conecte-se conosco


Mato Grosso

Veja como fugir das armadilhas na hora da compra

Publicado

É comum ouvir alguém comentar ter comprado determinado produto, e, ao visitar outro estabelecimento, ver este mesmo produto, com as mesmas características e qualidade, a um preço inferior. Logo vem o pensamento: “Ah! Se arrependimento matasse…”. 

Mas nem tudo está perdido. Há uma solução para este problema, garante o superintendente do Procon-MT, Eduardo Rodrigues, advogado especialista em defesa do consumidor. “Há algumas etapas a serem seguidas para evitar este tipo de situação, seja qual for o produto a ser comprado”.

Segundo ele, o primeiro passo é o planejamento. Ou seja, saber o que vai comprar, para evitar aquisições indesejáveis e gastar um dinheiro desnecessário. No caso de alimentos, por exemplo, fazer uma lista é fundamental. 

O segundo passo, continua, é pesquisar preços. “Porém, é bom destacar a relação custo-benefício, prestando sempre atenção na qualidade no momento da pesquisa de preço do produto a ser adquirido, para não cair na armadilha do ‘barato que sai caro’”.

Na hora da compra de produtos industrializados e com marcas definidas, ele aconselha adquiri-los em atacados (ou atacarejos, como mais comumente são chamados), cujo poder de compra é bem superior aos mercados normais. Por isso, conseguem reduzir seus custos com os fornecedores e, vender mais barato.

“Já no caso dos alimentos, hortaliças principalmente, há vários pontos de feira livre, especialmente em Cuiabá, onde é possível comprar diretamente do produtor. Muitas vezes são produtos orgânicos (sem adubos químicos), a preços mais acessíveis que nos mercados comuns, por não existir a intermediação”, aconselha. 

Outra orientação do superintendente do Procon-MT é não fazer compras parceladas (um produto de cada vez), evitando ir constantemente (ou mesmo diariamente) ao mercado. O correto, e que vai gerar mais economia ao consumidor, é fazer compras mensais, com o auxílio de uma lista. 

Veja Também  PM apreende arsenal de grosso calibre e 220 munições de fuzil 762

“É muito importante não esquecer de pedir a nota fiscal, uma obrigação de quem está vendendo. Se o produto estiver danificado ou estragado, é possível devolvê-lo”.

Produtos danificados

Quando o produto adquirido é de qualidade duvidosa, o consumidor tem direito a reclamar no próprio estabelecimento onde o comprou. No caso de produtos não duráveis (feitos para consumo imediato, como chocolate), o prazo para devolução é de 30 dias, enquanto para os duráveis (ferro elétrico, por exemplo) este tempo aumenta para 90 dias. 

Eduardo Rodrigues explica ainda que nos casos de produtos adquiridos com defeito, existe a chamada Responsabilidade Solidária. “Pelo artigo 18 do Código de Defesa do Consumidor, os fornecedores (fabricante e vendedor) respondem solidariamente pelos vícios de qualidade ou de quantidade que os tornem impróprios ou inadequados ao consumo. A loja tem 30 dias para fazer o conserto. Se isso não acontecer, o consumidor pode pedir a devolução do dinheiro ou escolher um novo produto da mesma espécie, em perfeitas condições de uso”

Já em caso de compras feitas por meio da internet, via postal ou telefone, existe um prazo de desistência, estipulado em sete dias, a partir do recebimento do produto. “É o chamado Direito de Arrependimento. Neste caso, o consumidor é motivado pelo fato de ter adquirido um produto que não estava vendo (exceto pela imagem), nem pegando nele para ver como é”, diz.

Veja Também  Policiais impedem crime e prendem assaltantes de carro em flagrante

Garantia

É bom lembrar, ainda, diz o superintendente do Procon-MT, que todo produto possui uma garantia, denominada Garantia Legal, cujo prazo é de três meses ou 90 dias. Já a garantia dada pela loja ou fabricante é a Garantia Contratual, cujo prazo está definido no Certificado de Garantia e é somado à garantia legal. Portanto, se garantia contratual for de um ano, o tempo total passa a ser de um ano e três meses. 

Serviços 

O Procon Estadual está atendendo nas dependências da Arena Pantanal, localizada no bairro Verdão, acesso pelo Portão J, em Cuiabá, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h30, para registro de reclamações, audiências, consulta de processos e protocolo de documentos.

Outros postos do Procon/MT

Procon Ganha Tempo – Praça Ipiranga, atendimento de segunda à sexta-feira, das 08h às 18h

Procon Ganha Tempo – Várzea Grande Shopping, atendimento de segunda à sexta-feira, das 10h às 19h

Procon Assembleia Legislativa, atendimento de segunda à sexta-feira, das 7h30 as 18h

Reclamação na internet

Acesse a plataforma www.consumidor.gov.br. Por este canal o consumidor poderá registrar sua reclamação sem a necessidade de vir ao Procon, basta ter um e-mail válido. O prazo para resolução é de, até, 10 (dez) dias corridos. Este canal é monitorado pelo Procon-MT, embora seu contato seja diretamente com o fornecedor.

Verifique se a empresa reclamada está cadastrada no site, faça um relato de sua reclamação e aguarde o prazo. Se preferir consulte o tutorial em https://www.youtube.com/watch?v=2DTUi9U_DiE. Mas caso o problema persista recomendamos que procure o Procon mais próximo ou Poder Judiciário para atendimento presencial.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Homem que entregava drogas em domicilio é preso em Cáceres

Publicado

Policiais do 6º Batalhão da Polícia Militar de Cáceres prenderam K.F.S (22)  com três porções cocaína. O homem estava parado em uma motocicleta no bairro Cavalhada e confessou que vende drogas por meio de entregas a domicilio.

A droga estava em um dos bolsos da calça do suspeito e em uma mochila os policiais também apreenderam uma máquina portátil de cartão de crédito. O suspeito disse que vendia os pinos de cocaína a R$ 10 cada e que compra o entorpecente para revender de um traficante no bairro Marajoara.

As informações sobre o fornecedor da droga foram repassadas à Polícia Civil. A motocicleta utilizada para fazer a entrega das drogas foi apreendida e suspeito foi preso por tráfico de drogas. 

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Veja Também  Sargento da PM conquista título no Mundial Arnold Classic Brasil
Continue lendo

Mato Grosso

Torcedores fazem festa na grande final do campeonato mato-grossense

Publicado

As arquibancadas da Arena Pantanal foram palco de festa e lazer para cerca de 4 mil torcedores presentes na partida decisiva do estadual que consagrou o Cuiabá Esporte Clube como campeão mato-grossense de futebol.

Prestes a completar 90 anos em maio e pela primeira vez no estádio, dona Maria Auxiliadora de Almeida era uma das torcedoras que esbanjava alegria na celebração do futebol. “Estou achando maravilhoso, não sabia que a Arena era tão bonita, se soubesse já teria vindo há muito tempo”.

Dona Maria Auxiliadora, de quase 90 anos, e sua nora Meire, comemoram um dos gols do Cuiabá –  Foto: Mayke Toscano / Secom-MT  

“Legítimo representante da cidade verde, da terra do sol. És guerreiro, és gigante, na arte do futebol”. O hino entoado diversas vezes pela torcida na tarde de domingo (21), retrata a força e eficiência do Cuiabá que, invicto durante toda a competição, garantiu o seu tricampeonato ao empatar com o CEOV na Arena Pantanal.

Por ter vencido o Operário por 2 a 0 no primeiro jogo da final, o time da Capital entrou em campo com vantagem. Com os dois gols marcados nesse último duelo, o placar agregado ficou de 4 a 2 para o Dourado.

Torcida do Cuiabá faz a festa na Arena Pantanal no domingo e se prepara a torcer pelo clube na série B do Brasileirão  – Foto: Mayke Toscano / Secom-MT

Sob a gestão da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel/MT) desde janeiro deste ano, a Arena Pantanal tem recebido os cuidados necessários para que os problemas acumulados no decorrer dos anos fossem minimizados e o espaço pudesse ficar em condições de funcionamento.  

Veja Também  Sargento da PM conquista título no Mundial Arnold Classic Brasil

Para o secretário adjunto de Esporte e Lazer da Secel, Jefferson Carvalho Neves, a final do campeonato mato-grossense encerrou com êxito um ciclo de trabalho da gestão. “Desde o dia 02 de janeiro, trabalhamos para solucionar os problemas que existiam. Conseguindo laudos, reformamos e ajustamos algumas necessidades para que a Arena estivesse em condições mais adequadas. Esse último confronto do Estadual consagra todo o trabalho que foi feito por nossa equipe até agora”, comemora Jefferson.

Com presença assídua no estádio desde a Copa do Mundo da Fifa em 2014, o torcedor cuiabanista Jonas Assumpção, elogia as melhorias da Arena Pantanal. “Sempre venho aos jogos com meus filhos, adoramos futebol e acho que aqui é um espaço seguro para trazê-los. Já teve uma época que estava meio suja mas agora está bem melhor”.

Jonas Assumpção e seus filhos Gabriel e Caio, de 10 e 05 anos, na torcida pelo Cuiabá E. C. no domingo

No setor norte destinado à torcida do Operário Varzea-grandense (CEOV), a esperança de vitória também embalou os cantos por lá. O presidente da torcida Furacão Tricolor Hermes Bispo da Silva, ou Piçado como é mais conhecido, resume o sentimento dos operarianos. “Enquanto existir 1% de chance, precisamos ter 99% de esperança. E está sendo uma bonita festa, mas queria que fosse do Operário. De qualquer forma, a equipe está de parabéns por ter chegado até aqui. Valeu a pena torcer”, celebra Hermes.

Veja Também  Faculdade Intercultural da Unemat garante a autonomia indígena na educação escolar

Piçado, junto de sua esposa e filho, na torcida do CEOV

Série B do Brasileirão

No dia 04 de maio, a Arena Pantanal começa a receber os jogos da Série B do Campeonato Brasileiro de 2019. O Cuiabá Esporte Clube realizará 19 partidas no estádio como mandante. 

“Teremos 19 oportunidades para mostrar Mato Grosso e nossa Arena Pantanal a todo o país. Mesmo com as dificuldades pelas quais o Estado está passando, vamos trabalhar muito para o estádio esteja nas melhores condições possíveis. Queremos que a população venha torcer pelo Cuiabá e usufrua desse patrimônio”, expressa o secretário adjunto de Esporte e Lazer, Jefferson Carvalho Neves.

O Cuiabá estreia no torneio nacional no dia 27 de abril, em Criciúma, enfrentando o time local. No dia 04 de maio, às 19h, o duelo será contra o Operário Ferroviário, do Paraná, na Arena Pantanal.

 

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana