conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil participa de ação social promovida pelo Tribunal de Justiça

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Coordenadoria de Polícia Comunitária da Polícia Judiciária Civil junto a Gerência de Polícia Comunitária da Secretaria de Segurança Pública (Sesp), participaram do evento “12º Ribeirinho Cidadão”. A ação social é promovida pela Justiça Comunitária do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, a qual é coordenada pelo juiz de direito José Antônio Bezerra Filho.

Cerca de 2 mil pessoas foram beneficiadas em dois dias de trabalho. O primeiro dia aconteceu na segunda-feira (04.02), em Santo Antônio do Leverger (34 km ao Sul). Na terça-feira (05.02), foram realizados serviços para comunidade da cidade de Barão de Melgaço (113 km ao Sul). A programação segue na próxima quarta-feira (13.02), no município de Poconé (104 km ao Sul).

No evento, foi destacada a importância das atividades realizadas em conjunto e parceria com a comunidade, visando fortalecer o vínculo entre os órgãos públicos, bem como a aproximação com o cidadão.

Vários serviços foram oferecidos ao publico em geral como, emissão de segunda via de certidão de nascimento, de casamento, de óbito, de hipossuficiência, de carteira de trabalho, disponibilizada confecção de CPF, ofertada realização de foto 3×4, plastificação de documentos, além de corte de cabelo, atendimento médico, atendimento de assistente social sobre a previdência social, entre outras orientações.

Durante as atividades, o “Bom Dog”, mascote do programa De Cara Limpa Contra as Drogas, desenvolvido pela PJC, esteve presente trazendo alegria para as crianças e pais que passavam pelo local. Na ocasião foram divulgadas as atividades e ações sociais promovidas pela instituição.

Veja Também  PRF apreende em MT cocaína que iria para GO

Além da Polícia Civil participaram também do trabalho social, a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setas), Exército e Marinha do Brasil, Defesa Civil, Polícia Militar (Cavalaria, Ambiental, Rotan e Bope), Corpo de Bombeiro Militar, Centro Integrado de Operações Aérea (Ciopaer), Policia Rodoviária Federal (PRF), Gerência Estadual de Polícia Comunitária da SESP, Defensoria Pública, Ouvidoria do Tribunal de Justiça, INSS, Sesc, Galvan Escola de Cabeleireiros e Prefeitura Municipal de Cuiabá.

 

 

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil fecha fábrica de armas artesanais em Nova Xavantina

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma fábrica clandestina de armas artesanais foi fechada pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de sexta-feira (16.08), em Nova Xavantina (645 km a Leste). A ação resultou na apreensão de uma arma de fogo, além de ferramentas usadas para confecção de armamentos.

O responsável pelo local, identificado como W.F.A de 28 anos, responderá pelo crime de comércio ilegal de arma de fogo e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido.

As diligências iniciaram após a localização de uma garrucha artesanal, ocorrida no dia 03 de agosto deste ano. Em ato contínuo, os policiais civis passaram a investigar o caso, com objetivo de identificar a pessoa responsável por fabricar a arma apreendida.

Durante diligências os investigadores lograram êxito em levantar um endereço suspeito no bairro barro Vermelho, onde eram fabricadas e comercializadas armas artesanais.

A pequena oficina ilegal estava funcionando nos fundos do imóvel, onde foram localizados vários materiais para a fabricação das armas, como mecanismo de disparo artesanal, massa de mira, furadeira, aparelho de solda, pedaços de cano, entre outros itens, além de uma espingardar calibre 22.

Veja Também  Em menos de 24 horas ação integrada prende estuprador tentando fugir para MS

No momento da abordagem policial, o suspeito W.F.A. não estava no local. No entanto, ele foi qualificado e será indiciado em inquérito instaurado pelo crime de comércio ilegal de arma de fogo e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende traficante flagrado com dois quilos de maconha em Confresa

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um homem foi preso em flagrante pela Polícia Civil de Confresa (1.065 km a Nordeste), na manhã desta segunda-feira (19.08), após ser surpreendido em posse de aproximadamente 2 quilos de maconha.

O suspeito J.S.O., 37, o “Júnior Para-choque” é conhecido no meio policial devido a diversas passagens por tráfico de drogas e foi novamente autuado pelo crime.

Durante investigações do tráfico de drogas no município, os policiais da Delegacia de Confresa receberam informações de que o suspeito receberia uma carga considerável de drogas que abasteceria bocas de fumo da cidade. Com base nas suspeitas, os policiais passaram a monitorar a residência do investigado, no bairro Setor Babinski, onde também funciona uma oficina mecânica de sua propriedade.

Em determinado momento, os policiais visualizaram um veículo que estacionou e saiu rapidamente da residência, ocasião em que decidiram realizar a abordagem do suspeito. Com o traficante, foi encontrado com dois tijolos de maconha, ainda em suas mãos, além de R$ 580 em dinheiro, e um aparelho celular.

Veja Também  Polícia Civil cumpre mandados em homicídio a mando de facção

Diante dos fatos, foi dado voz de prisão para ao traficante, que posteriormente foi conduzido para a Delegacia de Polícia juntamente a Droga e demais objetos apreendidos para posteriores providências.

“Junior Para Choque” já foi investigado e preso anteriormente durante a Operação “Bad Boys”, desencadeada no ano de 2017, com objetivo de combater o tráfico de drogas no município.

O suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, e após o término dos procedimentos encaminhado para Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte, permanecendo à disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana