conecte-se conosco


Mato Grosso

Polícia Civil prende cinco por roubo de carnes de frigorífico

Publicado

Cinco criminosos envolvidos no roubo de três toneladas de cortes de carnes nobres foram presos pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG), da Polícia Judiciária Civil, na noite de terça-feira (12.02). Parte da mercadoria subtraída foi recuperada.

A ação desencadeada logo após o roubo de um frigorífico prendeu, em menos de 24 horas, R.J.M.F., F.J.O.M., C.H.S.S., G.S.X., M.R.N. Todos foram autuados em flagrante por associação criminosa armada, roubo majorado mediante emprego de arma de fogo, concurso de pessoas e receptação.

Outros três suspeitos estão sendo procurados.

O roubo ocorreu na noite de segunda-feira (11.02). Quatro homens, portando arma de fogo, pularam o muro do frigorífico, no bairro Alameda, em Várzea Grande, e renderam funcionários da empresa. Os assaltantes estavam em uma caminhonete D-40, que foi utilizada para carregar mercadoria da empresa. Aproximadamente três toneladas de carne de cortes nobre foram roubadas, além de aparelhos de televisão e um automóvel Gol, que acabou sendo abandonado.

Após tomar conhecimento do roubo, as equipes da Derf Várzea Grande iniciaram as investigações visando a identificação dos integrantes da associação criminosa e esclarecimento do crime. Com base nos primeiros levantamentos, os investigadores conseguiram identificar os suspeitos, que foram seguramente reconhecidos pelas vítimas como autores do roubo através do arquivo fotográfico da delegacia.

Veja Também  Policias recuperam 135 botijões de gás roubados em Cuiabá

Os cinco que foram presos até agora integram uma quadrilha, liderada pelos três que estão foragidos. Os líderes planejaram e coordenaram as ações, não atuando na linha de frente, ou seja, não apareceram nos locais de crime. Um deles utiliza uma padaria como fachada para guardar produtos roubados.

Um dos presos possui experiência no ramo de açougue e foi o responsável pela orientação quanto a logística de armazenamento e venda dos cortes de carnes nobres roubados. Outros dois, um casal, ficaram responsáveis por guardar os produtos levados. Na residência deles os policiais civis recuperaram 13 quilos de carne.

Durante monitoramento nas proximidades do estabelecimento de fachada, as equipes visualizaram dois dos suspeitos, um deles com tornozeleira eletrônica, em atitudes duvidosas. Os investigadores entraram na mercearia e localizaram o freezer repleto de cortes de carnes roubadas do frigorífico. No local também foram apreendidas várias caixas vazias, indicando que alguns produtos já tinham sido vendidos.

Nas casas de dois dos foragidos foram encontradas a caminhonete utilizada no crime e os televisores roubados.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Sema orienta sobre checagem online da autenticidade do documento que autoriza desmate

Publicado

A autenticidade do documento de autorização de desmate pode ser checada no site da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), por meio do Sistema Integrado de Monitoramento e Licenciamento Ambiental (Simlam), que traz em tempo real os títulos emitidos pela Sema e concede essa permissão.

O título público traz diversas informações, como reserva legal, área autorizada para o desmate (medida em hectare), localização da propriedade rural e município. Para acessar o documento é preciso clicar na aba Simlam, localizada no canto direito do site da Sema (www.sema.mt.gov.br), e abrir os links: Simlam Público – Regularização do Imóvel Rural – AD. Após colocar o número do título é possível, na aba licenciamento e autorização, checar a área permitida para este desmate. 

A autenticidade também pode ser conferida por meio de informações georreferenciadas no Portal Transparência da Sema. As informações podem ser acessadas pela aba do Navegador Geográfico – Simgeo.

Na última semana, fiscais da Sema, em parceria com o Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental e Força Tática de Mato Grosso, atuaram em flagrante o desmatamento de uma área de floresta Amazônica em União do Sul. O filho de um produtor rural foi preso ao apresentar um documento falso de autorização de desmatamento.  

 A base de dados da Sema ajuda a coibir esse tipo de prática criminosa, permitindo que produtores rurais, engenheiros, técnicos e sociedade em geral consultem a existência de autorização e a área em que é permitido o desmate, evitando também a aplicação de golpes por meio de documentos fraudados.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Veja Também  Politec e PJC apresentam resultado de laudo pericial de atropelamento nesta terça (19)
Continue lendo

Mato Grosso

PM prende dois e recupera produtos furtados

Publicado

Duas ocorrências de furto foram atendidas por policiais militares em Cuiabá e em Querência (a 945 km da capital) nesta segunda e terça-feira (18 e 19.02). Duas pessoas foram presas durante as ações e produtos roubados foram recuperados.

No bairro do Carumbé, na capital, policiais da 5ª Companhia do Planalto apreenderam N.G.S. (13), com vários monitores e notebooks furtados da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). Quando os policiais chegaram ao local, o suspeito já estava imobilizado por funcionários, mas uma segunda pessoa conseguiu fugir. O menor foi encaminhado para a delegacia, para as devidas providências.

Em Querência, os policiais foram acionados via 190 pelo proprietário de uma loja de informática. Ele identificou que E.S.S. (33) vendia pelas ruas da cidade produtos furtados de seu estabelecimento. Os policiais encontraram o suspeito em sua residência, com todo o material furtado. Foram recuperadas 38 películas de celular, cabos de USB e reatores de lâmpadas florescentes. O suspeito e o material foram levados à delegacia da cidade.

Veja Também  MTI disponibiliza novos serviços do Mato Grosso Saúde no aplicativo MT Cidadão

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana