conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil amplia combate ao crime organizado com fortalecimento da Diretoria de Inteligência

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil, em planejamento estratégico para o ano de 2019, intensificará as ações de combate ao crime organizado, em suas diferentes modalidades, em todo o Estado de Mato Grosso, por meio da expansão no assessoramento oferecido pela Diretoria de Inteligência (DI).

As mudanças começaram a ser implementadas no mês de fevereiro. A primeira delas foi destinada à região metropolitana, onde a DI incorporou o Núcleo de Inteligência de Cuiabá.

De acordo com o diretor da pasta, Juliano Silva de Carvalho, o objetivo é ampliar as investigações na Baixada Cuiabana, de modo a alcancem um ciclo completo envolvendo o processo de elucidação, especialmente, em relação a crimes mais complexos, como por exemplo, a lavagem de dinheiro.

Com a incorporação desse núcleo de inteligência, todos os delegados que compõem a região metropolitana de Cuiabá e Várzea Grande, e cujas unidades não possuem um núcleo de inteligência próprio, terão assessoramento da Diretoria de Inteligência no desenvolvimento de seus trabalhos. A expertise da DI, em ações complexas, trará avanços para as unidades solicitantes, não apenas em demandas de análise, mas também as operacionais”.

Veja Também  Em menos de 24 horas ação integrada prende estuprador tentando fugir para MS

Para as cidades do interior de Mato Grosso, a Diretoria de Inteligência também planeja uma série de ações durante o ano de 2019. “Serão retomadas as visitas e capacitações nas unidades regionais. Queremos manter o diálogo mais próximo com os núcleos de inteligência do interior. Pretendemos fazer reuniões regionais e também um grande encontro estadual com todos os integrantes dos núcleos de inteligência para alinhar objetivos, linguagens e planejamentos”, pontua o diretor.

Inteligência

A Diretoria de Inteligência da Polícia Civil é o órgão responsável por centralizar informações de produtividade e criminalidade, utilizados para planejamento estratégico. A DI também recepciona procedimentos (checagens, investigação social…) encaminhados por instituições de segurança de outros Estados, e até mesmo de organismos internacionais.

Um exemplo de parceria internacional resultou no curso de repressão à Lavagem de Dinheiro no Combate ao Tráfico de Entorpecentes, que será ministrado pela Inteligência da Polícia Francesa, dos dias 11 a 15 de fevereiro, no auditório da FIEMT, em Cuiabá.

Diretor

À frente da Diretoria de inteligência, desde outubro de 2017, Juliano Silva Carvalho possui pós-graduação em Inteligência Estratégica, pela Escola Superior de Guerra (ESG), do Rio de Janeiro (2012); Curso de Administrador do Sistema Guardião Web / Ferramenta de Interceptação Legal (Santa Catarina), Curso de Técnicas de Investigação Criminal pelo FBI e Embaixada Americana no Brasil, conclusão em 2013, Brasília – DF, e outros cursos básicos na área de inteligência de Segurança Pública e Análise Criminal.

Veja Também  Polícia Civil prende foragido da Justiça na região de fronteira

Atuou como coordenador na Diretoria de Inteligência da PJC (2013 a 2014), foi titular da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes – DRE (2015 a 2016) e também titular na Polinter (2017).

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil fecha fábrica de armas artesanais em Nova Xavantina

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma fábrica clandestina de armas artesanais foi fechada pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de sexta-feira (16.08), em Nova Xavantina (645 km a Leste). A ação resultou na apreensão de uma arma de fogo, além de ferramentas usadas para confecção de armamentos.

O responsável pelo local, identificado como W.F.A de 28 anos, responderá pelo crime de comércio ilegal de arma de fogo e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido.

As diligências iniciaram após a localização de uma garrucha artesanal, ocorrida no dia 03 de agosto deste ano. Em ato contínuo, os policiais civis passaram a investigar o caso, com objetivo de identificar a pessoa responsável por fabricar a arma apreendida.

Durante diligências os investigadores lograram êxito em levantar um endereço suspeito no bairro barro Vermelho, onde eram fabricadas e comercializadas armas artesanais.

A pequena oficina ilegal estava funcionando nos fundos do imóvel, onde foram localizados vários materiais para a fabricação das armas, como mecanismo de disparo artesanal, massa de mira, furadeira, aparelho de solda, pedaços de cano, entre outros itens, além de uma espingardar calibre 22.

Veja Também  Cabeleireira recebe 38 pontos na cabeça após ser agredida pelo marido

No momento da abordagem policial, o suspeito W.F.A. não estava no local. No entanto, ele foi qualificado e será indiciado em inquérito instaurado pelo crime de comércio ilegal de arma de fogo e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende traficante flagrado com dois quilos de maconha em Confresa

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um homem foi preso em flagrante pela Polícia Civil de Confresa (1.065 km a Nordeste), na manhã desta segunda-feira (19.08), após ser surpreendido em posse de aproximadamente 2 quilos de maconha.

O suspeito J.S.O., 37, o “Júnior Para-choque” é conhecido no meio policial devido a diversas passagens por tráfico de drogas e foi novamente autuado pelo crime.

Durante investigações do tráfico de drogas no município, os policiais da Delegacia de Confresa receberam informações de que o suspeito receberia uma carga considerável de drogas que abasteceria bocas de fumo da cidade. Com base nas suspeitas, os policiais passaram a monitorar a residência do investigado, no bairro Setor Babinski, onde também funciona uma oficina mecânica de sua propriedade.

Em determinado momento, os policiais visualizaram um veículo que estacionou e saiu rapidamente da residência, ocasião em que decidiram realizar a abordagem do suspeito. Com o traficante, foi encontrado com dois tijolos de maconha, ainda em suas mãos, além de R$ 580 em dinheiro, e um aparelho celular.

Veja Também  Cabeleireira recebe 38 pontos na cabeça após ser agredida pelo marido

Diante dos fatos, foi dado voz de prisão para ao traficante, que posteriormente foi conduzido para a Delegacia de Polícia juntamente a Droga e demais objetos apreendidos para posteriores providências.

“Junior Para Choque” já foi investigado e preso anteriormente durante a Operação “Bad Boys”, desencadeada no ano de 2017, com objetivo de combater o tráfico de drogas no município.

O suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, e após o término dos procedimentos encaminhado para Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte, permanecendo à disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana