conecte-se conosco


Cuiabá

IV Conferência dos Direitos da Pessoa Idosa tem início nesta semana

Avatar

Publicado

Direitos fundamentais, diretos humanos e emancipação estão entre os principais eixos de debate da IV Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Cuiabá. Sob o tema “Os desafios de envelhecer no século XXI e o papel das políticas públicas”, o evento acontece nos dias 17 e de 18 de abril no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) do bairro Porto.

O encontro é realizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (SMASDH) e o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (COMDIPI) e atende a um chamado do Conselho Nacional do Idoso (CNDI). De acordo com o titular da Pasta, Wilton Coelho, entre os dias 21 e 28 de março também foram realizadas mini-conferências para tratar do assunto.

“Os preparatórios tiveram como objetivo debater e apresentar propostas para a política pública da pessoa idosa, visando à proposição de diretrizes para o aperfeiçoamento das ações, com a participação de todos os segmentos da sociedade que desenvolvem atividades voltadas para esse público”, explica.

O secretário também reforça que a iniciativa visa trazer para um espaço amplo e democrático de reflexão, discussão e articulação coletiva em torno de propostas e estratégias que apontem diretrizes para fortalecer as políticas públicas para os idosos. As propostas serão enviadas as instancias estadual e nacional na 5ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa (CNDI), em novembro.

Presidente do COMDIPI,o advogado Jerônimo Urei, explica é fundamental discutir o descompasso entre o crescimento demográfico dos idosos e o avanço nas políticas públicas voltadas para os mesmos. “No Brasil o Estado não tem acompanhado o crescimento dessa parcela da população, por isso a reflexão sobre a temática é tão importante.”

Segundo ele, só em Cuiabá o número de sexagenários saltou de 40 para 70 mil entre 2010 e 2017. Diante da demanda, estarão reunidos na Conferência representantes da Polícia Militar (PM), Ministério Público (MP) e diversos outros órgãos.   

A partir disso é possível avançar em estruturas que garantam a segurança e o bem-estar daqueles que já passaram dos 60 anos. “Atendemos diariamente diversos casos nos quais constatamos que as instituições públicas não está totalmente preparadas para lidar com o idoso. Por isso precisamos desse envolvimento dos poderes”, finaliza o presidente.

Os interessados em participar do evento podem fazer suas inscrições clicando aqui.

 

 

Comentários Facebook

Cuiabá

Prefeitura divulga painel de casos de Covid-19 em Cuiabá desta quarta-feira (27)

Avatar

Publicado


.

Nesta quarta-feira (27), Cuiabá tem 611 casos confirmados de residentes no município e 171 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Destes, 192 já estão recuperados da doença e houve 7 óbitos de residentes e 11 de não residentes. Na rede hospitalar há 78 pacientes confirmados com Covid-19 internados, sendo 47 na UTI e 31 em enfermaria. Também estão internados 70 pacientes com suspeita da doença, sendo 22 na UTI e 48 em enfermaria.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Primeira-dama formata programa pioneiro com base em alerta da OMS

Avatar

Publicado


.

O programa Cuidando de Quem Cuida da Gente, lançando na última semana pela Prefeitura de Cuiabá, com a idealização da primeira-dama Márcia Pinheiro teve como base o alerta da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre o risco de surto generalizado de saúde mental.

Segundo o relatório, divulgado em abril, criança, jovens e profissionais de saúde estão inseridos no grupo mais vulnerável. Na diretriz da agência de saúde da Organização das Nações Unidas (ONU) também é apontado que os governos devem colocar a questão da “linha de frente” de suas reações.

“Quando passamos a pensar nesse programa e desenhá-lo com o prefeito Emanuel e o próprio Dr. Dualibi logo pensamos nos profissionais de saúde que precisam estar em boas condições mentais, psicológicas para atender nossa população da melhor forma. Se eles não tiverem bem, como fica o povo?”, questionou a primeira-dama.

Para o responsável técnico pelo programa André Duailibi, psiquiatra, esses profissionais já atuam sobre concisões adversas e durante esse período de pandemia da COVID-19 os níveis são elevados.

“Eles já passam por níveis de estresse muito alto e numa situação como essa, diante do medo, das notícias negativas e das perdas de colegas de trabalho e do próprio contagio aumenta ainda mais a vulnerabilidade desses profissionais. O stress crônico, de uma forma geral, pode levar a desenvolver transtornos psiquiátricos”, explicou.

Ainda de acordo com o psiquiatra, os profissionais podem passar a apresentar sintomas como alteração de humor, irritabilidade, aumento dos níveis de ansiedade é uma série de problemas físicos como dor de estômago, no corpo e nos casos mais graves gerando depressão.

Programa

A plataforma online disponível no site da Prefeitura de Cuiabá atenderá mais de 7 mil servidores da linha de frente no combate ao novo coronavírus, sendo profissionais de saúde e assistência Social.

São mais de 4.800 sessões de terapia e acolhimento psicoterápico individual. Cada servidor terá acesso, em média, a 12 sessões de atendimento especializado com duração de 50 minutos.

Os casos identificados com o grau elevado serão encaminhados para a avaliação com a equipe psiquiatra objetivando acompanhamento e intervenção da crise.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana