conecte-se conosco


Policial

Lei Seca prende cinco pessoas por embriaguez ao volante

Publicado

Nara Assis | Sesp-MT

Cinco pessoas foram presas em flagrante por dirigirem sob efeito de álcool neste domingo (21.04), durante blitz da Lei Seca em Várzea Grande. Além disso, uma pessoa foi presa por receptação. A operação integrada ocorreu no km 514 da BR-070, com o total de 90 testes de etilômetros realizados.

Foram lavrados 82 Autos de Infração de Trânsito (AITs), sendo nove pelo Art.165 (dirigir sob influência de álcool), um pelo Art.165-A (recusa de se submeter ao teste) e 72 por outras infrações. Os policiais também recolheram seis Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e removeram 15 carros e cinco motos.

O coordenador do Gabinete de Gestão Integrada (GGI-E) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), tenente-coronel PM Gibson Almeida Costa Junior, destacou o cumprimento do cronograma de operações Lei Seca. “Estamos conseguindo manter um calendário de no mínimo uma operação a cada semana, totalizando quatro por mês. Retomamos a ação em Várzea Grande este ano, a de ontem foi a segunda, antes tínhamos dificuldades de pátio e falta de guincho, mas isso foi resolvido junto à Guarda Municipal”.

Segundo ele, a intenção é ampliar a ação para toda a Baixada Cuiabana de forma constante, visando à redução de acidentes causados por embriaguez ao volante, como o registrado neste final de semana, por exemplo. O pedestre Vitalino Bernardino, de 74 anos de idade, morreu, após ser atropelado por João Carlos Gonzato, que dirigia um caminhão VW de placa MBW-4384 sob efeito de álcool. Ele chegou a ser encaminhado ao Pronto Socorro de Cuiabá, mas não resistiu.

Veja Também  Polícia Civil fiscaliza autopeças na capital e flagra comércio irregular

O acidente ocorreu na noite de sábado (20.04), no bairro Nove Esperança I. O motorista fugiu do local sem prestar socorro, mas foi localizado por policiais militares e encaminhado à Central de Flagrantes. Foi constatada embriaguez ao volante (1,07 mg/L no etilômetro) e ele foi autuado por homicídio culposo. Também foi constatado que este mesmo caminhão já se envolveu em ocorrência com condutor supostamente embriagado no dia 08 de abril deste ano.

A operação

A Lei Seca é coordenada pelo GGI-E da Sesp-MT e conta com a atuação da Polícia Militar (PM-MT), por meio do Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário (BPMTran); Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), por meio da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran); Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) e, nesta edição, da Guarda Municipal de Várzea Grande e da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Homicida foragido de Sinop é preso pela Polícia Civil em Sorriso

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um homicida foragido da Justiça teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na sexta-feira (19.07), em Sorriso (442 km ao Norte). O suspeito, Moutim da Silva , teve a ordem de prisão decretada pela Comarca de Sinop (499 km ao Norte).

Há aproximadamente dois anos, o procurado foi sentenciado a 18 anos de prisão pelos crimes de homicídio e porte ilegal de arma de fogo. Com informações sobre o paradeiro do foragido, os policiais da Delegacia de Sorriso conseguiram localizá-lo no município dando cumprimento a ordem de prisão.

Após os procedimentos de praxe, o suspeito foi colocado a disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Veja Também  Polícia Civil prende suspeitos de roubar loja de óculos em VG
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende suspeitos de roubar loja de óculos em VG

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A dupla que roubou uma loja de óculos na Avenida da Feb, em Várzea Grande, foi presa em flagrante pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf). O assalto aconteceu na quarta-feira (17.07) e na quinta-feira (18), os suspeitos, Hilário Marcondes Carreira, 23 anos, e Danilo Catarino Lopes, 21 anos, foram presos pela Polícia Civil.

O delegado Guilherme de Carvalho Bertoli autuou os dois por roubo majorado. Bertoli contou que os dois criminosos, armados, invadiram o estabelecimento e anunciaram o roubo, rendendo clientes e funcionários da empresa. Os dois deixaram o local levando vários produtos, conforme imagens capturadas pelo sistema de segurança da loja.

Pelas imagens também foi possível identificar que um terceiro comparsa deu suporte ao roubo. “Ele aguardava do lado de fora com um veículo de cor prata, com o fim de garantir a fuga dos demais”, disse.

O suspeito Hilário Marcondes Carreira faz uso de tornozeleira eletrônica e de posse dessa informação, os policiais efetuaram buscas prendendo-o na quinta-feira (18). Após ser detido, o suspeito confessou o roubo e apontou o colega Danilo Catarino Lopes, e o terceiro suspeito.  

Veja Também  Operação conjunta contra o tráfico prende sete traficantes na capital

Danilo Catarino, quando identificado na investigação desse roubo, já estava detido na Central de Flagrantes de Várzea Grande, por outro delito. Ele foi encaminhado até a Derf e também confessou sua participação no roubo.

O veículo GM Corsa usado na fuga dos criminosos foi apreendido. O terceiro suspeito ainda é procurado.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana