conecte-se conosco


Meu Pet

Cachorro desaparecido é encontrado fazendo amizade com cervo

Publicado

Quando nosso animal de estimação some, ficamos tristes e angustiados. Foi isso que aconteceu quando perto do Natal, Koda, a Husky Siberiada de Rachel, desapareceu. Depois de posts no Facebook e patrulhas por perto de sua casa no Canadá, a mulher se surpreendeu quando o cachorro desaparecido voltou alguns dias depois como se nada tivesse acontecido.

Leia também: Cardiopatia em cães: conheça a doença que matou cachorro da Xuxa

A canadense não sabia o que tinha acontecido no tempo em que o cachorro desaparecido
estava fora de casa, mas depois de lembrar que seu vizinho tinha câmeras de segurança ela teve uma ideia: pedir para ver as filmagens e verificar se Koda estava na área de monitoramento enquanto a família havia procurado por ela. 

A surpresa foi instantânea; A Husky não só estava perto da casa do vizinho como também tinha feito um novo amigo: um cervo. E parece que a amizade deles é bem forte, já que Koda dormia perto e até lambia seu amigo selvagem. “Ainda não consigo acreditar no que vi. Estou maravilhada!”, conta Rachel em seu FaceBook. 


O cachorro desaparecido e o cervo
Facebook/Rachel Howatt
O cachorro desaparecido e o cervo


Em entrevista ao The Dodo Rachel afirmou que de acordo com as filmagens, a dupla passou 12 horas junta. Parece que eles se divertiram muito juntos, e a dona não achou estranho que Koda foi em busca de um amigo. “Vou fazer meu melhor para mantê-la dentro de casa, mas se ela sumir de novo já sei com quem e onde estará”, finaliza Rachel.

Veja Também  Gato que parece com ator de Hollywood faz sucesso na internet

Leia também: Abrigo busca “humano guia” para ajudar cachorro cego

E essa não é a primeira vez que um cervo faz amizade com outro animal. Cervos são conhecidos por acolherem bichos, e já tiveram casos onde eles ficaram juntos de vacas no pasto e já chegaram até a adotar gatos que estavam perdidos na floresta.

No FaceBook de Rachel é possível ver uma postagem da dona procurando por Koda, de 22 de dezembro. Porém foi só agora em março que ela divulgou onde que a Husky estava passeando durante sua ausência. 


“Koda, nossa pequena diabinha, está desaparecida desde quinta-feira a noite. Ela tem uma coleira de identificação. Se alguém vir ou tiver informações sobre ela, por favor, fale comigo. Atualização: Koda está em casa sã e salva, alguém tem dicas de como evitar que um cão fuja novamente?”


Koda e o cervo
Facebook/Rachel Howatt
Koda e o cervo




Leia também: Conheça as doenças oculares caninas que têm maior frequência de casos

Rachel mora em Manitoba, no estado de Ontario, no Canadá, e o local é cheio de árvores, neve e lagos. É muito comum que animais selvagens fiquem por perto de sua casa, e ela espera não sofrer de novo com um 
cachorro desaparecido
. 

Fonte: Canal do Pet
Comentários Facebook

Meu Pet

Focinho achatado pode não ser motivo de problemas respiratórios em Pugs; entenda

Publicado

Quando falamos em Pugs, logo vem à cabeça as dificuldades respiratórias que essa raça e outras braquicefálicas – aquelas com crânio e parte do nariz achatados, como os Buldogues – têm. Porém, um estudo recente mostrou que os problemas respiratórios em Pugs
e outras raças podem estar ligados ao DNA e não ao formato do crânio.

Leia também: Alpaca de estimação é tratada como cachorro e até viaja com a dona


pug
Reprodução
cachorro da raça Pug.


Pesquisadores do Roslin Institute, no Reino Unido, sugeriram que o problema esteja ligado a uma mutação no DNA
desses e de outros cães. O estudo mostra que a deficiência respiratória aparece nos Pugs, Buldogues, mas também no Norwich Terrier, que tem focinho proporcional ao crânio.

Os cientistas acreditam que com essa descoberta eles possam identificar o gene causador do problema e evitar que outras gerações de cães nasçam com dificuldade para respirar. O nome do gene é ADAMTS3 e não está ligado ao formato da cabeça dos pets.

Leia também: Pitbull fofo rasga sua almofada favorita e observa “cirurgia” de conserto

Veja Também  Conheça as principais diferenças entre Buldogue Francês e Boston Terrier

O ADAMTS3 foi encontrado no DNA de Pugs, Buldogues
franceses e ingleses, mas também no Norwich Terrier, que não sofre da Síndrome da Respiração Braquicefálica, mas sim da Síndrome das Vias Respiratórias, que é semelhante.

Fonte: Canal do Pet
Comentários Facebook
Continue lendo

Meu Pet

Vídeo que mostra cães dentro de máquina de garra revolta internautas

Publicado

As máquinas de garras, aquelas que a pessoa coloca uma moeda e tem a chance de tentar pegar um bichinho de pelúcia ou um brinquedo que está dentro do vidro, são populares ao redor do mundo. Mas uma em especial, localizada na China, tem chamado a atenção e deixado muita gente revoltada: seus “brindes” são filhotes de cachorro vivos. 

Leia também: Trabalhadores escutam cachorro latindo e encontram animal em perigo


Cachorros
Reprodução Twitter
Vídeo mostra os cachorros dentro da máquina de garra


Um vídeo da máquina de garras
foi publicado pelo biólogo Daniel Schnaider no Twitter e acabou viralizando. Nele dá para ver vários filhotinhos brancos dentro do vidro, enquanto um homem tenta “pescar” um deles. Depois a imagem é cortada e ele aparece com o animal no colo. 

Leia também: Morre Grumpy Cat, gata “rabugenta” era sensação nas redes sociais

A publicação viralizou e passou a circular em vários países, deixando muitas pessoas revoltadas. A veracidade do vídeo e o exato local onde ele foi filmado ainda não foram confirmados, depois da repercussão Daniel disse que o vídeo foi enviado para ele e ele apenas o reproduziu. 

Veja Também  O que fazer com o animal de estimação durante a reforma em casa?

Mesmo assim a organização não governamental PETA, dedicada a manutenção dos direitos dos animais, entrou em contato com as autoridades chinesas para solicitar uma análise do vídeo em tom de urgência, alegando que “os animais não são brinquedos descartáveis”. 

Aproveitando a situação,  Michelle Kretzer escreveu uma matéria no site da PETA e alertou para outras situações parecidas. “Todas as pessoas que estão horrorizadas com o vídeo podem fazer algo para ajudar os animais. Outros bichos vivos – incluindo lagostas e tartarugas – são vendidos em máquinas de garra
, inclusive nos Estados Unidos. Esses animais animais são inteligentes e sofrem assim como os cães… Se você ver qualquer bicho sendo usado em jogos ou como prêmios fale com o gerente ou mande um email  para a empresa compartilhando sua preocupação, muitos animais já foram salvos por pessoas que não se calaram.”


Fonte: Canal do Pet
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana