conecte-se conosco


Policial

Integrantes de associação criminosa são presos com arma e R$ 4 mil em Rondonópolis

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Duas pessoas acusadas de integrar de uma organização criminosa foram presas em flagrante, na tarde de quarta-feira (13.03), pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao Sul). Além da prisão dos suspeitos, a ação resultou na apreensão de uma arma de fogo e de grande quantidade de dinheiro pertencente ao grupo criminoso.

O casal Elias Barbosa de Arruda, 33, conhecido como “Maxixe”, e Istefania Aparecida Mota, 27, ambos com antecedentes criminais, foram autuados em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e munições e associação criminosa. Além da prisão em flagrante, Elias estava com mandado de prisão decretado pela Comarca de Primavera do Leste, o qual foi devidamente cumprido.

O suspeito conhecido como “Maxixe”, era alvo de investigação da Derf, uma vez que era apontado como importante membro de uma facção. Segundo informações, ele era responsável pela contabilidade e recebimento das mensalidades, referentes aos pagamentos realizados por comparsas, e por comércios que pagam o valor para não ter “problemas” com a criminalidade.

Durante diligências, foi descoberto que o suspeito comercializava “cremosinho” em uma residência no bairro Ana Carla II, como forma de encobrir sua atuação no crime. Após levantamento do endereço do suspeito, os policiais civis foram até a casa onde encontraram Elias e sua companheira Istefania.

Veja Também  Polinter prende homens acusados de roubos, estupro e homicídio

No local, foi apreendido mais de R$ 4 mil em dinheiro, cadernetas e agenda com anotações, uma arma de fogo, além de duas motocicletas (Titan de cor vermelha e Honda Biz de cor preta) e um veículo Ford Fiesta.

Em checagem via sistema, foi constatado que Elias Barbosa possuía passagens por tráfico de drogas, bem como é réu em um processo da Comarca de Primavera do Leste com pedido de prisão preventiva em aberto, por envolvimento com organização criminosa. A companheira identificada como Istefania também tem passagens pela polícia por tráfico de drogas

Diante dos fatos, os dois foram conduzidos à Derf de Rondonópolis, interrogados e autuados em flagrante pelos crimes posse ilegal de arma de fogo e associação criminosa.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

PRF apreende 31kg de pasta base de cocaína em fiscalização na BR-070 em Poconé

Publicado

No veículo, a droga estava em vários compartimentos preparados especialmente para o transporte de ilícitos

Dois homens foram presos pela Policia Rodoviária Federal (PRF) na manhã desta quarta (20) transportando cerca de 31kg de substância análoga à pasta base de cocaína. A abordagem ao veículo Duster, com placas de Belo Horizonte/MG, foi realizada durante uma fiscalização de rotina no km 635 da BR-070, em Poconé/MT.

A droga foi localizada em vários compartimentos preparados especialmente para o transporte de ilícitos. Para-choque e para-lamas estavam repletos de tabletes do entorpecente, um total de 34. A descoberta do material se deu depois que os suspeitos apresentaram nervosismo diante da ação policial, relatando versões contraditórias quanto aos motivos da viagem.

Aos PRFs, o condutor, W.S.P, de 22 anos, confessou ter pego o veículo preparado e já carregado com o entorpecente em sítio próximo ao município de Pontes e Lacerda/MT. Ele e o passageiro, P.S.U.J, também de 22 anos, receberiam um valor em dinheiro pelo transporte até um posto de combustível em Várzea Grande/MT.

Veja Também  Polinter prende homens acusados de roubos, estupro e homicídio

Pelo crime de tráfico de drogas, os dois suspeitos receberam voz de prisão e, juntamente com os 31Kg da droga e o veículo, foram encaminhados para a Polícia Judiciária Civil em Poconé/MT.

Texto: PRF Bruna de Lima
Foto: Nucom PRF MT

Fonte: PRF MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polinter prende homens acusados de roubos, estupro e homicídio

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Dois foragidos da Justiça com mandados de prisão em sistemas de segurança foram presos na segunda-feira (18.03), por policiais civis da Gerência Estadual de Polinter e Capturas (GEPOL), em Cuiabá. Um é contumaz na prática de crimes patrimonial e outro responde por crimes de homicídio e estupro.  

Após trabalho de investigação, vigilância e monitoramento foram presos os suspeitos Alexandre de Abreu Leal, 34 anos, conhecido por “Cheirinho”, nas imediações dos bairros Grande Terceiro e Coophamil, e Reinaldo Alves Pereira, 46 anos, preso no bairro Santa Izabel, ambos bairros de Cuiabá. 

Alexandre de Abreu Leal  é  criminoso contumaz em crimes contra o patrimônio. No ano de 2008, o investigado Alexandre de Abreu Leal chegou a ser preso por envolvimento em assalto a banco apontado nas investigações pela participação no roubo a agência do Banco HSBC da Praça 8 de Abril, região central de Cuiabá.

Além desse processo também registra condenações por  furto qualificado, roubo na forma tentada, associação criminosa  e indiciamentos por tentativa de homicídio pela comarca de  Várzea Grande.   

Veja Também  Polinter prende homens acusados de roubos, estupro e homicídio

O suspeito teve mandado de prisão expedido nos autos do processo crime  em curso junto a 3ª Vara Criminal da Comarca de  Cuiabá, que foi regularmente cumprido.

Na mesma região, no bairro Santa Izabel, os investigadores da Delegacia de Polinter e Capturas (GEPOL) prenderam Reinaldo Alves Pereira, que responde por homicídio e estupro. O suspeito que é natural de Diadema (SP) possuía contra dois  mandados de prisão pendentes de cumprimento, expedidos pela 1ª Vara Criminal de Cuiabá e 14ª  Vara Criminal da Capital.

Ambos os suspeitos foram submetidos a exame de corpo delito de rotina e  apresentados em audiência de custódia.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana