conecte-se conosco


Esportes

Flamengo continuará pagando salários das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu

Publicado


Nesta segunda-feira (11), representantes do Flamengo deverão participar de uma reunião no Ministério Público para tentar esclarecer o que ocorreu
Tomaz Silva/Arquivo/Agência Brasil
Nesta segunda-feira (11), representantes do Flamengo deverão participar de uma reunião no Ministério Público para tentar esclarecer o que ocorreu

A diretoria do Flamengo comprometeu-se a manter o pagamento dos salários às vítimas do incêndio de sexta-feira (8) em um dos alojamentos do clube, no Ninho do Urubu, como é conhecimento popularmente o Centro de Treinamento Presidente George Helal. A informação está em nota divulgada pelo clube neste domingo (10).

Leia também: Presidente do Flamengo lamenta mortes: “Maior tragédia do clube em 123 anos”

“O Flamengo
gostaria de reiterar que, independentemente de qualquer investigação, vem prestando todo o amparo às famílias dos atletas vitimados pela tragédia ocorrida no centro de treinamento, assim como aos feridos e sobreviventes. Neste momento, o clube, de pleno, assume o compromisso de manter a remuneração paga aos atletas vítimas do incêndio, sem qualquer prejuízo de outras ações adicionais de apoio que estão sendo implementadas”, diz a nota.

Em outro trecho da nota, a diretoria do Flamengo ressalta que, de acordo com a empresa NHJ, responsável pelo alojamento de contêiner
, a espuma usada no isolamento térmico e acústico não era inflamável. “Vale ressaltar que representantes da empresa NHJ – em reunião realizada na manhã deste domingo, na sede da Gávea – esclareceram que o poliuretano utilizado entre as chapas metálicas não é propagador de incêndios, por ter característica auto-extinguível.”

Leia também: Ao som de “Parabéns a você”, jovem vítima de incêndio no Flamengo é enterrado

Veja Também  Modric expulso, golaço de Kroos… Real Madrid estreia no Espanhol com vitória

Nesta segunda-feira (11), representantes do Flamengo deverão participar de uma reunião no Ministério Público (MP) para tentar esclarecer o que ocorreu no Ninho do Urubu
. Também estarão presentes à reunião representantes de diversos outros órgãos da Justiça e da prefeitura do Rio.

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, já havia dado a entender que daria amparo às famílias das vítimas. “Obviamente estamos todos consternados. Essa é a maior tragédia que esse clube passou nos últimos 123 anos (anos de existência do clube, fundado em novembro de 1895)”, disse o mandatário do clube, eleito recentemente.

“O mais importante agora é a gente se dedicar a tentar minimizar o sofrimento de todas essas famílias. O Flamengo está cuidando disso e estamos fazendo com que isso seja minimizado ao máximo”, completou o cartola.

Leia também: Somos tão insignificantes que jogamos enquanto choramos

As chamas tomaram conta do alojamento dos jogadores do base do Flamengo
, no centro de treinamento Ninho do Urubú, ocalizado em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, na madrugada desta sexta-feira (8). Dez atletas com idades entre 14 e 15 anos acabaram morrendo no incêndio. Três seguem internados, um deles em estado grave.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook

Esportes

Surfista brasileiro sofre racismo por ter filha branca: “Não estou raptando ela”

Publicado

Surfista brasileiro Wesley Santos e a filha arrow-options
Instagram/Reprodução
Surfista brasileiro Wesley Santos e a filha

O surfista brasileiro Wesley Santos relatou em sua conta oficial do Instagram um episódio de racismo que sofreu na Califórnia, nos Estados Unidos, mais precisamente em Huntington Beach.

Leia também: Discussão entre surfistas na praia termina com assassinato a facadas

Wesley Santos, que é negro e mora nos EUA, disse que estava na praia com sua filha, quando foi abordado por uma senhora norte americana. O surfista contou que a mulher começou a fazer muitas perguntas.

Respondendo por alguns desses questionamentos, Wesley indicou para a senhora que falasse com sua esposa, a lutadora de MMA Mackenzie Dern , que é norte-americana e estava junto.

Ao conversar com Mackenzie, a mulher relatou que se sentiu preocupada em ver o surfista com a bebê e que havia, inclusive, chamado a polícia. 

Surfista brasileiro Wesley Santos e a mulher Mackenzie Dern com a filha do casal arrow-options
Instagram/Reprodução
Surfista brasileiro Wesley Santos e a mulher Mackenzie Dern com a filha do casal

Para Wesley, ele foi vítima de racismo por parte da mulher. “É uma falta de respeito. Eu, como pai, estava com minha filha. Não posso mais andar com minha filha só porque sou negro e ela branca? As pessoas têm que mudar esse modo de pensar, porque existem muitas pessoas que passam a mesma coisa que passei”, disse o brasileiro.

Veja Também  Zinho reclama ao ser interrompido por PVC em programa da Fox: “Posso terminar?”

Leia também: Gabriel Medina tem vídeo íntimo com duas garotas vazado na internet; assista

“Não me senti bem em ser tratado desse jeito. Não é só porque minha filha é branca que eu não sou o pai dela. E só porque ela é branca eu não estou raptando ela ou roubando ela. Quero respeito. Racismo é crime”, completou Wesley.

Mackezie Dern também falou sobre o episódio e desabafou. “Só porque tem um homem negro com uma nenê branca, acha que roubou a criança ou que não é dele. É um absurdo hoje em dia passar por coisa assim, é racismo isso”, disse.

O surfista brasileiro Wesley Santos foi campeão sul-americano de surfe no ano passado e se mudou para a Califórnia, visando melhorar sua performance.

Confira o relato do casal no vídeo abaixo:

Ver essa foto no Instagram

Vamos acabar com Racismo ! 🤬😡🤬😡#RacismoèCrime #SomosTodosIguais

Uma publicação compartilhada por Wesley Santos (@santoswesley) em 19 de Ago, 2019 às 6:49 PDT


Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Confira a agenda do futebol desta terça-feira, dia 20 de agosto de 2019

Publicado

Grêmio recebe o Palmeiras no jogo de ida das quartas da Libertadores arrow-options
Reprodução / Conmebol
Grêmio recebe o Palmeiras no jogo de ida das quartas da Libertadores

A agenda do futebol desta terça-feira (20) está recheada de partidas decisivas. Tem time brasileiro em ação nas quartas da Libertadores e da Sul-Americana. Jogos da Série B e Liga dos Campeões também agitam o dia.

Confira abaixo as principais partidas. Os horários da  agenda do futebol  são de Brasília.

Libertadores – Jogo de ida das quartas de final

21h30 – Grêmio x Palmeiras

Copa Sul-Americana – Jogo de ida das quartas de final

21h30 – Atlético-MG x La Equidad (COL)

Campeonato Brasileiro – Série B

19h15 – Botafogo SP x Londrina

19h15 – Brasil de Pelotas x São Bento

19h15 – Operario x Guarani

20h30 – Paraná x Atlético-GO

21h30 – Cuiabá Esporte x Figueirense

21h30 – Vila Nova x Sport Recife

Liga dos Campeões – Qualificação

16h00 – APOEL (Cyp) x Ajax (Ned)

16h00 – CFR Cluj (Rou) x Slavia Praga (Cze)

16h00 – LASK Linz (Aut) x Club Brugge (Bel)

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Veja Também  CSA aguenta pressão, surpreende e vence o Fluminense no Maracanã
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana