conecte-se conosco


Diárias de Mercado

MANDIOCA/CEPEA: Indústrias seguem com dificuldades para se abastecer

Publicado

Cepea, 11/02/2019 – A maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea tem pouca disponibilidade de mandioca com mais de 1 ciclo. Os poucos produtores que dispõem do produto continuam limitando as entregas, devido ao lento retorno da atividade ou ao clima desfavorável, visto que as chuvas foram bastante irregulares na semana passada. Ao mesmo tempo, a demanda pela matéria-prima tem sido maior. Parte das firmas voltou a se abastecer em áreas mais distantes, inclusive em outros estados, como, por exemplo, as fecularias paranaenses que adquiriram mandioca no estado de São Paulo. Neste cenário, os preços se elevaram na semana. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: Diárias de Mercado
Comentários Facebook
Veja Também  CAFÉ/CEPEA: Queda em NY pressiona cotações domésticas do arábica

Diárias de Mercado

BOI/CEPEA: Atualização na metodologia do Indicador do boi gordo passa a vigorar em março/19

Publicado

Cepea, 20/02/2019 – A partir de 1º de março de 2019, ajustes metodológicos entrarão em vigor para o cálculo do Indicador do boi gordo ESALQ/BM&FBovespa. Dentre as atualizações na metodologia, estão a implementação de uma nova região paulista (Vale do Paraíba) – que se torna a quinta praça do estado  –  e melhorias no procedimento estatístico. Esses ajustes, solicitados pelo mercado pecuário, foram validados pela B3. Todos os detalhes metodológicos podem ser acessados aqui. Vale ressaltar que a revisão da metodologia do Indicador do boi gordo passa a ser periódica e, nesse sentido, o Cepea disponibiliza um canal exclusivo para receber formalmente elogios, reclamações e sugestões – acesse aqui. Fonte: Cepea.

Fonte: Diárias de Mercado
Comentários Facebook
Veja Também  ARROZ/CEPEA: Com agentes cautelosos e fraca demanda, liquidez é baixa e preço cai
Continue lendo

Diárias de Mercado

ALGODÃO/CEPEA: Ritmo de negócios é lento e cotações têm leve recuo

Publicado

Cepea, 20/2/2019 – As negociações envolvendo algodão em pluma estão limitadas a poucos lotes. Conforme colaboradores do Cepea, enquanto o comprador busca apenas repor estoques, vendedores ofertam maiores volumes, mas com características de cor, micronaire e fibra. Outros agentes, especialmente os que possuem lotes de boa qualidade, se mantêm retraídos do mercado, atentos à valorização do dólar na primeira quinzena de fevereiro, apesar da queda dos preços internacionais no mesmo período. Assim, a “queda de braço” resultou em pequenas oscilações nos valores domésticos. Entre 12 e 19 de fevereiro, o Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, registrou leve queda de 0,35%, fechando a R$ 2,9313/lp no dia 19. Na parcial de fevereiro, o recuo é de 0,37%. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: Diárias de Mercado
Comentários Facebook
Veja Também  LEITE/CEPEA: Estoques reduzidos e menor produção elevam preço do UHT
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana