teve uma enorme surpresa ao retornar para casa nesta quinta-feira (18) após uma monção que esvaziou a região. Ao regressarem à residência, eles se depararam com um tigre adulto dormindo em uma das camas.

Leia também: Francês de 72 anos atravessa Oceano Atlântico a bordo de tonel sem motor

As autoridades foram acionadas para retirar o animal da casa. O grupo India’s Wildlife Trust acabou sendo o responsável pela ação. “A intenção original era sedar o tigre para retirá-lo de lá, mas ele estava calmo e não precisados dos remédios”, informou Rohini Ballave Saikia, diretor do Parque Nacional de  Kaziranga .

De acordo com as autoridades, o felino provavelmente fugiu da reserva por conta das fortes chuvas. O parque de Kaziranga também ainda não encontrou veados, rinocerontes e outros grandes felinos. “Os animais procuram lugares mais altos durante as tempestades e esse tigre deve ter visto o quarto escuro e e fechado e resolveu entrar para se proteger”, explicou Saikia.

Fonte: IG Curiosidades
Comentários Facebook
Veja Também  Casal cai do 9º andar de prédio durante sexo na varanda em ‘festa selvagem’
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana