conecte-se conosco


Policial

Em ‘sexta santa’ bebê é espancado até a morte pelo padrasto bêbado em MT

Publicado

Lapada Lapada – da Redação

Um crime brutal deixou a Sexta-Feira Santa (19) mais triste. Um bebê, de apenas 1 ano e 3 meses, e que sofreu um traumatismo craniano após ser covardemente espancado pelo padrasto, não resistiu aos ferimentos e morreu em Rondonópolis (216 KM de Cuiabá).

De acordo com informações do site Gazeta Mineiros, de Goiás, o crime ocorreu no município de Santa Rita do Araguaia (GO), que teve que transferir o bebê – uma menina -, para a cidade mato-grossense em razão da gravidade dos ferimentos. Conforme informações do delegado de polícia que apura o caso, Gabriel Felizardo da Silva, de 21 anos, estava embriagado e se “descontrolou” ao ouvir o choro da criança, agredindo-a violentamente.

A mãe da criança, que estaria “dormindo”, ouviu do companheiro que o bebê havia caído da cama. Ambos (mãe e padrasto) chegaram ao hospital relatando o acidente, porém, a equipe médica achou estranha a situação, acionando a Polícia Militar (PM), e posteriormente a Perícia Oficial Técnica (Politec). Diversas marcas de sangue foram encontradas na camisa e na casa onde a menina foi morta. Após os indícios do crime, Gabriel acabou confessando que “bateu de mão fechada” na enteada para o delegado de polícia de Mineiros (GO), Julio Cesar Arana Vargas.

“Foi ouvido novamente e confessou a autoria do crime. Disse que ingeriu muita bebida alcoólica e iria levar duas pessoas [que estavam em sua residência] embora. No retorno, a criança estava chorando muito. Descontrolado, ele deu socos na cabeça dela. As lesões levaram ao desmaio da vítima”, disse ele.

Veja Também  Com moto roubada, ladrões entram em confronto com PMs e um morre baleado em MT

O caso é investigado pela polícia civil de Goiás. De acordo com o delegado Julio Cesar o padrasto deverá ser enquadrado pelos crimes de tortura e feminicídio, sem a possibilidade de pagamento de fiança, e responderá ao processo na prisão.

*Com informações de Rafael Medeiros

Comentários Facebook

Policial

Homicida foragido de Sinop é preso pela Polícia Civil em Sorriso

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um homicida foragido da Justiça teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na sexta-feira (19.07), em Sorriso (442 km ao Norte). O suspeito, Moutim da Silva , teve a ordem de prisão decretada pela Comarca de Sinop (499 km ao Norte).

Há aproximadamente dois anos, o procurado foi sentenciado a 18 anos de prisão pelos crimes de homicídio e porte ilegal de arma de fogo. Com informações sobre o paradeiro do foragido, os policiais da Delegacia de Sorriso conseguiram localizá-lo no município dando cumprimento a ordem de prisão.

Após os procedimentos de praxe, o suspeito foi colocado a disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Veja Também  Carro é partido ao meio em acidente, pais morrem e adolescente fica ferido em MT
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende suspeitos de roubar loja de óculos em VG

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A dupla que roubou uma loja de óculos na Avenida da Feb, em Várzea Grande, foi presa em flagrante pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf). O assalto aconteceu na quarta-feira (17.07) e na quinta-feira (18), os suspeitos, Hilário Marcondes Carreira, 23 anos, e Danilo Catarino Lopes, 21 anos, foram presos pela Polícia Civil.

O delegado Guilherme de Carvalho Bertoli autuou os dois por roubo majorado. Bertoli contou que os dois criminosos, armados, invadiram o estabelecimento e anunciaram o roubo, rendendo clientes e funcionários da empresa. Os dois deixaram o local levando vários produtos, conforme imagens capturadas pelo sistema de segurança da loja.

Pelas imagens também foi possível identificar que um terceiro comparsa deu suporte ao roubo. “Ele aguardava do lado de fora com um veículo de cor prata, com o fim de garantir a fuga dos demais”, disse.

O suspeito Hilário Marcondes Carreira faz uso de tornozeleira eletrônica e de posse dessa informação, os policiais efetuaram buscas prendendo-o na quinta-feira (18). Após ser detido, o suspeito confessou o roubo e apontou o colega Danilo Catarino Lopes, e o terceiro suspeito.  

Veja Também  Governo assina 148 títulos de regularização fundiária

Danilo Catarino, quando identificado na investigação desse roubo, já estava detido na Central de Flagrantes de Várzea Grande, por outro delito. Ele foi encaminhado até a Derf e também confessou sua participação no roubo.

O veículo GM Corsa usado na fuga dos criminosos foi apreendido. O terceiro suspeito ainda é procurado.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana