conecte-se conosco


Cuiabá

1ª dama lidera ação beneficente de Páscoa nas unidades do Siminina

Avatar

Publicado

Vicente Aquino

Clique para ampliar

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin-top:0cm;
mso-para-margin-right:0cm;
mso-para-margin-bottom:8.0pt;
mso-para-margin-left:0cm;
line-height:107%;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;
mso-fareast-language:EN-US;}

As 1.100 meninas atendidas pelo Siminina, da Prefeitura de Cuiabá, receberam, nesta semanan, ovos de chocolate em ação beneficente proposta pela primeira-dama Márcia Pinheiro, em conjunto com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano.

De acordo com a primeira-dama, a intenção não é só levar o ovo de chocolate, simbolo dessa época, mas em conjunto, fortalecer a mensagem Cristã do verdaideiro significado da Páscoa. “Nós percorremos todas as unidades levando o ovo e também reforçando a Ressureição de Cristo com histórias, encenações para que nunca se perca o gesto de amor, de esperança que Jesus teve por todos nós”, enfatizou Márcia.

A ação que ocorre todos os anos, intensificada com a promoção da ação de conscientização da mensagem de Páscoa, também auxilia de forma direta, as famílias em vulnerabilidade social das atendidas pelo projeto Siminina, uma vez que, muitas não possuem condições financeiras de agraciar os filhos.

“Tem pais e mães que conhecemos bem e não tem condições de comprar um ovo da Páscoa e elas ganhando esses ovos é algo que pode não parecer, mas é tudo para elas. Ficam imensamente felizes”, afimou Vera Lúcia, monitora do Siminina, unidade Dr. Fábio.  

As entregas aconteceram diretamente nas 16 unidades de atendimento do programa espalhadas pela Capital, sendo o principal evento realizado na unidade do bairro 1ª de Março onde reuniu mais de 500 meninas das demais unidades da região: Três Barras, Jardim Vitória, Renascer, CPA, Dr. Fábio.

Comentários Facebook

Cuiabá

Prefeitura divulga painel de casos de Covid-19 em Cuiabá desta quarta-feira (27)

Avatar

Publicado


.

Nesta quarta-feira (27), Cuiabá tem 611 casos confirmados de residentes no município e 171 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Destes, 192 já estão recuperados da doença e houve 7 óbitos de residentes e 11 de não residentes. Na rede hospitalar há 78 pacientes confirmados com Covid-19 internados, sendo 47 na UTI e 31 em enfermaria. Também estão internados 70 pacientes com suspeita da doença, sendo 22 na UTI e 48 em enfermaria.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Primeira-dama formata programa pioneiro com base em alerta da OMS

Avatar

Publicado


.

O programa Cuidando de Quem Cuida da Gente, lançando na última semana pela Prefeitura de Cuiabá, com a idealização da primeira-dama Márcia Pinheiro teve como base o alerta da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre o risco de surto generalizado de saúde mental.

Segundo o relatório, divulgado em abril, criança, jovens e profissionais de saúde estão inseridos no grupo mais vulnerável. Na diretriz da agência de saúde da Organização das Nações Unidas (ONU) também é apontado que os governos devem colocar a questão da “linha de frente” de suas reações.

“Quando passamos a pensar nesse programa e desenhá-lo com o prefeito Emanuel e o próprio Dr. Dualibi logo pensamos nos profissionais de saúde que precisam estar em boas condições mentais, psicológicas para atender nossa população da melhor forma. Se eles não tiverem bem, como fica o povo?”, questionou a primeira-dama.

Para o responsável técnico pelo programa André Duailibi, psiquiatra, esses profissionais já atuam sobre concisões adversas e durante esse período de pandemia da COVID-19 os níveis são elevados.

“Eles já passam por níveis de estresse muito alto e numa situação como essa, diante do medo, das notícias negativas e das perdas de colegas de trabalho e do próprio contagio aumenta ainda mais a vulnerabilidade desses profissionais. O stress crônico, de uma forma geral, pode levar a desenvolver transtornos psiquiátricos”, explicou.

Ainda de acordo com o psiquiatra, os profissionais podem passar a apresentar sintomas como alteração de humor, irritabilidade, aumento dos níveis de ansiedade é uma série de problemas físicos como dor de estômago, no corpo e nos casos mais graves gerando depressão.

Programa

A plataforma online disponível no site da Prefeitura de Cuiabá atenderá mais de 7 mil servidores da linha de frente no combate ao novo coronavírus, sendo profissionais de saúde e assistência Social.

São mais de 4.800 sessões de terapia e acolhimento psicoterápico individual. Cada servidor terá acesso, em média, a 12 sessões de atendimento especializado com duração de 50 minutos.

Os casos identificados com o grau elevado serão encaminhados para a avaliação com a equipe psiquiatra objetivando acompanhamento e intervenção da crise.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana