conecte-se conosco


Policial

Autor de violência doméstica é preso com armas e munições em Rondonópolis

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um homem acusado de violência doméstica foi preso em flagrante, em ação realizada pela Polícia Judiciária Civil na noite de terça-feira (12.03), na zona rural de Rondonópolis (212 km ao Sul). As diligências, que resultaram na apreensão de duas armas de fogo e munições, iniciaram após denúncia da própria vítima de violência doméstica.

Valdeci Pedro Ferreira, 43, foi autuado pelos crimes de ameaça e posse irregular de arma de fogo de uso permitido, na ação realizada pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DDM) com apoio do Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra) de Rondonópolis.

O suspeito foi surpreendido pelos policiais civis em uma propriedade agrícola, na Gleba Rio Vermelho, em poder de um revólver, uma espingarda e várias munições de diferentes calibres.

A prisão do suspeito ocorreu após a DDM receber denúncia de que ele praticava os crimes de ameaça e lesão corporal, contra uma jovem de 22 anos, com quem convivia há cerca de 11 meses, no sítio na Gleba Vermelha. De acordo com as informações, a vítima era sempre espancada pelo companheiro.

Veja Também  Investigador da Polícia Judiciária Civil recebe título de mestrado

No domingo (10.03), o suspeito saiu para trabalhar e trancou com cadeado a porteira do sítio onde moram, deixando a vítima presa no local, porém a vítima conseguiu escapar e fugir. Depois do ocorrido, o suspeito até a casa de um parente da vítima e ofendeu e fez ameaças contra toda família.

Com medo do ex-companheiro muito agressivo, a vítima procurou a Polícia Civil para pedir apoio para buscar seus pertences pessoais na casa em que residia com o suspeito. No endereço, enquanto a vítima retirava seus pertences, os policiais encontraram um revólver calibre 32 com cinco munições, outras quatro munições intactas e uma aparentemente picotada. 

Em continuidade as diligências, as equipes aguardaram o suspeito na porteira do sítio, local em que foi realizada sua abordagem. Questionado, ele indicou o local onde guardava outra arma de fogo (espingarda calibre 28).

Diante do flagrante, Valdeci foi conduzido à delegacia, interrogado e preso pelos crimes de ameaça(no âmbito da Lei Maria da Penha) e posse irregular de arma de fogo de uso permitido.

 

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

PRF apreende 31kg de pasta base de cocaína em fiscalização na BR-070 em Poconé

Publicado

No veículo, a droga estava em vários compartimentos preparados especialmente para o transporte de ilícitos

Dois homens foram presos pela Policia Rodoviária Federal (PRF) na manhã desta quarta (20) transportando cerca de 31kg de substância análoga à pasta base de cocaína. A abordagem ao veículo Duster, com placas de Belo Horizonte/MG, foi realizada durante uma fiscalização de rotina no km 635 da BR-070, em Poconé/MT.

A droga foi localizada em vários compartimentos preparados especialmente para o transporte de ilícitos. Para-choque e para-lamas estavam repletos de tabletes do entorpecente, um total de 34. A descoberta do material se deu depois que os suspeitos apresentaram nervosismo diante da ação policial, relatando versões contraditórias quanto aos motivos da viagem.

Aos PRFs, o condutor, W.S.P, de 22 anos, confessou ter pego o veículo preparado e já carregado com o entorpecente em sítio próximo ao município de Pontes e Lacerda/MT. Ele e o passageiro, P.S.U.J, também de 22 anos, receberiam um valor em dinheiro pelo transporte até um posto de combustível em Várzea Grande/MT.

Veja Também  GCCO prende alvos de operação de Minas Gerais

Pelo crime de tráfico de drogas, os dois suspeitos receberam voz de prisão e, juntamente com os 31Kg da droga e o veículo, foram encaminhados para a Polícia Judiciária Civil em Poconé/MT.

Texto: PRF Bruna de Lima
Foto: Nucom PRF MT

Fonte: PRF MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polinter prende homens acusados de roubos, estupro e homicídio

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Dois foragidos da Justiça com mandados de prisão em sistemas de segurança foram presos na segunda-feira (18.03), por policiais civis da Gerência Estadual de Polinter e Capturas (GEPOL), em Cuiabá. Um é contumaz na prática de crimes patrimonial e outro responde por crimes de homicídio e estupro.  

Após trabalho de investigação, vigilância e monitoramento foram presos os suspeitos Alexandre de Abreu Leal, 34 anos, conhecido por “Cheirinho”, nas imediações dos bairros Grande Terceiro e Coophamil, e Reinaldo Alves Pereira, 46 anos, preso no bairro Santa Izabel, ambos bairros de Cuiabá. 

Alexandre de Abreu Leal  é  criminoso contumaz em crimes contra o patrimônio. No ano de 2008, o investigado Alexandre de Abreu Leal chegou a ser preso por envolvimento em assalto a banco apontado nas investigações pela participação no roubo a agência do Banco HSBC da Praça 8 de Abril, região central de Cuiabá.

Além desse processo também registra condenações por  furto qualificado, roubo na forma tentada, associação criminosa  e indiciamentos por tentativa de homicídio pela comarca de  Várzea Grande.   

Veja Também  Projetos Sociais da PJC marcam presença na abertura das atividades do Clube de Desbravadores

O suspeito teve mandado de prisão expedido nos autos do processo crime  em curso junto a 3ª Vara Criminal da Comarca de  Cuiabá, que foi regularmente cumprido.

Na mesma região, no bairro Santa Izabel, os investigadores da Delegacia de Polinter e Capturas (GEPOL) prenderam Reinaldo Alves Pereira, que responde por homicídio e estupro. O suspeito que é natural de Diadema (SP) possuía contra dois  mandados de prisão pendentes de cumprimento, expedidos pela 1ª Vara Criminal de Cuiabá e 14ª  Vara Criminal da Capital.

Ambos os suspeitos foram submetidos a exame de corpo delito de rotina e  apresentados em audiência de custódia.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana