conecte-se conosco


Carros

Coleção com 80 raridades da Porsche é danificada após explosão de gás nos EUA

Publicado


Porsche
Divulgação
Coleção com 80 Porsche foi danificada com explosão à gás, junto a outros 15 edifícios ao redor

Com uma morte e 17 feridos já confirmados, a coleção multimilionária de 80 carros da Porsche — considerada por muitos como “a melhor das Américas” — ficou parcialmente destruída após uma explosão de gás em um em Durham, na Carolina do Norte (Estados Unidos). Ainda sem confirmação sobre o número de carros danificados, no total, pelo menos 15 edifícios nas redondezas do prédio — que inclui o local onde está a coleção — também foram afetados pela explosão.

LEIA MAIS: Dez carros da Porsche, que são do co-fundador do WhatsApp, vão a leilão; veja


918 Spyder
Divulgação
918 Spyder é um dos mais exclusivos que estão entre os prejudicados. Com 887 cv, chega aos 100 km/h em 2,5 segundos

Para se ter uma ideia do quão importante era essa coleção, há algum tempo, a própria Porsche
a descreveu como “uma visão de tirar o fôlego sobre a história do design automotivo”. Conforme lamentou o proprietário dos Porsche Bob Ingram: “Os nossos sentimentos e orações vão para as famílias afetadas por esse desastre. Desejamos uma recuperação rápida para todos os feridos”.

Veja Também  Conheça o megaplano da Toyota para veículos elétricos, híbrdos e a hidrogênico

LEIA MAIS: Porsche 911 Turbo S 993 é fabricado do zero, com peças originais

Vale lembrar que, apesar do acidente ter sido inevitável, houve uma mobilização das forças de segurança, bem como alertas para a evacuação dos que estavam na zona de perigo. Os efeitos da explosão sobre a garagem resultaram em danos no telhado, ocasionando o seu colapso e os danos materiais. Até onde se sabe, um 918 Spyder
e o terceiro 356 mais antigo remanescente foram atingidos.

LEIA MAIS: Primeiro carro da Porsche é refeito pela fabricante. Veja fotos e detalhes

Outra calamidade automotiva do tipo nos EUA

Aos que se lembram, em fevereiro de 2014, 8 exemplares do Corvette caíram em um buraco que se abriu no Museu Nacional do Corvette, em Kentucky. A vala, de cerca de 12 metros de largura para 9 metros de profundidade, apareceu por volta das 5h30 (do horário local). A coleção é a mais relevante para a GM, devido à exclusividade e a raridade dos exemplares.

LEIA MAIS: Porsche 901 raro é restaurado e vai para o museu da fabricante, na Alemanha

Veja Também  Conheça o megaplano da Toyota para veículos elétricos, híbridos e a hidrogênio

Entre os modelos que despencaram, estavam um Corvette
C1 preto 1962 última série, ZR-1 Blue Devil 2009, PPG Pace Car 1984, ZR-1 Spyder 1993, White 1 Millionth 1992 (a unidade 1 milhão produzida), a unidade 1,5 milhão de 2009, Z06 Mallet Hammer 2001, e um Ruby Red 1993 — modelo comemorativo dos 40 anos do Corvette.

LEIA MAIS: Novo Porsche 911: lendário cupê beira a perfeição na linha 2020

Na época, Strode, o diretor do museu, afirmou que não é possível avaliar o valor total dos carros danificados. Dos oito carros que caíram, seis foram doados ao museu por fãs e dois pertencem à GM – o ZR-1 Spyder e o Blue Devil. O museu possui uma frota de mais de 30 Corvettes exclusivos. Felizmente — tal como esperamos que ocorra com os Porsche —
 muitos deles já foram restaurados e foram colocados de volta à exposição.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook

Carros

Segredo! Novo Renault Captur é visto de perto e sem disfarces

Publicado

Renault Captur branco
Reprodução/Ferd
Renault Captur da nova geração tem primeiras imagens vazadas na internet. SUV terá estilo arrojado e esportivo

Acabam as dúvidas sobre como ficará a nova geração do SUV Renault Captur. Depois das imagens que vazaram na internet, agora aparecem fotos do carro, sem nenhuma camuflagem, publicadas na página do Fed, no Facebook. Pelo o que pode ser visto, a frente seguirá o estilo do Arkana, novo utilitário com ares de cupê.

LEIA MAIS: Vaza primeira foto oficial do novo utilitário esportivo Renault Captur

Como ainda não havia sido visto antes, a traseira do novo Renault Captur seguirá o padrão da frente, com lanternas de estilo ousado, com formato de “C” . Isso deixará o carro com aspecto bem mais esportivo, diferente do modelo atual.

Ainda sobre a traseira do novo Captur, destacam-se detalhes como a alta linha de cintura e as duas saídas de escapamento embutidas no para-choque, outros sinais de que não faltará arrojo à nova geração do utilitário esportivo da marca francesa, certamente uma das novidades do Salão de Frankfurt (Alemanha), em setembro. 

Renault, Captur, SUV
Reprodução/Ferd
Traseira contará com lanternas em formato de C e saídas de escapamento duplas embutidas no para-choque

Não há imagens do interior do novo SUV da Renault, mas espera-se que seja adotado um estilo tão arrojado quanto do exterior. O mais provável é que a parte de dentro do carro seja praticamente igual a do Arkana , com uma grande tela do sistema multimídia bem no centro do painel, com aplique preto brilhante na patrte superior e novo volante de três raios.

Veja Também  Motos seminovas: 5 dicas que você deve saber na hora da venda

 Além disso, há controles do sistema de ar-condicionado com botões giratórios e mostrador digital no centro, o que mostra um nível de refinamento bem maior que da atual geração do Captur. O capricho também pode ser notado pelo revestimento dos bancos, com costuras aparentes e botões mais sensíveis ao toque. 

LEIA MAIS:  Renault Arkana, novo SUV-cupê que virá ao Brasil, é revelado por completo

No conjunto mecânico, o novo  Renault Captur  poderá contar com os novos motores 1.0 e 1.3 turbo, capaz de gerar 160 cv, desenvolvido em parceria com a Nissan e Mitsubishi. pelo menos na Europa, esse motor pode funcionar com câmbio automartizado, de dupla embragem e 6 marchas, o que condiz com o visual esportivo do novo Captur.

Fonte: Ferd

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Carros

Além da moto de 250 cc, Harley-Davidson deverá ter outras de baixo custo

Publicado

Harley-Davidson
Divulgação
Harley-Davidson de baixa cilindrada e outras chegarão para expandir a participação de mercado em mais países

A Harley-Davidson acaba de assinar um contrato com a fabricante chinesa Qianjiang para a produção de motos pequenas e acessíveis, com motores de baixa cilindrada e estilo naked, informa o site inglês Motorcycle News. 

Com possibilidade de vir ao Brasil, o objetivo dos novos modelos da Harley-Davidson é o de alcançar cada vez mais o público jovem, e deverá se concretizar com o desenvolvimento de uma nova linha de montagem específica para elas. O que a fabricante diz é que em 2020 veremos as novidades, que virão com novos motores: um de 338cc e outro de 975cc, para a variante esportiva.

LEIA MAIS: Honda Africa Twin pode ter motor menor em 2021 para ficar mais acessível

Inicialmente, o primeiro modelo asiático da Harley-Davidson seria disponibilizado na Índia, mas a montadora disse que a moto será vendida na China, antes de ser lançada em outras partes da Ásia. Enquanto isso, eles também estão em busca de modernizar a sua oferta principal, com modelos elétricos e mais conectividade a partir da Tourer e Cruiser .

LEIA MAIS: Segredo! Nova Ducati que vai concorrer com a Honda CB 1000R já está em testes

Veja Também  Trator preparado, com 1000 cv, bate novo recorde de velocidade

Como se não bastasse, outra novidade é que a marca lançará um total de 16 modelos na categoria de médio porte. No topo está a Pan America 1250, que dividirá espaço com as “colegas” Streetfighter 975, uma versão da Custom 1250, uma nova Scrambler, a tracker Flat e uma esportiva.

O motor é modular e compartilhado entre os diferentes modelos, variando em tamanho de 500cc a 1250cc, e a estrutura também, com possibilidade de desenvolver até três quadros. Todos os novos modelos serão entregues entre 2020 e 2022.

LEIA MAIS: Nova moto de entrada da Harley-Davidson será lançada em 2020

Destaque para a 250cc, anunciada anteriormente

Harley-Davidson
Divulgação
Harley-Davidson Street 500 deverá servir de base para o novo modelo de baixa cilindrada da marca americana

Entre os modelos mais cotados para a vinda ao Brasil, está a menor H-D que será produzida, com motor de 250cc. A novidade de 2020 poderá ser chamada de Street 250, e virá equipada com garfos dianteiros telescópicos e molas auxiliares na traseira para ajudar no trabalho dos amortecedores. Além disso, pode ser adotado um quadro de instrumentos parcialmente digital e linhas baseadas nas da Street 500.

Veja Também  Onix Activ x Ka Freestyle x Argo Trekking: qual dos três hatches vence?

LEIA MAIS: Triumph acaba de lançar a Speed Twin 1200, esportiva com estilo clássico

O motor de 250 cc, entretanto, deverá manter a tradicional configuração de dois cilindros em V, refrigerada a água, capaz de gerar algo em torno de 25 cv e 3 kgfm de torque. No sistema de transmissão, a H-D deverá adotar o câmbio de seis marchas. E na parte estrutural um dos destaques ficará por conta dos freios a disco com ABS.

Todas essas novidades fazem parte do plano de crescimento da marca nos países emergentes, intitulado “Mais Caminhos para Harley-Davidson “, segundo o presidente e CEO, Matthew S. Levatich.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana