conecte-se conosco


Mato Grosso

Aniversário de 267 anos de Vila Bela marca a transferência da capital de Mato Grosso

Avatar

Publicado

Vila Bela da Santíssima Trindade (localizada a 562 km de Cuiabá), primeira capital de Mato Grosso, comemora nesta terça-feira (19.03) seus 267 anos de fundação e volta a ser, simbolicamente, capital do Estado numa grande celebração da cultura mato-grossense. Cidade festejada pelo imensurável valor histórico, Vila Bela é rica culturalmente e seus cenários são de rara beleza. 

Sejam as ruínas da monumental Igreja Matriz, do período colonial, ou as cachoeiras e mata do Parque Estadual Ricardo Franco, a cultura singular é realçada ainda pelas manifestações artísticas de grande relevância para constituição da identidade cultural mato-grossense, como as danças do Congo e Chorado.

Um lugar especial que merece reverência. Além disso, a história do Estado está intrinsecamente ligada à de Vila Bela da Santíssima Trindade. Denominada por seus descobridores como Minas do Mato Grosso, a região localizada às margens do Vale do Guaporé, mais tarde, tornou-se uma vila que servia de ponto de apoio administrativo e militar. Com a criação da capitania de Mato Grosso, em 1748, tornou-se Vila Bela da Santíssima Trindade em 19 de março de 1752. 

Segundo o historiador João Carlos Ferreira, “a escolha do nome provinha do costume da época colonial de designar por Vila a sede municipal e expressão de admiração pelo lugar – bela”. A primeira sede da Capitania de Mato Grosso, com o passar do tempo, e ao perder a condição de capital para Cuiabá, passou a chamar-se Matto Grosso, mas em 1978, a Lei Estadual nº 4.014, devolveu a denominação antiga ao município: Vila Bela da Santíssima Trindade.

Capital de Mato Grosso

No tempo presente, o período glorioso da cidade é reavivado para celebrar o aniversário do município. E assim, simbolicamente, o título de capital mato-grossense volta a ser da cidade que originalmente detinha o posto. E por isso mesmo, o Governo Itinerante tem sua sede transferida para o Palácio dos Capitães Generais, em Vila Bela.  

Os moradores se entusiasmam com as celebrações, como dona Astrogilda Leide de França, 89 anos. Nascida em Vila Bela, a mais velha dançarina do Chorado, diz que é uma honra poder participar das festividades. “É um prazer ver Vila Bela transformada em capital novamente. É um reconhecimento e uma lembrança do passado, da passagem de capital. Amo minha cidade, aqui temos uma vida favorável, muito tranquila. Estou muito feliz”, disse emocionada.

O evento, que contou com a presença do vice-governador Otaviano Pivetta e do secretário adjunto de Cultura, Esporte e Lazer, José Paulo Traven, além de deputados estaduais e autoridades políticas do município, como o prefeito Wagner Vicente da Silveira, começou pouco depois das 8h, com hasteamento de bandeiras, na Praça Central. 

O vice-governador destacou que este foi o momento de estreitar laços com a Prefeitura da cidade. “É uma honra para nós do governo participarmos de um momento tão histórico. Venho representando o governador Mauro Mendes para trazer a mensagem de que Mato Grosso é um Estado rico culturalmente e que Vila Bela, em especial, que foi o começo do Estado, primeira capital de Mato Grosso, carrega valores culturais muito importantes para a história de Mato Grosso. Vamos conversar com o prefeito para ouvir as necessidades do município e tomar providências de maneira prática”, disse ele. 

Bem como o vice-governador, o secretário adjunto José Paulo Traven destacou a importância de valorizar as raízes históricas. “Nada mais justo do que ter uma data durante o ano para relembrar que Vila Bela foi a primeira capital de Mato Grosso. Vila Bela é um tesouro ambiental e cultural, é um dos municípios que conserva suas raízes de maneira muito forte, com um potencial turístico-cultural e ambiental imenso. E a presença do vice-governador reafirma o compromisso do govenador Mauro Mendes com Vila Bela. Tenho certeza que durante este governo viremos muitas vezes aqui. Temos orgulho desse povo forte e aguerrido”.

Depois da solenidade de hasteamento das bandeiras, a programação seguiu com a apresentação da fanfarra da Escola Municipal Ricardo Franco, apresentação da Guarda Mirim, dança do Congo e a tradicional Missa Comemorativa, na Igreja Matriz. Após a missa, autoridades políticas se reuniram com a equipe de Governo, deputados, prefeito e vice-prefeito, secretário municipal de cultura, Francisco Robin e vereadores da região, reunião realizada no Palácio dos Capitães Generais.  

O prefeito da cidade, Wagner da Silveira, pontua que o evento é como uma reunião realizada entre Governo e população. “A presença de representantes do Governo em Vila Bela é uma aproximação muito necessária. É uma oportunidade que temos para reivindicar as nossas necessidades. Politicamente é muito importante. Estamos muito agradecidos pela presença do vice-governador Pivetta. É um reconhecimento histórico. De acordo com a lei, Vila Bela se torna capital do Estado novamente, um orgulho muito grande”, comemora.

A transferência da capital de Mato Grosso para Vila Bela, atende a uma determinação da Lei Estadual nº 10.377/2016.

Comentários Facebook

Mato Grosso

Governador anuncia mais 147 leitos para pacientes de Covid-19

Avatar

Publicado


.

O governador Mauro Mendes anunciou, na manhã deste sábado (28), mais 147 leitos exclusivos para o tratamento de possíveis casos graves de pacientes com o coronavírus.

Os leitos estão sendo preparados no Hospital Estadual Santa Casa, em Cuiabá. Serão 30 leitos de UTI e 117 leitos de enfermaria.

“Uma parte desse hospital está sendo totalmente isolada e preparada para também se transformar em uma área de referência para atender ao covid-19. Essa área não terá nenhuma conexão com as áreas que continuarão a atender os outros tipos de enfermidades, de doenças, que nós teremos aqui no Hospital Estadual Santa Casa”, afirmou.

De acordo com Mendes, toda a rede hospitalar no estado está sendo preparada, em articulação com os municípios, para atender de forma exclusiva as pessoas contaminadas com o vírus.

Até o momento, Mato Grosso contabiliza 11 casos confirmados de coronavírus, sendo apenas um hospitalizado em UTI particular, e nenhum internado na rede pública. Nas próximas semanas, estarão disponíveis mais de 500 leitos e 110 UTIs exclusivos para o combate à doença.

“Em Várzea Grande, nós teremos 240 leitos de enfermaria e mais 40 UTIs. Já temos UTIs preparadas em Sinop, Rondonópolis, Alta Floresta. Estamos trabalhando para melhorar a nossa rede de atendimento e aguardando a Prefeitura de Cuiabá, Várzea Grande e dos principais polos colocarem à disposição os leitos para essa rede estadual de atendimento exclusivo do Covid-19”, relatou.

Ampliação do Metropolitano

Ainda na manhã deste sábado, o governador vistoriou as obras de ampliação do Hospital Metropolitano em Várzea Grande, ao lado do secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

A construção vai possibilitar a acomodação de 200 novos leitos para casos graves de coronavírus e deve ser finalizada nas próximas semanas. Somada à estrutura já disponível no Hospital Metropolitano, ficará disponível um total de 260 leitos no local.

Essa força-tarefa de reforço para entregar a construção será rápida, pois o modelo do projeto prevê a montagem das paredes com painel isotérmico, mesmo sistema usado na China. Um modelo eficiente de fácil montagem que otimiza o tempo de obra, com valor estimado em R$ 2,5 milhões. A compra dos materiais será realizada diretamente com a fábrica, reduzindo assim o custo.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Agentes apreendem dois drones e três celulares em Rondonópolis

Avatar

Publicado


.

Dois drones, três celulares e cinco fones de ouvidos foram apreendidos na Penitenciária Major Elder Sá (Mata Grande), em Rondonópolis (a 218 km de Cuiabá), na noite desta sexta-feira (27.03). Foram feitas buscas pela região, mas ninguém foi preso.

A primeira apreensão aconteceu por volta das 21h de sexta-feira quando um agente penitenciário que fazia a vigia em uma das torres avistou o objeto sobrevoando a unidade. Instantes depois, o drone perdeu o sinal e caiu no interior da unidade penal. Neste primeiro equipamento foi encontrado um celular.

Já no início da manhã deste sábado (28.03), os agentes fizeram buscas pelo lado externo da unidade penal e encontraram mais um drone com dois aparelhos celulares.

A penitenciária tem recursos para inibir esta prática ilícita, a exemplo da implantação de telas solares, alambrando que blinda todo o perímetro da unidade e câmeras de videomonitoramento.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana