conecte-se conosco


Policial

Irmãos que mantinha empresa de fachada para comércio de drogas são presos

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma empresa de reciclagem que mantinha em funcionamento um ponto de comércio ilícito de drogas foi alvo da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecente (DRE), na tarde desta quarta-feira (13.02), no bairro Jardim dos Estados, Várzea Grande.

Dois irmãos (Erli Ribeiro Macedo, 30 anos, e Tércio Leite Ribeiro, 40), foram presos e vão responder por tráfico e associação para o tráfico. Eles são os donos da residência onde também funciona uma  empresa de fachada, que na verdade era um subterfúgio usado para a venda de drogas, sem despertar atenção da polícia.

A suspeita dos investigadores se confirmou quando flagraram um usuário de drogas, de 22 anos, que tinha acabado de sair do local com uma porção de entorpecente. Ele também foi levado para DRE e respondeu termo circunstanciado de ocorrência (TCO) de uso de drogas.

Os irmãos, na ação dos policiais, tentaram camuflar a droga entre os materiais de reciclagem.  Foram apreendidos apetrechos de preparo para embalar e pesar entorpecentes (duas balanças de precisão, rolo plástico filme, anotações do trafico, um rádio HT), 02 poção médias de maconha, uma porção média de cocaína, sete porções medias de substancia pasta base de cocaína.

Veja Também  Tronco de árvore cai e mata homem durante o trabalho em Livramento

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Acusado de matar menor é preso em Confresa pela PC

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Com mandado de prisão preventiva, expedido pela comarca de Porto Alegre do Norte/MT, Diogo Pereira da Silva, 22, foi preso pela Policia Civil, em Confresa, na sexta-feira (20.09).Ele é acusado de crime de homicídio  ocorrido no mês de novembro de 2017.

A vítima do crime foi um adolescente (Carlos Cardoso Figueiredo, conhecido por Carlinhos), que teve o corpo encontrado com várias perfurações de faca, e já em avançado estado de decomposição, na pista de motocross, no município de Confresa.

Durante as investigações, a Polícia Civil comprovou a participação do suspeito no crime, que à época possuía um veículo Gol vermelho,  que foi utilizado durante a ação criminosa. Além de Diogo, outros três menores também participaram da morte de “Carlinhos”, sendo que estes já haviam confessado o crime e também delatado Diogo como um dos autores do crime.

O delegado de Confresa André Rigonato representou pela prisão preventiva de Diogo Pereira da Silva. O mandado de prisão foi deferido e ele preso.

Veja Também  Polícia Civil prende receptador de equipamento de fusão óptica furtado de empresa

O suspeito será encaminhado para a Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Profissionais que atuam em investigações de roubo de veículos e ações de trânsito são treinados

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Policiais civis, militares, agentes de trânsito e peritos participam neste sábado (21.09) de treinamento visando a identificação e procedência de veículos. A capacitação ocorre das 8 às 18 horas, no auditório da Diretoria Geral da Polícia Judiciária Civil, em Cuiabá.

A iniciativa é da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), visando o aperfeiçoamento das investigações policiais. Participaram do curso, investigadores e delegados da Derrfva e das Delegacias Especializadas de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá e Várzea Grande, da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), além de policiais militares e servidores da Politec, Semob e Detran.

O curso é ministrado pela Dekra Vistoria, em com a parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva) e Conselho Nacional de Vistoria Veicular (CNVV).

Objetivo é aperfeiçoar os profissionais de segurança pública e atividades fins, para maior facilidade na identificação de veículos adulterados, durantes as blitze e outras fiscalizações preventivas de trânsito.

A empresa Dekra vai repassar conhecimentos adquiridos na área de inspeção veicular, aos agentes que atuam no combate aos roubos, furtos e receptações de veículos utilizados para crimes, como casos envolvendo adulteração de chassi e documentação veicular, itens fundamentais para identificação imediata de práticas ilícitas.

Veja Também  Polícia Civil prende receptador de equipamento de fusão óptica furtado de empresa

Além de preparar ainda mais o profissional para a verificação de imediato, se o veículo é produto de furto ou roubo, já que, normalmente esses veículos automóveis costumam ser usados para a prática de outros tipos de crimes, como o tráfico de entorpecentes.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana