conecte-se conosco


Mulher

Receitas para Semana Santa e dicas para passar esses dias sem comer carne

Publicado

Lá em casa, a minha avó não deixava ninguém comer carne – principalmente a vermelha – na Semana Santa. Católica, ela dizia que a carne representava o corpo de Jesus Cristo e, por isso, estava banida do cardápio nesses dias. 


Mulher jogando salsinha picada em uma panela
shutterstock
Para fazer receitas para Semana Santa sem carne você pode usar proteínas vegetais e carne branca, como peixes


Os costumes mudam de família para família, de acordo com suas crenças. Há quem evite carne em toda a quaresma, quem siga a ideia lá de casa e mude o cardápio na Semana Santa ou quem faça isso apenas na Sexta-feira Santa. Tem também aqueles que comem carnes brancas, como os peixes, nessa época (temos dicas disso mais abaixo). 

Para ajudar em qualquer um dos casos, conversamos com a chef e nutricoach Eliane Kina que nos deu uma série de sugestões de receitas para Semana Santa
e também dicas de susbstuições simples para passar alguns dias sem carne vermelha. 

O que comer na semana sem carne vermelha?


Tigela de carne de soja crua
shutterstock
Carne de soja é apenas uma das opções para substituir as carnes nos preparos da Semana Santa

Para quem está habituado a comer carne vermelha boa parte dos dias, pensar em pratos sem esse ingrediente pode ser um desafio. Mas é fácil encontrar outras proteínas – que podem até ser preparadas como a carne vermelha – para seus pratos. 

  1. Carne de soja
  2. Cogumelos
  3. Carne de jaca
  4. Tofú
  5. Grão de bico

A primeira da lista, segundo Eliane, é a já bastante popular carne de soja
. “É muito gostosa, quando bem temperadinha com alho, ervas e até um pouco de shoyu”, assegura a chef. 

Ela pode ser encontrada nas versões granulada e em pedaços e, antes de prepará-la, a especialista diz que é preciso hidratá-la e espreme-la. “Dá para deixar hidrata e ir usando ao longo da semana”, suegere Eliane. 

Ela fala também que o modo de preparo é semelhante ao da carne de vaca, mas com uma vantagem: a carne de soja leva menos tempo de cozimento. “Dá para frazer a carne de soja xadrez com aquele molho oriental, escondidinho de raízes, refogada com vegetais e até molho de tomate com essa carne para servir com massas”, continua. 

Mais uma ideia é usá-la como recheio de outros preparos. Já pensou em uma berinjela recheada de carne de soja, por exemplo?

Outra sugestão para quem procura algo que lembre a textura da carne é apostar, de acordo com Eliane, nos cogumelo

“Além de ricos em proteína, os cogumelos são bem versáteis e dá para refogar com um pouco de shoyu e flambar com saquê, fazer risoto, bolinho e até patê para servir como entrada em um jantar”, lista a chef e nutricoach.

Se a ideia é ter a textura de frango, a opção é usar jaca verde
, na também já conhecida
carne de jaca

.  Para prepará-la é preciso descascar a jaca, cozinhar na panela de pressão e, depois, desfiar.

Segundo Eliane, a carne de jaca é “boa para fazer coxinha, fricassê e estrogonofe”. 

Já o  tofu
 está muito presente na culinária oriental, mas também pode fazer parte das suas receitas para Semana Santa. 

É mais uma opção da lista bem versátil e, como apresenta sabor neutro, entra em diversas preparações. “Dá para amassar, colocar cúrcuma e tempero, fazer bolinho, creme e até grelhado com uma pitadinha de sal e pimenta do reino moída na hora”, sugere Eliane. 

Já se bater aquela vontade de comer um  hambúrguer
na semana sem carne ou na Sexta-feira santa, uma sugestão é fazer o seu casa, usando grão de bico

, mais uma fonte de proteína vegetal.

Veja Também  Acredite: é possível ter um orgasmo inesquecível estimulando os mamilos

Eliane lembra que para isso será necessário deixar de molho, cozinhar na panela de pressão, amassar e temperar com sal e ervas antes de modelar os hambúrgueres. 

Além disso, o grão de bico pode ser usado em uma receita de pizza sem glúten
, no preparo de pastas e o que a sua criatividade na cozinha permitir. 

Receitas para Semana Santa 

Opções sem carne

Dicas de substituições anotadas, já é hora de pensar em pratos simples, mas com aquela cara de restaurante, para as receitas para Semana Santa. Eliane separa quatro ideias, da entrada ao prato principal, que são a cara da Páscoa e não levam carne – branca ou vermelha. 

Uma delas, por exemplo, é uma Batatoalga, uma brincadeira com a tradicional bacalhoada da Páscoa. Aprenda: 

Palitinhos com pasta de amendoim


Palitinho de vegetais
Divulgação
Palitinho de vegetais ganha um sabor a mais com uma pasta de amendoim com toque oriental


  • 100 gramas de amendoim torrado e sem pele
  • 3 colheres de sopa de vinagre de arroz
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 2 colheres de sopa de pasta de missô
  • 2 cenouras
  • 1 pepino

Modo de preparo: o primeiro passo é preparar a pasta de amendoim. Em um processador triture o amendoim e misture com o missô, o vinagre e o açúcar. Reserve.

Feito isso, prepare os vegetais. Tire a casca das cenouras e corte em forma de palitos. Também
corte o pepino em palitos. 

Sirva a pasta de amendoim com os palitos de cenoura e pepino.

Creme de abóbora


Prato com creme de abóbora sobre a mesa
Divulgação
Creme de abóbora funciona como uma entrada para um almoço ou jantar especial na Semana Santa


  • 1/2 abóbora japonesa, sem sementes
  • 2 dentes de alho
  • 2 ramos de alecrim
  • 1 e meia xícara (chá) de água
  • Sal e pimenta do reino moída, a gosto
  • 1 fio de azeite

Modo de preparo: em uma assadeira, coloque a abóbora, o dente de alho e o alecrim, dentro da cavidade da abóbora, cubra com papel alumínio e leve ao forno por 40 min.

Tire a abóbora, espere ficar morna, cave o miolo da abóbora com ajuda de uma colher e acrescente o conteúdo no liquidificador. Se preferir, pode adicionar mais folhas de alecrim nesse momento. 

No liquidificador, junte a água, tempere com sal, pimenta do reino e bata na potência alta até ficar homogêneo.

Leve o conteúdo para a panela, ferva e sirva em seguida.

Antepasto de vegetais


Antepasto de vegetais
Divulgação
Você pode combinar os vegetais de sua preferência nesse antepasto


  • 2 berinjelas, em cubos
  • 1 abobrinha, em cubos
  • 2 tomates, em cubos
  • 1 cebola, em cubos
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • Sal e pimenta do reino em pó a gosto
  • 3 colheres (sopa) de semente de abóbora

Modo de preparo: em uma assadeira, coloque todos os ingrediente, regue com azeite, tempere com o sal e a pimenta do reino e misture bem. Leve ao forno pré aquecido (180°C) por aproximadamente 25 minutos (mexendo na metade do tempo) ou até os vegetais começarem ficar macios.

Quando esfriar, espalhe as sementes de abóbora e sirva em seguida.

Se preferir, pode variar os legumes da receita. “Pode colocar cenoura ralada, buquês de brócolis ou couve flor, pimentão colorido, cebola roxa. Pode usar a criatividade! Vegetais assado é sempre muito bom”, fala Eliane. 

Batatoalga


Prato de batatoalga
Divulgação
Uma das receitas para Semana Santa com gostinho de Páscoa, mas sem carne, é a batatoalga, uma bacalhoada com alga


  • 20 cm de alga Kombu
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 2 dentes de alho, picados
  • 14 batatas tipo bolinha, cozida
  • 5 mini cebolas, descascadas e cortadas em 4 partes
  • 20 tomates cereja, cortados ao meio
  • Sal e azeite a gosto para finalizar
Veja Também  Horóscopo do dia: previsões para 16 de agosto de 2019

Em um recipiente médios, coloque o kombu, cubra com a água e deixe por 30 minutos para hidratar. Depois desse tempo, escorra e corte em tirinhas com ajuda de uma tesoura.

Em uma panela média, aqueça o azeite, doure levemente o alho, coloque as algas e misture bem, desligue o fogo e reserve.

Em um refratário, distribua as batatas, a alga, a cebola, o tomate, regue com azeite e tempere com o sal. Leve ao forno alto 230°C por aproximadamente 12 minutos, ou até dourar. Sirva em seguida.

Para incrementar essa das receitas para Semana Santa, a dica é misturar tomate cereja vermelho com o amarelo. Segundo Eliane, além disso dar um colorido a mais no prato, o sabor também será realçado. 

Opções com peixes

Como foi citado lá no começo, algumas famílias têm a tradição de trocar a carne vermelha pelos peixes na Semana Santa e até no domingo de Páscoa. Para elas, a chef indica uma receita bem oriental: 

Sushi de tigelinha


Sushi de tijela
Divulgação
Fazer um sushi de tigela é um jeito bem diferente de montar um prato com peixe para a Semana Santa


  • 1 copo americano de arroz japonês
  • 1 copo e meio de água
  • 1 colher de sopa de vinagre de arroz
  • 1 colher de sopa de saque culinário
  • Meia colher de sopa de açúcar
  • Meia colher de sopa de sal
  • 6 unidades de tomate cereja
  • Meio pepino em rodelas
  • 3 cogumelos secos fatiados (previamente hidratados e salteados)
  • 60 gramas de broto de alfafa
  • Cream cheese à gosto
  • Manga à gosto
  • 100 gramas de salmão
  • Cebolinha picada à gosto

Modo de preparo: para o arroz, misture o vinagre, o saque, o açúcar e o sal e leve ao microondas por 20 segundos. Use essa mistura para temperar o arroz previamente cozido. 

Para montar o sushi, separe uma vasilha pequena e coloque o arroz cozido e os demais ingredientes em cima (salmão, pepino, tomate, broto de alfafa, manga, cream cheese). Finalize salpicando a cebolinha.

E para quem não abre mão da tradição do bacalhau e de outros peixes, aí vão duas receitas preparadas pela equipe de nutrição e nutrologia do Kurotel – Centro Médico de Longevidade e Spa de Gramado, no Rio Grande do Sul: 

Salada de endívia com salmão


Salada de salmão
Divulgação
Salada de salmão é uma entrada leve, que não compromete a dieta nem na Semana Santa


  • 2 unidades de endívias grandes (aproximadamente 20 folhas)
  • 400 g de filés de salmão
  • 1 colher (sobremesa) de óleo vegetal
  • 1 colher (café) de sal marinho não refinado
  • 1 colher (chá) de pimenta-do-reino branca
  • ½ xícara (chá) de cebolinha-verde picada
  • 1 ramo de alecrim fresco
  • 3 colheres (sopa) de creme de soja (ou iogurte desnatado s/ lactose)
  • 1 colher (sobremesa) de mostarda de Dijon

Modo de preparo: tempere o salmão com sal, pimenta, metade da cebolinha e alecrim. Deixe marinar por 12 horas na geladeira. Asse o salmão já temperado a 180°C por 10 minutos. Pique em pedaços retangulares e regue-os com fios de óleo. Reserve.

Junte o creme de soja, a mostarda e metade da cebolinha picada finamente. Misture o salmão no creme e coloque um pouco do patê em cada uma das folhas. Se desejar, regue com mais óleo e decore com cebolinha e salsinha crespa.

Sirva em uma cama de folhas verdes variadas.

Bacalhau com batata-doce e alho-poró


Bacalhau com puré de batata-doce e alho-poró
Divulgação
Na versão mais leve e saudável, o bacalhau vem acompanhado de purê de batata-doce e alho-poró


  • 1 kg de bacalhau dessalgado
  • 600 g de batatas-doces
  • 3 talos de alho-poró
  • 1 cebola média picada
  • 1 colher (sopa) de óleo vegetal
  • 1 colher (café) de sal marinho não refinado
  • 1 colher de salsinha bem picada
  • Pimenta-do-reino branca moída a gosto

Modo de preparo: coloque as batatas-doces cortadas e descascadas para cozinhar em água com uma pitada de sal. Quando as batatas estiverem cozidas, amasse-as com um garfo até que elas fiquem bem finas, como um purê. Reserve.

Corte o alho-poró em rodelas finas e leve ao forno por 10 minutos a 180° C para que alho fique apenas desidratado. Reserve.

Em uma panela, coloque o óleo e grelhe o bacalhau de ambos os lados, até obter uma cor dourada. Monte o prato colocando o purê de batatas, por cima o bacalhau grelhado e por último o crocante de alho-poró.

Sirva em seguida. Mais essa das receitas para Semana Santa
leva um ingrediente clássico, mas uma versão bem saudável, já que não contém glúten e nem leva leite ou ovos. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook

Mulher

Mãe lambe sorvete da filha, mas se arrepende após menina contar “segredo”

Publicado

source

Se você tem filhos, sobrinhos ou irmãos pequenos deve saber que, muitas vezes, as crianças sentem vontade de experimentar algo, mas acabam largando pela metade — fazendo com que os pais fiquem com a tarefa de terminar a comida. Foi essa cena mais do que comum que Sidney Anderson imaginou quando a filha, Blakely, de quatro anos, lhe entregou um sorvete.

Leia também: Mãe se surpreende ao descobrir o que realmente era o brinquedo que deu ao filho

Blakely e o sorvete arrow-options
Reprodução/Facebook/Someone Hold My Beer
A menina contou um ‘segredo’ para a mãe após ela lamber o sorvete, revelando que havia ‘limpado seu bumbum’ com ele

“Comprei um sorvete para Blakely. Ela entrou na sala, me entregou o cone (pela metade, como a maioria das comidas) e eu sei que muitas das mães passam por esse momento. Nós, como mães, praticamente vivemos dos restos de comidas dos nosso filhos, então eu simplesmente lambi antes que derretesse”, contou Sidney em sua página Someone Hold My Beer  , no Facebook. 

Veja Também  O tipo de shampoo que você usa para lavar o cabelo realmente faz diferença?

Enquanto a mãe comia o comer o doce, a filha a observava atentamente. O que ela não sabia era que a menina queria contar um “segredo” que deu ao caso um desfecho “tragicômico”. 

“Perguntei ‘Há algum problema?’ e ela perguntou: ‘Isso [o cone] está bom?’. Nesse momento, eu comecei a ficar com medo porque não sabia o que estava acontecendo. Pensei que talvez ela tivesse derrubado no quarto dela e estava com medo de contar.” 

Leia também: Surpresa no parto! Mãe fica em choque descobrir surpresa sobre bebê e viraliza

“Ficamos olhando uma para a outra e para o cone. Até que a bobinha disse ‘Eu acidentalmente limpei o meu bumbum com ele’. Perdão? Com o sorvete que eu acabei de lamber? Eu estava sem reação… Então perguntei à ela ‘Como você acidentalmente limpou o seu bumbum com um sorvete e por que me deu para comer?’ Felizmente, não era o pior cenário.” 

“Ela me olhou e falou: ‘Eu usei a mão errada para me limpar, mas era só xixi, mamãe.’ Pronto. Alguém pode, por favor, vir pegar essa criança. Não consigo mais ligar com isso. Se vocês precisarem de mim, estarei lavando minha boca com água sanitária”, finalizou o relato. 

Veja Também  Mulher posta foto de anel de noivado e usuários criticam: “Parece uma vagina”

Internautas reagem à história do sorvete

A publicação teve 247 mil reações e 128 mil comentários no Facebook, muitos de mães que quiseram ajudar Sidney com um conselho: “O truque é fingir que você comeu. Nunca, eu repito, nunca coma as comidas que seus filhos te dão. Sempre tem algo por trás”, escreveu uma mulher. 

Leia também: Mãe fica surpresa após encontrar mensagem e dinheiro em pacote de fraldas

Outros acharam a história hilária, mesmo com um fim “trágico” para a mãe. “Meu Deus, eu estava bebendo água antes de ler sobre o sorvete , aspirei e fiquei tossindo por quase cinco minutos. Certeza que estou com pneumonia agora, mas valeu a pena porque isso é simplesmente muito engraçado”, brincou outra. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Vestido de noiva é criticado por laço marrom em lugar “inapropriado”

Publicado

source

Os detalhes fazem toda a diferença e, algumas vezes, podem acabar estragando todo o visual. É o que aconteceu com um vestido de noiva que foi bastante criticado na internet por conter um laço em um lugar, digamos, “inapropriado”.

Leia também: Roxo no casamento? Consultora lista erros nos vestidos das noivas famosas

vestido de noiva arrow-options
Reprodução/Reddit/CrappyDesign
Segundo internautas, o laço no vestido de noiva faz com que a noiva pareça estar ‘fazendo cocô’

Na foto, compartilhada no fórum Reddit pelo usuário CrappyDesigns, o vestido de noiva deu o que falar pelo enfeite na parte de trás, que vai da cintura até a barra. “Tudo o que uma noiva quer: um laço marrom saindo do seu bumbum”, diz a legenda da postagem.

Leia também: Convidada de casamento pede opinião sobre vestido e é detonada nas redes

Quem viu a imagem também criticou a peça dizendo, inclusive, que o laço parecia “algo além” de um simples detalhe. “Parece que ela fez cocô no vestido”, escreve um internauta. “Por um momento pensei que a luz estivesse ruim e que o laço fosse vermelho, depois lembrei que não seria muito melhor ter um laço vermelho descendo por uma saia branca”, diz outra.

Veja Também  O tipo de shampoo que você usa para lavar o cabelo realmente faz diferença?

Leia também: Vestido de casamento dá o que falar e web pede para noiva “queimar” peça

Outros ainda tentaram enxergar a peça por um lado positivo. “A parte boa é que ela realmente pode fazer cocô e ninguém iria reparar. É uma forma de mascarar isso”, comenta um. “É bem difícil ir ao banheiro em um vestido branco, pelo menos ela está coberta”, brinca outro. 

Teve ainda quem achou que o laço não fosse a pior parte do vestido de noiva . “Vocês estão falando tanto do laço marrom, mas por que ninguém comenta sobre o babado horroroso na costura do pescoço?”, fala uma outra internauta. No total, foram 16,5 mil reações. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana